Opinião Aurora


Fico sempre a pensar na forma exagerada que estamos levando a vida e estamos colocando muito a culpa  na tecnologia; assim que temos uma opinião logo lançamos nas redes e etc. Seria mesmo a culpa da evolução da tecnologia ou isso é tão somente um erro existente dentro de nós a séculos a fim...
Não sou uma pessoa muito ligada em redes sociais, do tipo  que o que faz, posta; então, não tinha notado o quanto as pessoas estão assim... exageradas.Me deparei com isso em meu convívio normal, pequenas coisas que tomam proporções enormes e até mesmo viram o assunto do dia e porque não, o da semana.
Logo fui reparando isso na internet e seguidamente ligado à imprensa sensacionalista que sempre existiu e tão criticada. Me veio à mente: “só há show se houver plateia.” !
Diante do desastre do avião da Chapecoense ,podemos perceber o quanto esses exageros estão a flor da pele ! Nos tempos de hoje, o acidente foi em uma segunda, e no domingo  tivemos todas as informações e homenagens necessárias sobre o ocorrido, até mesmo desfecho de investigação, mostrando assim que não havia necessidade alguma de uma cobertura a nível nacional durante toda a semana, falando as mesmas coisas, interrompendo programações normais para manter o assunto, como se cada programa tivesse o direito de falar e logo  e assim repetir, tocando- lhes as feridas  a todo momento.
Como disse nosso amado Chico Xavier: “tudo tem seu lado positivo”. Na terça- feira, todas as decisões que se confirmariam no domingo; como empréstimos de jogadores de outros times, o título em questão dado a Chapecoense, premiações e todos os requisitos de conforto e sepultamento digno oferecidos.
Mas, como tudo isso ocorreu na segunda e digerido na terça, no domingo as decisões e a melhor cobertura jornalística foram feitas com conclusões sem as hipóteses de quarta, quinta, sexta e sábado, que só serviram para machucar a quem realmente conhecia cada um.
Essa tragédia relatada foi só um exemplo de como exageramos, e ficamos martelando uma coisa, que muitas das vezes, a solução já está a nossa frente. Devemos sim lamentar a saída de um ente querido, mas devemos lembrar logo de imediato que uma folha não cai de uma árvore, sem seja da vontade de Nosso Senhor.
Devemos ser mais práticos, apoiar mais ao invés de criticar; auxiliar de imediato, ao invés de espalhar a notícia; amar, ao invés de sentir qualquer coisa ao contrário, por alguém que nem conhecemos pessoalmente e tomamos sentimentos contrários a caridade, por conclusões lidas na mídia.
Lembrando de mais um ditado do dia a dia: “o que não tem remédio, remediado está”.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org