Curioso

Marcelo Coutinho

Não custa saber...
Um curioso descobriu o seguinte:
"Galera olha só que legal que eu descobri. e vou repassar essa ideia... sem querer, eu tinha um Pendrive da marca Sandisk e de tanto puxar o pendrive do computador sem antes dar o comando de encerrar, ele queimou e eu achava que tinha perdido todos meus trabalhos salvos nele, eu até iria jogar fora, mas aí resolvi abrir só pra estragar antes de jogar no lixo e daí tive a surpresa... o Pendrive nada mais é que um adaptador de cartão de memoria Micro SD... o que queimou foi o adaptador que tem um pequeno fusível dentro dele...... depois foi só colocar o cartãozinho em outro adaptador e tudo estava salvo..."
Pode ser útil caso você use o pendrive para armazenar dados.
Marcos Tanaka via Facebook

Super Dicas

Sua Dieta
Cardápio do dia - 
  
CAFÉ DA MANHÃ
Pão de gergelim
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 81 kcal
 ver café da manhã completo
ALMOÇO
Filé mignon ao alecrim
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 157 kcal
 ver receita
 ver almoço completo
JANTAR
Wrap de salmão
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 198 kcal
 ver jantar completo
  

Noticias do Meio

Casal descobre agressão de babá com ajuda do cachorro

Pais se dizem agradecidos ao animal após o alerta. (Foto: Reprodução)


Um cão virou heroi após conseguir chamar a atenção de um casal na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Após notar que o animal latia muito quando a babá Alexis Khan, de 22 anos, chegava perto de seu bebê de sete meses, o casal decidiu colocar um celular escondido no sofá para gravar a rotina da casa durante sua ausência.

A mulher trabalhava na casa de Benjamin e Jordan Hope há cinco meses cuidando do pequeno Finn. Nas gravações, era possível ouvir berros da funcionária, seguidos de choro do bebê e latidos do cão.

“Começamos a perceber que o cão ficava muito agressivo e protetor quando Alexis se aproximava de Finn. Quando ela chegava na porta ele já ficava alterado, chegando até a avançar nela algumas vezes”, disse Benjamin em entrevista à “WCSC”.

De acordo com o pai, é possível ainda ouvir barulhos de tapas e choros de desespero e dor do bebê. Após a constatação, o casal acionou a polícia e Khan foi presa semanas depois.

A mulher confessou o crime e, caso condenada, pode pegar de um a três anos de prisão. Além disso, Alexis ainda pode ser proibida de trabalhar com crianças no futuro.

O Aurora viu..




Essa "é das Arabias"

Sapo se "intromete" em foto de lançamento de sonda da Nasa

Um sapo fez um "photobomb" (se "intrometeu" na foto) durante o lançamento da sonda Ladee, da Nasa Foto: Nasa / Divulgação
Um sapo fez um "photobomb" (se "intrometeu" na foto) durante o lançamento da sonda Ladee, da Nasa
Foto: Nasa / Divulgação
A Nasa fez um registro incomum durante o lançamento da sonda Explorador de Atmosfera e Ambiente de Pó Lunar (LADEE na sigla em inglês), na madrugada do dia 7 (no horário de Brasília, ainda dia 6 no local). Um sapo parece voar com a energia resultante do foguete na base de lançamento. A agência espacial americana confirma que a imagem é real, mas diz que a condição do anfíbio é "incerta".
Um dos propósitos da missão, disse a agência, é determinar se há pó lunar no alto da atmosfera da Lua. Os cientistas querem determinar se o pó lunar carregado eletricamente pela luz do sol foi a causa do resplendor na aurora sobre o horizonte da Lua detectado pelos astronautas durante várias missões da era de Apollo nas décadas de 1960 e 1970. 

Super Dicas

Sua Dieta
Cardápio do dia
  
CAFÉ DA MANHÃ
Bolo de chocolate baixo colesterol
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 183 kcal
 ver café da manhã completo
ALMOÇO
Parafuso com escarola e tomates
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 312 kcal
 ver receita
 ver almoço completo
JANTAR
Badejo com palmito
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 179 kcal
 ver jantar completo
  

Noticias do Meio

 Ratinho festeja 15 anos de SBT e apresenta ator que faz o boneco Xaropinho
Ratinho ganhou festa para comemorar seus 15 anos de SBT e apresentou o ator que dá vida ao boneco Xaropinho.  
Ratinho festeja 15 anos de SBT e apresenta ator que faz o boneco Xaropinho
Foto: Ratinho e o ator que interpreta Xaropinho / Crédito: Caio Duran / AgNews

No dia 9 de setembro de 1998 o apresentador Carlos Massa, o Ratinho, estreou seu programa no SBT. De lá pra cá, se passaram 15 anos. E a data foi comemorada com uma grande festa na noite de segunda-feira, 9, no Boteco do Ratinho Especial.
A emoção tomou conta do apresentador, que recebeu a família, os amigos Bruno e Marrone, Leonardo, o grupo Roupa Nova e Roberta Miranda, além de estrelas do SBT. 
Um dos momentos altos da noite foi a apresentação de Eduardo Mascarenhas, o ator que dá vida ao boneco Xaropinho, fiel escudeiro de Ratinho desde quando estava na Record. Foi a primeira vez que Ratinho mostrou a identidade do ator.
 

Relembre a estreia do Programa do Ratinho em 1998:

Estudos

O que é depressão?
por Medical News Today

Depressão, também conhecida como depressão maior, depressão clínica ou transtorno depressivo maior é uma doença médica que causa um sentimento constante de tristeza e falta de interesse. Depressão afeta a forma como a pessoa se sente , se comporta e pensa.

A depressão pode levar a problemas emocionais e físicas . Normalmente, as pessoas com depressão têm dificuldade de ir sobre suas atividades do dia- a-dia , e também pode sentir que a vida não vale a pena viver .

Sentir-se triste , ou o que podemos chamar de "deprimido " , acontece com todos nós. A sensação geralmente passa depois de um tempo . No entanto , as pessoas com um transtorno depressivo - depressão clínica - achar que o seu estado interfere com a vida diária. Seu funcionamento normal é prejudicada , a tal ponto que eles e aqueles que se preocupam com eles são afetados por ela .

De acordo com o Dicionário Médico MediLexicon , a depressão é :

" um estado ou crônica transtorno mental mental caracterizado por sentimentos de tristeza, solidão , desespero, baixa auto-estima e auto -censura ; sinais que acompanham incluem retardo psicomotor ( ou menos freqüentemente agitação) , afastamento do convívio social , e estados vegetativos , como perda de apetite e insônia. "

Quais são as diferentes formas de depressão ?

Existem várias formas de depressão ( distúrbios depressivos ) . Transtorno depressivo maior e transtorno distímico são os mais comuns .

Transtorno depressivo maior ( depressão )

Transtorno depressivo maior , também é conhecida como a depressão maior . O paciente sofre de uma combinação de sintomas que prejudicam sua capacidade de dormir , estudar, trabalhar , comer e desfrutar de atividades que ele usou para encontrar prazer. Especialistas dizem que o transtorno depressivo maior pode ser muito incapacitante , impedindo o paciente de funcionar normalmente . Algumas pessoas experimentam apenas um episódio , enquanto outros têm recorrências .

O transtorno distímico ( distimia )

O transtorno distímico é também conhecida como distimia ou depressão crônica leve . O paciente irá sofrer de sintomas durante um longo período de tempo , talvez tão longo quanto dois anos , e muitas vezes mais . No entanto, os sintomas não são tão graves como na depressão maior, e que o paciente não está desabilitado por isso. No entanto, ele pode achar que é difícil funcionar normalmente e me sinto bem. Algumas pessoas experimentam apenas um episódio durante a vida, enquanto outros podem ter recaídas.

Uma pessoa com distimia também podem experimentar depressão maior, uma, duas, ou mais vezes durante sua vida. Distimia às vezes pode vir com outros sintomas. Quando o fazem, é possível que outras formas de depressão são diagnosticados .

depressão psicótica

Quando a doença depressiva grave inclui alucinações, delírios e / ou retirar-se realidade , o paciente pode ser diagnosticado com depressão psicótica .

Depressão pós-parto ( depressão pós-parto )

Depressão pós-parto também é conhecido como depressão pós-parto ou PND. Isto não deve ser confundido com " baby blues ", que uma mãe pode sentir por um curto período após o parto. Se uma mãe desenvolve um episódio depressivo dentro de poucas semanas de dar à luz , é mais provável que ela desenvolveu PND . Especialistas acreditam que cerca de 10% a 15% de todas as mulheres experimentam PND após o parto. Infelizmente, muitos deles não são diagnosticados e sofrem por longos períodos sem tratamento e apoio .

( Transtorno afetivo sazonal) SAD

SAD é muito mais comum o mais longe do equador que você vá. Em países distantes da linha do equador o fim do verão significa o início de menos luz solar e horas mais escuras. A pessoa que desenvolve uma doença depressiva durante os meses de inverno pode ter SAD. Os sintomas desaparecem durante a primavera e / ou verão. Na Escandinávia , onde o inverno pode ser muito escuro por muitos meses , os pacientes geralmente passam por terapia de luz - eles se sentam em frente a uma luz especial. Light terapia funciona para cerca de metade de todos os pacientes triste. Além da terapia de luz, algumas pessoas podem precisar antidepressivos , psicoterapia ou ambos. Terapia da luz está se tornando mais popular em outros países do norte , como o Canadá eo Reino Unido .

O transtorno bipolar ( doença maníaco-depressiva )

O transtorno bipolar é também conhecido como doença maníaco-depressiva . Ela costumava ser conhecido como psicose maníaco-depressiva . Não é tão comum como a depressão maior ou distimia . Um paciente com transtorno bipolar experimenta momentos de altos e baixos extremos radicais. Estes extremos são conhecidos como manias .
Quais são os sinais e sintomas de depressão ?

A depressão não é uniforme. Os sinais e sintomas podem ser experimentados por alguns pacientes e não por outros. Como os sintomas são graves , e quanto tempo eles duram depende da pessoa e de sua doença . Abaixo está uma lista dos sintomas mais comuns :
A constante sensação de tristeza , ansiedade e vazio

A sensação geral de pessimismo em conjuntos ( o copo está sempre meio vazio)

A pessoa sente-se sem esperança

As pessoas podem se sentir inquieto

O doente pode experimentar irritabilidade

Os pacientes podem perder o interesse em atividades ou hobbies que apreciou uma vez

Ele / ela pode perder o interesse no sexo

Níveis de energia mais baixos sentir sets , fadiga em

Muitas pessoas com a doença depressiva têm dificuldade de se concentrar, lembrar de detalhes e tomar decisões

Os padrões de sono são perturbados - a pessoa pode dormir pouco ou demais

Os hábitos alimentares podem mudar - ele / ela pode ou comer demais ou não têm apetite

Podem ocorrer pensamentos suicidas - alguns podem agir sobre os pensamentos

O doente pode queixar mais de dores , dores de cabeça , cólicas ou problemas digestivos. Estes problemas não melhoram com o tratamento.

Algumas doenças acompanham, precedem ou causar depressão

Os transtornos de ansiedade , como PTSD ( transtorno de estresse pós -traumático ) , TOC ( transtorno obsessivo-compulsivo ) , fobia social, transtorno de ansiedade generalizada e transtorno do pânico, muitas vezes acompanham a depressão.

As pessoas que são dependentes de álcool ou drogas têm uma chance significativamente maior de também ter depressão.

A depressão é muito mais comum em pessoas que sofrem de HIV / AIDS , doenças do coração , câncer de acidente vascular cerebral, diabetes , doença de Parkinson, e muitas outras doenças. De acordo com estudos , se uma pessoa tem depressão, bem como uma outra doença grave que ele tem mais chances de apresentar sintomas graves, e vai achar que é mais difícil de se adaptar à sua condição médica. Estudos também têm demonstrado que, se essas pessoas têm a sua depressão tratados os sintomas da sua doença co -ocorrência melhorar.

Demência e comprometimento cognitivo leve (MCI) - Cientistas da Universidade de Amsterdã , na Holanda, descobriram que pacientes idosos com depressão eram mais propensos a desenvolver demência e MCI. Eles publicaram suas descobertas na revista Archives of Neurology ( janeiro 2013 edição).

Após coletar e analisar dados sobre um grupo de beneficiários do Medicare nos Estados Unidos, os pesquisadores descobriram que uma proporção significativa de idosos com MCI tinham sintomas depressivos.
Depressão e discriminação

79 % das pessoas que foram diagnosticadas com depressão dizem ter sofrido discriminação por causa de sua doença mental.

A maioria das investigações anteriores ligaram a depressão como uma conseqüência da discriminação. Este estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Londres do rei Instituto de Psiquiatria , na Inglaterra, e relatado na revista The Lancet em outubro de 2012 , descobriu que pode ocorrer o contrário , as pessoas podem ser discriminadas porque têm depressão.

Chefe da pesquisa, Graham Thornicroft disse :

" Os trabalhos anteriores nesta área tende a se concentrar em atitudes públicas para o estigma com base em perguntas sobre situações hipotéticas , mas o nosso é o primeiro estudo a investigar as experiências reais de discriminação em uma grande amostra , global das pessoas com depressão . Nossos resultados mostram que discriminação relacionada com a depressão é comum , e quase certamente age como uma barreira para uma vida social ativa e ter uma oportunidade justa para obter e manter um emprego para as pessoas com depressão " .
O que causa a depressão?

Nós ainda não tem certeza o que causa a depressão. Especialistas dizem que a depressão é causada por uma combinação de fatores, tais como genes da pessoa, seu ambiente bioquímico , sua experiência pessoal e fatores psicológicos.

RM (ressonância magnética ), mostrou que o cérebro de uma pessoa com a depressão tem uma aparência diferente , em comparação com o cérebro de uma pessoa que nunca teve depressão. As áreas do cérebro que lidam com o pensamento , o sono , o humor , o apetite eo comportamento não parecem funcionar normalmente . Há também indicações de que os neurotransmissores parecem estar fora de equilíbrio . Os neurotransmissores são substâncias químicas que as células do cérebro usam para se comunicar . No entanto, a tecnologia de imagem não revelou por que a depressão aconteceu.

Sabemos que, se há depressão na família as chances de desenvolver depressão de uma pessoa são mais elevados. Isso sugere que há uma ligação genética . De acordo com geneticistas , o risco de depressão é influenciado por múltiplos genes agindo em conjunto com o meio ambiente e outros fatores.

Uma experiência terrível pode desencadear uma doença depressiva. Por exemplo, a perda de um membro da família, uma relação difícil , abuso sexual físico.

Gene da obesidade faz as pessoas felizes - FTO é um gene que está intimamente associada com a obesidade . Também está associada a um risco 8% menor de desenvolver depressão , pesquisadores da McMaster University , no Canadá, relata em Psiquiatria Molecular. Simplificando, é um gene FTO que não está apenas ligado à obesidade, mas também a felicidade.

A deficiência de ácido fólico e B12 associada a alguns sintomas de depressão - os cientistas do Hospital Distrital do Sul da Savo , Finlândia, publicado no Journal of Affective Disorders (Novembro de 2012 assunto) que as pessoas com baixos níveis de ácido fólico e vitamina B12 têm um risco maior de desenvolver melancólico sintomas depressivos 

Opinião

Esta imagem gerou muita polemica no Google+, leitores mas delicados vêm dando opiniões contra a imagem dizendo que não se deve brincar com as Guerras etc.
Bom nossa opinião, é que isso é uma charge ,forma de expressar a opinião dos E.U.A sobre liberdade e mesmo assim defendendo a Guerra,acontecimento esse que achamos que ainda se resolve no dialogo.a imagem não estar brincando com vitimas e etc...
Estar colocando em foco a posição dos E.U.A em relação as guerras.E não as vitimas e o que já ocorre na Síria,sabendo separar isso.
Acontece sim esse humor.

Imagens dos Anos 80






Noticias do Meio

Piranhas, no Sertão de AL, oferece roteiro turístico histórico e cultural

Às margens do São Francisco, cidade encanta pelos casarios coloridos.
Turistas podem passear pela Rota do Cangaço e pelo cânions do rio.

Casarios coloridos são uma das caracteristicas da cidade de Piranhas (Foto: Waldson Costa/ G1)Casarios coloridos são uma das caracteristicas da cidade de Piranhas (Foto: Waldson Costa/ G1)
Não há como não se render aos encantos do Alto Sertão alagoano. Na região do Semiárido nordestino, onde o "Sertão virou mar", o Rio São Francisco alagou cânions, permitindo a navegação de embarcações, e o homem construiu cidades e povoados com casarios coloridos em meio à geografia acidentada do lugar, que ainda resguarda a história de um dos personagens mais conhecidos do Nordeste: o cangaceiro Lampião.
Torre do Relógio do centro histórico de Piranhas (Foto: Waldson Costa/ G1)Torre do Relógio do centro histórico de Piranhas
(Foto: Waldson Costa/ G1)

Localizada às margens do Rio São Francisco, a 280 km de Maceió e com pouco mais de 20 mil habitantes, Piranhas é uma cidade que se destaca principalmente devido ao seu patrimônio histórico, que é um dos mais conservados do país. A cidade antiga foi construída "talhada" entre os montes de vegetação da caatinga e ganhou fama ao expor, na década de 30, as cabeças de Lampião e Maria Bonita, em frente ao prédio da Prefeitura Municipal.

Devido à geografia do lugar, há mirantes por todos os lados na chamada "Cidade Velha", conhecido Centro Histórico, e nos arredores do município. Na área central da cidade, os principais ficam paralelos ao Rio São Francisco, com o estado de Sergipe do outro lado da margem. A visão, tanto destes, como dos demais pontos estratégicos para contemplação do lugar, expõe a beleza exuberante do rio e dos montes.

Aos que dispõem de fôlego, vale percorrer as ladeiras e escadarias em busca dos melhores ângulos para as fotos. Calçados confortáveis e roupas fazem a diferença neste percurso, já que o calor costuma ser intenso durante o dia, até mesmo no inverno.
O centro histórico também é local de boemia. De dia, as atenções se concentram nos bares da orla que ficam às margens do São Francisco. Há pontos sinalizados para banho e os mais atentos terão a oportunidade de apreciar as antigas embarcações que fizeram história navegando pelo rio: as canoas de tolda.Para aqueles que preferem um roteiro sem grandes esforços, a cidade baixa já vale a visita. É no centro histórico que estão atrativos como o Relógio da Torre, a Estação Ferroviária com a antiga Maria Fumaça, que cortava as cidades do Sertão, e diversos prédios históricos como museus e o galpão da feirinha de artesanato.
À noite, com a cidade iluminada, o cenário da "Lapinha do Nordeste", nome dado por D. Pedro II quando visitou Piranhas, é ainda mais encantador. A animação fica por conta dos bares que se concentram em um largo da parte baixa da cidade.
Considerado um dos principais destinos turísticos de Alagoas, e localizado bem próximo das divisas de Sergipe e Bahia, Piranhas serve de 'porto' para quem deseja aproveitar outros atrativos da região, a exemplo do Complexo Turístico da Chesf, que reúne um conjunto de opções para amantes das belezas naturais e históricas do Sertão e da região do São Francisco.
Com estrutura turística considerável, Piranhas possui pequenas hospedagens, algumas delas localizadas no entorno do centro histórico, e bons restaurantes e agências que oferecem passeios para diversas atrações da região. Há empresas de turismo que operam o destino saindo de Maceió e de Aracaju.
História do Cangaço e dos ícones do Nordeste, Lampião e Maria Bonita estão atrelados a cidade (Foto: Waldson Costa/ G1)Grupo de atores da companhia de teatro de Piranhas encena personagens do Cangaço (Foto: Waldson Costa/ G1)
Prédios que fazem parte do conjunto arquitetônico de Piranhas Velha (Foto: Waldson Costa/ G1)Prédios que fazem parte do conjunto arquitetônico da Cidade Velha (Foto: Waldson Costa/ G1)
As historicas canoas de Tolda ainda navegam pelo rio São Francisco em Piranhas  (Foto: Waldson Costa/ G1)As históricas canoas de tolda ainda navegam pelo rio São Francisco em Piranhas (Foto: Waldson Costa/ G1)
Mirante localizado em Piranhas tem vista para represa da Chesf e para os morros gêmeos conhecidos como peitos da cabocla (Foto: Waldson Costa/ G1)Mirante localizado em Piranhas tem vista para represa da Chesf e para os morros gêmeos conhecidos como peitos da cabocla (Foto: Waldson Costa/ G1)
Vista noturna de um dos principais mirantes da cidade de Piranhas  (Foto: Waldson Costa/ G1)Vista noturna de um dos principais mirantes da cidade de Piranhas (Foto: Waldson Costa/ G1
)

Noticias do Meio

Leitores de todo o Brasil clicam encontro da Lua com Vênus

Veja fotos enviadas por internautas sobre o fenômeno astronômico que pôde ser visto neste domingo 



Destaque Sonoro - Energia Espiritual

Noticias do Meio

Política e Espiritismo

Existe um ditado popular que diz que religião e política não se discutem. Imagina, então, quando os dois assuntos estão entrelaçados: um leque de opiniões e tabus é aberto e as conclusões são inúmeras. Na doutrina espírita não é diferente. Segundo o IBGE, a população espírita no Brasil soma 3 milhões de pessoas e poucas delas atuam neste segmento ou levam a política aos centros espíritas.
Divaldo Pereira Franco, médium e escritor, diz que confunde-se muito o espírita com o espiritismo, que no caso, é apolítico. Mas deixa claro que, o espírita, como cidadão, tem seus direitos e deveres: “Temos o direito e dever de votar e ser votado. Obedecendo as leis estabelecidas, devemos manifestar nossa opinião especialmente diante das arbitrariedades, situações deploráveis que são impostas, às vezes, por governos arbitrários e injustos.”, diz.
Bezerra de Menezes, conhecido como “O Médico dos Pobres”, exerceu, em sua época, a função de deputado. Dizia ele que a política não é uma especulação dos homens, é uma religião: “A religião da Pátria, tão sagrada e obrigatória como o culto das verdades eternas que constitui a religião de Deus”.

Preconceito na Casa Espírita
A opinião sobre política na casa espírita ainda é muito dividida. Ivan da Cunha, professor universitário e comunicador da Rádio Boa Nova, viveu bem de perto o preconceito durante a época que se candidatou a vereador na cidade de São Paulo: “passei a ser obsidiado por todos.”, conta, com bom humor.
Segundo ele, devemos atentar que política não é doença e que devemos superar nossos preconceitos: “Falar de política no Centro Espírita não fere de maneira alguma o zelo doutrinário, visto que a obra espírita, em especial O Livro dos Espíritos, é um livro político.”, completa.

Sugestão de Leitura
O Livro dos Espíritos: Lei do Trabalho, Lei de Sociedade e Lei do Progresso.
Espiritismo e Política, de Aylton Paiva

Super Dica

Sua Dieta
Cardápio do dia 
CAFÉ DA MANHÃ
Mamão recheado com cereal
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 137 kcal
 ver café da manhã completo
ALMOÇO
Arroz com catalônia
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 136 kcal
 ver receita
 ver almoço completo
JANTAR
Torta de nirá
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 196 kcal
 ver jantar completo

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org