Estudos

Irmãos Wright ou Santos Dumont: afinal, quem inventou o avião?

Historiador do Museu Aeroespacial analisa os fatos que marcaram invenção

Inegável, o fato de que o avião foi uma das invenções mais revolucionárias do século XX. Com ele, o homem literalmente ganhou asas e as fronteiras mais distantes do planeta ficaram separadas por horas. Mas a pergunta que até hoje não se cala é: quem, afinal, inventou o avião? No Brasil, desde cedo as crianças aprendem nas escolas que o Pai da Aviação é o mineiro Santos Dumont. No dia 6 de janeiro de 1906, ele conseguiu, em Paris, a façanha de fazer uma máquina mais pesada do que o ar voar a partir do solo. Era a consagração da sua invenção voadora, o 14 Bis.
Gustavo de Mello (Foto: Divulgação)Gustavo de Mello, historiador do museu
Aeroespacial do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)
Mas a história não para por aí. Três anos antes, em 1903, chegou à Europa a notícia de que experiências bem sucedidas de voos com aparelhos mais pesados do que o ar haviam sido feitas nos Estados Unidos, porém sem nenhum tipo de comprovação. Tratava-se da invenção dos irmãos Wright.

“Em 1908, dois anos após o voo do 14 Bis, os Wright apareceram na França com um aparelho, denominado Flyer, e fotos de seu voo, afirmando terem sido tiradas em 1903, 1904 e 1905. Entretanto, as características do aparelho em 1908 ainda permaneciam as mesmas de 1903 em kitty Hawk. Os voos, segundo os Irmãos americanos, foram feitos em segredo, praticamente sem testemunhas”, lembra Gustavo de Mello, historiador do Museu Aeroespacial do Rio de Janeiro.

Outro país que entra nessa disputa pela invenção do avião é a França, afirmando que foi Clément Ader o seu criador, cunhando, em 1890, o termo Avion. “Entretanto, uma comissão do exército francês, encarregado de monitorar as experiências do voo do Avion, afirmou na época que o aparelho não desprendeu as rodas do chão”, destaca o historiador.

Segundo Gustavo, a maioria dos países defende a primazia dos irmãos Wright. “Há algumas exceções, como Portugal e França, além de alguns países da América Latina, que dão a Santos Dumont os créditos da invenção do avião. A partir de 1942, em função da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos passaram a investir na propaganda nacionalista de que os Wright eram o inventores do avião. E se há de convir que a mídia americana sempre foi poderosa”, enfatiza.

Diferente do 14 Bis, o avião dos irmãos Wright tinha dois motores de 12HP (cavalo de força), sem trem de pouso, pois usava um tipo de esqui, além de um sistema de catapulta para poder ser alçado aos ares. “Santos Dumont fez seu voo diante de uma comissão científica do Aeroclube da França, primeiro órgão aviatório do mundo, jornalistas e um público de curiosos, perfazendo quase mil assistentes. O 14 Bis tinha trem de pouso, um motor de 50HP e decolava e pousava por meios próprios, requisito necessário de acordo com a definição de um avião, segundo o Aeroclube da França. Em suma, os irmãos americanos tinham um planador com motor, e não um avião”, defende Gustavo

Noticias do meio

Estudantes criam garrafa que torna potável a água do mar

A água salgada também pode ser utilizada para matar a sede dos seres humanos. Basta colocá-la na Puri, uma garrafa recém-inventada com um sistema interno que torna a água do mar uma bebida potável.TATIANE RIBEIRO
Criada pelos universitários sul-coreanos Younsun Kim, Kangkyung Lee, Byungsoo Kim e Minji Kim, a invenção possui um pequeno sistema de bombeamento que dessaliniza o líquido por meio da osmose reversa.
Divulgação
Para funcionar, o usuário precisa bombear o cilindro dentro da garrafa para aumentar a pressão e ocorrer o processo de separação dos componentes por meio de uma membrana permeável à água e que barra o sal.
Além de ser essencial para salvar a vida de náufragos, os criadores recomendam o uso da Puri em longas trilhas e em viagens longas em alto mar.

O Aurora viu..


Noticias do Meio


ETs teriam respondido uma mensagem da Terra na década de 80?

Escritor afirma que um astrônomo do programa americano relatou o caso inacreditável de contato extraterrestre em uma das luas de Júpiter.

A ficção e a imaginação insistem em caracterizar os alienígenas como serem ameaçadores e malignos, talvez fruto da incerteza e do medo sobre a existência de outro tipo de ser inteligente no universo. Afinal, será que estamos sozinhos? Ou existe outra forma de vida tão complexa quanto a nossa?

O escritor britânico Rupert Matthews é um desses pesquisadores malucos que adoram um bom mistério e não têm receio de escrever sobre os assuntos mais polêmicos que desafiam a lógica, a fé e a razão da humanidade. Com uma lista extensa de livros publicados sobre os mais diferentes temas, Matthews aborda a questão de contatos extraterrestres em uma coleção de textos.

No livro “Alien Encounters: True-Life Stories of Aliens, UFOs and Other Extra-Terrestrial Phenomena”, o autor relata um caso surpreendente que teria acontecido na década de 80 durante o governo do presidente americano Ronald Reagan.

E.T. phone home

De acordo com Matthews, um astrônomo da NASA, a Agência Espacial Americana, a serviço do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), órgão de vigilância por vida extraterrestre, teria testemunhado o contato realizado por mensagens de rádio com uma forma inteligente de vida em uma das luas de Júpiter.

Os astrônomos do SETI detectaram um sinal vindo de Ganimedes, por um breve período de tempo, o que seria um indício de que os extraterrestres estavam ali de passagem. A mensagem teria sido analisada por computadores da época, mas nunca chegou a ser decifrada.

Como o evento não poderia ficar sem uma resposta, o então presidente americano Ronald Reagan foi informado sobre a ocorrência e decidiu enviar uma mensagem, esta em código Morse, para o mesmo ponto da lua de Júpiter em que o sinal de rádio foi detectado.

O conteúdo enviado da Terra dizia então: “Recebemos o seu sinal, mas não o entendemos. Por favor, reenvie usando esta linguagem e este código de transmissão”. Por dias e semanas os astrônomos esperaram uma resposta de Ganimedes, até que cerca de um mês e meio depois a equipe recebeu um novo sinal, do mesmo local, em código morse.

A mensagem enviada pelos ETs, de acordo com Matthews, dizia: “Nós não estamos falando com vocês”. É a ironia suprema para os terráqueos: tão preocupados em encontrar outra forma de vida no espaço, fomos jocosamente ignorados em código morse.

Quem disse que os alienígenas não sabem ser engraçadinhos e bem-humorados também? Pelo visto eles não estão nada interessados na Terra, ou estão ocupados demais se comunicando com outros seres, talvez até mais inteligentes do que nós. Imagina só o tamanho do bico do presidente Reagan quando recebeu a mensagem! Em tempos de emoticon, ele poderia enviar um “sad face” em resposta.

Fonte: Rupert Matthews

Noticias do meio

Animações automáticas no Google+
Função ‘Auto Awesome’ do aplicativo para iOS e Android cria GIF animado a partir de fotos similares
Se você tem conta no Gmail, abra uma outra grátis no Google+ (se já não tiver) usando seu endereço de email no Google. Baixe o app gratuito Google+ para iOS ou Android. Nas configurações, em "câmera e fotos", ligue o "Auto Backup", o "Auto Awesome" e o “Auto Enhance”.
Depois, usando a câmera do seu smartphone, bata pelo menos cinco fotos seguidas mudando o mínimo possível a luz, o enquadramento e a sua posição no solo. O Auto Awesome vai perceber que a sequência de fotos é candidata a animação e vai emendar uma na outra formando automaticamente o filminho. É superdivertido.
Em português, Auto Awesome é chamado “Composição Automática” e a explicação oficial do Google pode ser vista nesta página. Um vídeo (em inglês) mostrando a técnica está aqui.
E um exemplo do resultado de um Auto Awesome pode ser visto aqui.
Um benefício adicional é que você pode absorver no Google+ todas as suas fotos no Picasa e, se tiver sorte, descobrir que o site descobriu entre suas imagens passadas, alguns grupos “animáveis”. Assim, depois que você tiver brincado algumas vezes com a ferramenta, é possível no Google+ exibir de uma vez todo o seu acervo de fotos com animação. Basta ir ao setor de Fotos no Google+ e buscar por “motion”, sem as aspas — ou simplesmente clicar neste link: <http://plus.google.com/u/0/photos/search/motion>.

Feal

img01
O evento arrecada recursos para os pacientes da Casas André Luiz, e desde de 2009, a arrecadação é destinada à construção do novo Ambulatório de Deficiência Intelectual da Instituição.
O jantar é realizado com muito sucesso entre empresários, executivos, colaboradores, voluntários e simpatizantes da causa. A programação inicia às 20 horas com coquetel de recepção, seguido pelo tradicional leilão silencioso,jantar,  certificação das empresas iluminadas jantar, apresentação da Cia de Dança,  e pra fechar a noite, o super show do sertanejo Daniel com a nova turnê “Pra ser Feliz”.
Daniel faz questão de doar a renda do show para a Casas André Luiz. O primeiro contato do cantor com a Instituição aconteceu em 2010 quando ele gravou o comercial para a Campanha “Eu Ajudo a Construir”, com mais 22 artistas entre eles, os cantores Leonardo, Peninha, Paulo Ricardo, Túlio Dek, Paula Fernandes e os apresentadores Leão Lobo, Bob Floriano e Jackeline Petkovic.
Os valores dos convites variam de acordo com os setores e podem ser comprados clicando aqui.
Garanta já o seu convite e faça parte desse evento de amor e solidariedade!
Novo Ambulatório Casas André Luiz
O terreno localizado no bairro de Santana em São Paulo, teve sua obra iniciada em agosto de 2012, e está a todo vapor. Após a conclusão estima-se atender 2.000 pacientes, contemplando 300.000 atendimentos por ano. Ao paciente será oferecido tratamento médico terapêutico por equipe interdisciplinar para auxiliar na reabilitação, propiciando permanência em seu ambiente sócio familiar.
Serviço:
Dia: 26 de setembro
Horário: 20 horas
Local: Clube Atlético Juventus
Rua Comendador Roberto Ugolini, 152 Pq. da Mooca – SP
Classificação Etária: Não será permitida a entrada de menores de 12 anos.
Informações:(11) 2457-4312

Super Dicas

Sua Dieta
Cardápio do dia 
  
CAFÉ DA MANHÃ
Vitamina matinal
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 193 kcal
 ver café da manhã completo
ALMOÇO
Carne colorida
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 167 kcal
 ver receita
 ver almoço completo
JANTAR
Pão recheado com tomate seco
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 96 kcal
 ver jantar completo
  

Dicas do Felipe


A hora e a vez do Rei

Noticias do Meio

Robô Curiosity capta imagens de eclipse solar em Marte

Lua de Marte Phobos é vista em imagens passando em frente do Sol. (Foto: AFP / Nasa)

O robô da Nasa Curiosity, que está em missão exploratória em Marte, virou suas câmeras para o céu para tirar fotografias da lua do planeta, Phobos, passando em frente ao sol, mostraram imagens divulgadas nesta quinta-feira.
O Curiosity pousou em Marte em agosto de 2012 para uma missão de dois anos com o objetivo de determinar se o planeta mais parecido com a Terra no sistema solar tem, ou teve, os ingredientes químicos para a vida. Pegou terra em sua primeira análise de pó tirada de dentro de um pedaço de rocha que já foi encharcado de água.
Agora, o robô está a caminho de seu terreno de exploração inicial, uma montanha de cinco quilômetros de altura de sedimento em camadas chamada Monte Sharp.
Ele parou em 17 de agosto para tirar fotos da maior lua de Marte, Phobos, fazendo uma arremetida em frente do sol. A Nasa divulgou as três imagens do eclipse, tiradas com três segundos de diferença com as lentes teleobjetivas do robô.
"Essa é de longe a imagem mais detalhada de qualquer trânsito lunar marciano já tirada. Ficou ainda mais perto do centro do sol do que era previsto, então aprendemos alguma coisa", disse o cientista do Curiosity, Mark Lemmon, da Universidade Texas A&M em comunicado.

Vamos refletir um pouco. ( 5 Minutinhos)


Programa Convite à Prece
Vai ao AR: 
quinta-feira - 11:50
Minutos para o consolo e o equilíbrio através da oração. Eleve seu pensamento e acompanhe Gastão de Lima Netto nestes momentos de sintonia com a espiritualidade.
Nunca diga: cheguei ao meu limite!
Jesus trouxe consigo a irmã do amor no coração do bem samaritano.

Imagens dos anos 80





PAISAGISMO LEGAL: Britz Garden

Momento Espirita


O que é mais belo

O que é mais belo: a natureza ou as construções humanas?
O que nos causa mais admiração: a incrível variedade das cores, dos matizes da natureza ou a engenhosidade humana que parece se superar a qualquer tempo?
A natureza morre e retorna, insuperável, inigualável.
Quando a neve tudo cobre, deixando somente se vislumbrar o imenso tapete branco, pensa-se que tudo está morto.
Contudo, basta a primavera iniciar seu passeio habitual, para que o verde da grama e dos pastos cubram as estradas, os morros, as montanhas;
E os brotos despontam, abundantes, em toda parte, anunciando o ressurgir de uma nova e extraordinária estação.
O homem constrói, muita coisa rui, mas ele refaz de forma ainda mais arrojada.
Muitas de suas construções atravessam os tempos, sinalizando que, desde o início de sua estada em nosso planeta, sua mente idealizou coisas grandiosas.
Olha-se a natureza e, quanto mais se observa, mais cresce nossa admiração por esse celeste escultor, que trabalha seu cinzel nas rochas vigorosas que apontam para os céus tanto quanto para aquelas formações que se escondem na intimidade das cavernas ou no seio dos mares.
Admiramos as formas curvilíneas das pedras, extasiamo-nos ante as alturas das montanhas que parecem tocar as nuvens, embriagamo-nos de sinfonias ouvindo o cantar da fonte, o sussurrar dos pequenos filetes nascentes, o estrondo das grandes quedas d´água.
Sentamo-nos na relva umedecida pelo orvalho da manhã e descobrimos nas pétalas de uma minúscula flor um pequeno diamante que brilha, aos primeiros raios do sol que se espreguiça, lentamente.
Beleza, cor, música. A natureza é pródiga em suas manifestações e, observando algumas espécies da flora, parece-nos descobrir Deus a pintar arabescos nas delicadas pétalas, ou, como um cabeleireiro, esmerar-se em cachos, coques, alisamentos.
Quanto mais olhamos, mais nos encantamos. E, se na noite bordada de estrelas, ficamos a mirar para o alto, reconhecemos a grande colcha bordada de luz, a envolver a Terra, em cálido manto.
É como se Deus, qual pai amoroso, nos cobrisse, de forma delicada, a fim de que lhe sintamos o amor, enquanto nos preparamos para fechar os olhos físicos e, pelas vias do sono, visitarmos as paisagens espirituais.
E, se assim nos encantamos com a prodigalidade Divina, que dizer das criações humanas que, a cada dia, superam o que se possa imaginar em engenhosidade?
Quando se veem pontes vencendo abismos, quando se contemplam construções que parecem escalar os céus, quando se observa o arrojo do homem no anseio de vencer a enfermidade, reverenciamos, mais uma vez a grandiosidade Divina.
Como Pai amoroso e bom, dotou os Seus filhos de Sua própria essência. Por isso, o homem não tem limites para sua imaginação, para sua criatividade, para a manifestação grandiosa de si mesmo.
Filho de artista extraordinário, não poderia ser diferente. E, se Deus coloca brilho nas estrelas, o homem ilumina a Terra com as suas luzes.
E, enquanto Deus prossegue a criar mundos e mundos, nesse universo em expansão em que nos movemos, o homem, incansável, sonha em vencer as distâncias e alcançar as estrelas.
O que será mais belo do que reconhecer que Deus é amor infinito e dotou os Seus filhos da própria essência de Sua criatividade?

Redação do Momento Espírita.
Em 28.8.2013.

Tumblr






Noticias do Meio

Família salva pinguim ao levar o animal para casa em Ilha Comprida

Animal foi encontrado na orla e foi levado para casa.
Pinguim foi tratado por veterinários e será devolvido ao mar.


Família resgatou pinguim em Ilha Comprida, SP (Foto: Arquivo Pessoal / Cristian Negrão da Silva)Família resgatou pinguim em Ilha Comprida, SP (Foto: Arquivo Pessoal / Cristian Negrão da Silva)
Uma família de Ilha Comprida, no litoral de São Paulo, resgatou, nesta terça-feira (27), um pinguim que foi encontrado na orla da praia. Veterinários foram chamados ao local para cuidar do animal.
O casal, que estava acompanhando de três crianças, encontrou o pinguim debilitado na orla de Ilha Comprida. Ao avistarem o animal, o grupo enrolou o pinguim em uma toalha e levou para casa. No local, eles entraram em contato com a prefeitura da cidade, que buscou ajuda com a ONG Amigos do Mar.
Uma “ambulância” foi buscar o pinguim. O veículo é utilizado no Vale do Ribeira para resgatar animais que estão com a saúde debilitada. Técnicos ambientais encaminharam o animal para o monitoramento de dois dias. Após tratamento, o pinguim será encaminhado para o mar.
Animal foi tratado por técnicos ambientais e retornou ao mar (Foto: Arquivo Pessoal / Cristian Negrão)Animal foi tratado por técnicos ambientais e retornou ao mar (Foto: Arquivo Pessoal / Cristian Negrão)

Programas que Amamos

 Programa Mediunidade Caminho Para Ser Feliz
Vai ao AR: 
quarta-feira - 13:00
José Maria e Suely Caldas Schubert conversam com você sobre  mediunidade, orientando como podemos utilizá-la como aprimoramento interior e sem tabus ou mistérios.
Como aceitar e conviver com as mudanças no perfil da família?
Como aceitar e conviver com as mudanças no perfil da família? O programa traz várias considerações a respeito desse tema, falando a respeito das mudanças da sociedade.

Super Dicas

Sua Dieta
Cardápio do dia 
  
CAFÉ DA MANHÃ
Pão de centeio
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 100 kcal
 ver café da manhã completo
ALMOÇO
Risoto de frutos do mar
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 333 kcal
 ver receita
 ver almoço completo
JANTAR
Salada cítrica de feijão branco e laranja
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 170 kcal
 ver jantar completo

Noticias do meio

Bebida "antienergética" chega ao Brasil e promete ajudar a relaxar


O produto é uma espécie de "antienergético": sua embalagem e até o sabor são semelhantes aos das bebidas estimulantes à base de cafeína, mas o objetivo é provocar o efeito oposto. O público-alvo da bebida, que tem a cor azul, também é jovem.Uma nova bebida à base de substâncias calmantes chegará ao Brasil em setembro com a promessa de ajudar as pessoas a relaxar.
A bebida foi batizada de Slow Cow e é feita com substâncias conhecidas por suas propriedades relaxantes: camomila, maracujá, melissa, capim-limão, valeriana, tília, lúpulo e chá-verde.
Marlene Bergamo/Folhapress
Bebida Slow Cow, que começa a ser vendida em setembro no país
Bebida Slow Cow, que começa a ser vendida em setembro no país
Esse último, aliás, também pode ser estimulante. Mas, segundo a médica Marcella Garcez Duarte, membro da diretoria da Associação Brasileira de Nutrologia, o chá-verde tem um aminoácido chamado teanina, cujo efeito é calmante. Ela afirma que, para obter quantidades maiores dessa substância, é possível selecionar folhas mais jovens do chá, que têm menos cafeína.
"As concentrações dessas substâncias costumam ser pequenas em produtos de venda livre, mas é possível que, somadas, tenham um efeito relaxante. Isso vai depender da sensibilidade de cada um", diz Duarte, que diz que a eficácia da novidade pode se assemelhar à dos tradicionais chás.
A bebida é canadense e já foi lançada em outros países. No Brasil, ela chegará primeiro em São Paulo e será vendida em supermercados, padarias, lojas de conveniência e outros pontos de venda. Cada unidade custará R$ 9,90.

Enviado pelo Leitor


Estação Boulevard Formosa, Kaohsiung, Taiwan

Esta estação de metrô em Kaohsiung, Taiwan é incrível! É como pisar em um maciço, technicolor centro de convenções. Nós só podemos imaginar como no temor de que esta estação os passageiros são, e da estação de metro tornou-se mesmo uma atração turística em si mesmo! Nós pensamos que esta estação de metro iria iluminar o seu dia.

Noticias do meio

CENTRO ESPÍRITA LÉON DENIS
Rua Abílio dos Santos, 137 - Bento Ribeiro - Rio de Janeiro (RJ) - Tel. (21) 2452-1846 
À Comunidade de Internautas
A Direção do Centro Espírita Léon Denis, diante dos fatos que apontam para uma relação do menino João Hélio e seus familiares com a Instituição aqui referida, vem esclarecer o que se segue:
1) O menino e seus familiares foram efetivamente atendidos pelo CELD, dentro do processo dos passes de cura a ele prescritos, objetivando atender à criança em seu quadro emocional por, aproximadamente, dois anos;
2) Após o infausto desenlace do mesmo, seus pais vêm mantendo distância física de nossa Casa buscando naturalmente seu equilíbrio emocional, até que possam dedicar-se a uma prática religiosa, em qualquer templo, segundo suas convicções;
3) Em momento algum, nenhum membro do corpo mediúnico, do CELD, recebeu e fez veicular qualquer mensagem que fale sobre o espírito João Hélio ou a ele mesmo atribuída a autoria, direcionando a seus familiares ou a quem quer que seja.
A disciplina mediúnica existente em nossa Casa Espírita e o respeito que temos pelos ensinamentos da Doutrina Espírita impedem que se tenha atitudes levianas explorando a dor de uma família e a emoção ferida de uma sociedade.
Assim solicitamos:
• SEJAM CONSIDERADAS INVERÍDICAS as mensagens veiculadas pela Internet, no que tange ao acontecimento “João Hélio” e atribuída a origem das mesmas ao Centro Espírita Léon Denis.
• Outrossim, caso isso venha algum dia a acontecer, SOMENTE COM A AUTORIZAÇÃO DE SEUS FAMILIARES SERÁ TRAZIDA A PÚBLICO QUALQUER NOTÍCIA SOBRE ESSE ESPÍRITO, para quem rogamos a todos envolver em preces de apoio e paz.
Buscando ter trazido à sociedade os esclarecimentos precisos, solicitamos a todos de bom coração envolverem os sofredores em suas orações, trazendo às almas o clima de paz de que tanto necessitamos.
Pela Direção do CELD,

Noticias do Meio

Carro híbrido e supereconômico promete fazer 100 km com 1 litro de gasolina
Carro híbrido e supereconômico promete fazer 100 km com 1 litro de gasolina

Carro híbrido e supereconômico promete fazer 100 km com 1 litro de gasolina
Considerado um carro que chegou para revolucionar, o modelo XL 1 da Volkswagen já mostra a que veio: ele é autodenominado carro do futuro por sua capacidade de fazer 100 quilômetros com apenas 1 litro de gasolina.    
A história por trás desta verdadeira inovação da engenharia mecânica começou no ano 2000, quando executivos da empresa se reuniram em torno de um objetivo: produzir um carro ultra econômico. Desde então, os esforços foram intensificados e, atualmente, existem 25 unidades totalmente finalizadas. Este número deverá duplicar até o final do ano.
Carro faz 100 quilômetros com 1 litro de gasolina
Carro faz 100 quilômetros com 1 litro de gasolina
O XL1 é equipado com um motor TDI de 800 cilindros cúbicos, 2 cilindros e 47 cavalos, que funciona em conjunto com um segundo motor elétrico de 27 cavalos, que pode trabalhar de forma independente. Projetado para circular rotineiramente com o motor elétrico, este automóvel pode alcançar 120 km/h sem fazer uso do motor à gasolina.
Carro faz 100 quilômetros com 1 litro de gasolina
Carro faz 100 quilômetros com 1 litro de gasolina
Quando os dois motores trabalham juntos, o XL 1 pode chegar aos 160 km/h. Sua aceleração vai de 0 a 100 em 12.3 segundos, com uma autonomia de 500 quilômetros, por conta de sua bateria de íon e lítio e um tanque de combustível com capacidade para 10 litros. Seu preço de mercado ainda não foi definido, mas estima-se que seja um dos modelos mais caros da sua categoria - pode ser entre R$ 50 mil e R$ 100 mil com incentivos fiscais.

Noticias do Meio

Áreas de proteção de SP estão abandonadas

Vista de praia na Ilha do Cardoso, em Cananéia, litoral sul de São Paulo.
Quem chega ao Parque Estadual da Ilha do Cardoso, no extremo sul do litoral paulista, esperando se encantar com a natureza, pode se chocar com o grau de degradação que vem atingindo o local nos últimos anos. No núcleo Perequê, principal ponto turístico do parque, a aparência é de uma cidade fantasma.
Alojamentos com o telhado caído, placas solares enferrujadas, passarelas parcialmente interditadas por risco de desmoronamento e um museu vazio são o que resta de uma obra de R$ 8 milhões que nunca foi nem sequer aceita pelo poder público. Há pilhas de entulho jogadas ao lado de uma trilha, e as duas embarcações do parque que poderiam fazer a remoção do lixo estão quebradas - uma delas, afundada pela metade.
Os problemas observados pelo Estado são talvez o mais grave exemplo de uma situação de penúria denunciada por pesquisadores e ambientalistas, de dentro e de fora do governo, na grande parte das unidades de conservação (UCs) de São Paulo. São relatos de falta de condições mínimas de infraestrutura e recursos humanos para funcionar adequadamente.
O cenário contrasta com um robusto saldo de recursos de compensação ambiental - pelo menos R$ 144 milhões - que estão disponíveis em caixa para serem investidos nas UCs, mas não estão sendo usados. O dado foi obtido via Lei de Acesso à Informação. Somado a isso, o orçamento atual da Secretaria do Meio Ambiente (SMA), de R$ 882 milhões, é o segundo maior dos últimos cinco anos.
Abandono. Uma das imagens mais simbólicas do que acontece na Ilha do Cardoso e em outras UCs é a de uma pousada que teve parte da marquise destruída por um vendaval em outubro. Uma vistoria técnica constatou que a laje apresentava sinais de corrosão. Outras oito casas que serviriam para hospedar visitantes também estão fechadas. Não é à toa que poucos estudantes e pesquisadores se aventuram hoje por lá.
"Não é um hotel cinco-estrelas, mas dá para receber bem as pessoas, sim. Estive lá no início do ano", disse o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, ao Estado.
Informado pela reportagem de que as estruturas estavam abandonadas, porém, demonstrou surpresa e cobrou explicações do diretor da Fundação Florestal, Olavo Reino Francisco, sentado ao seu lado. Francisco afirmou que "a fundação ainda não recebeu a obra" e que a empresa responsável, a Lacon Engenharia, contratada em 2009, já foi autuada por irregularidades. "Tem uma série de problemas ali", disse o diretor.
Apesar dos danos na Ilha do Cardoso, a mesma empresa foi contratada pela secretaria em 2012, via edital, para construir uma pousada no Parque Estadual Intervales, por R$ 3,5 milhões. E, novamente, houve problemas. Segundo o diretor da FF, o projeto está "num limbo". "A secretaria não recebe nem paga. Você contrata a empresa, dá o projeto, e ela não executa, mas no fim quer entregar e cobrar. É uma pena."
Apesar do aumento no volume de recursos disponíveis neste ano para a secretaria como um todo, os investimentos da FF caíram. Segundo Covas, por causa do término de convênios com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) - entre eles o Projeto de Ecoturismo na Mata Atlântica, de US$ 9 milhões, que pagou pelas obras na Ilha do Cardoso e Intervales.

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org