Videos

Noticias do Meio


Ao analisar rochas da superfície de Marte capturadas pelo robô Spirit e compará-las a meteoritos marcianos, pesquisadores descobriram que as rochas são cinco vezes mais ricas em níquel do que os meteoritos. O que poderia explicar isso é que as rochas estavam em um ambiente rico em oxigênio há 4 bilhões de anos 
Marte pode ter tido uma atmosfera rica em oxigênio há 4 bilhões de anos (muito antes do aumento do oxigênio na atmosfera da Terra, há 2,5 bilhões de anos). Esta é uma das explicações possíveis para as diferenças encontradas entre os meteoritos e as rochas marcianas analisadas por robô da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana).
Cientistas da Universidade de Oxford investigaram as composições de meteoritos marcianos encontrados na Terra e os dados do robô da Nasa 'Spirit', que analisou rochas da superfície do planeta. O fato de que as rochas da superfície são cinco vezes mais ricas em níquel do que os meteoritos abria dúvidas sobre a origem destes.
"O que nós mostramos é que meteoritos e rochas vulcânicas na superfície têm origens semelhantes no profundo interior de Marte, mas as rochas da superfície vêm de um ambiente mais rico em oxigênio, provavelmente causada por reciclagem de materiais ricos em oxigênio no interior , disse o professor Bernard Wood, do Departamento de Ciências da Terra, que liderou a pesquisa publicada na Nature desta semana.
"Este resultado é surpreendente porque enquanto os meteoritos são geologicamente 'jovens', com cerca de 180 a 1400 milhões de anos, o Spirit analisou uma parte muito antiga de Marte, com mais de 3,7 bilhões de anos."
Embora seja possível que a composição geológica de Marte varie imensamente de região para região, os investigadores acreditam que é mais provável que as diferenças surjam por um processo conhecido como subducção - em que o material é enviado para o interior. Eles sugerem que a superfície marciana foi oxidada muito cedo na história do planeta e que, por meio de subducção, este material rico em oxigênio foi arrastado para o interior e mandado de volta à superfície durante erupções há 4 bilhões de anos. Os meteoritos, pelo contrário, são rochas vulcânicas muito mais jovens que emergiram e por isso foram menos influenciadas por este processo.

Caminho para a vida

Em outro estudo, uma equipe do Instituto de Astrobiologia da Universidade do Havaí, em Manoa, analisou um meteorito de Marte e encontrou uma alta concentração de boro. Quando essa substância está oxidada e vira o borato, ela passa a desempenhar um papel fundamental na formação do RNA.
O RNA é responsável, hoje, pela síntese das proteínas nas células, mas cientistas afirmam que esse ácido nucleico pode ter criado uma forma rudimentar de informação genética quando o nosso planeta era apenas um ambiente oceânico.
A análise química no meteorito, que foi achado na Antártida em 2009, revelou veios de argilas que guardavam até dez vezes mais boro do que já fora medido em outros objetos extraterrestres. Isso significa que o planeta vermelho teve a química certa para dar origem à vida, afirma o grupo.
Como os cientistas ainda não sabem como a vida se formou por aqui, eles procuram por características essenciais para sua existência, como água líquida, carbono, nitrogênio, fósforo e enxofre, além de temperatura média e atmosfera adequadas em outros planetas.
A Nasa divulgou que a sonda Opportunity encontrou amostras de barro formado em água potável, um ambiente potencialmente adequado para que a química da vida primitiva se desenvolva, após análise em uma das rochas mais antigas de Marte. 
Além disso, o Curiosity, que está em Marte desde agosto de 2012, encontrouvestígios de que pode ter existido vida microbiana fora da Terra. O jipe-robô identificou alguns dos ingredientes químicos essenciais para a vida, como enxofre, nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, fósforo e carbono, nas amostras de pó coletadas na rocha John Klein, na Cratera Gale, no primeiro trimestre de 2013.
VOYAGER 1

DISTÂNCIA MÉDIA DA TERRA: 18,5 BILHÕES DE KM
Um disco de cobre banhado em ouro contendo fotos e sons da Terra, além de diagramas de como usá-los e como é o corpo humano, foi enviado junto com a sonda, para o caso de alguma forma de vida inteligente encontre a sonda um dia.

Noticias do Meio




Além de imitar feições e movimentos vertebrais dos humanos, o Roboy é um banco de dados aberto. A meta do criador é aprimorar o Roboy para que ele seja mais autônomo e interaja com os seres humanos, assim como um amigo.

Ele pisca os olhos, sorri e é capaz de movimentar a coluna vertebral como um ser humano. Estamos falando do Roboy – um robô humanoide desenvolvido pela Universidade de Zurique, na Suíca. O "robô-bebê", como é chamado pelo seu criador – o diretor do Laboratório para Inteligência Artificial da Universidade de Zurique, Rolf Pfeifer – funciona ainda como um banco de dados de código aberto: um projeto open source. Ele possibilita a conexão entre todos que se interessam pelo projeto. Qualquer um pode acessar ao banco de dados do Roboy, não importa de que parte do planeta.

"O primeiro objetivo era criar uma rede de conexão entre robôs e seres humanos. E em seguida, veio a ideia de fazer tudo sem restrições. Os dados devem estar disponíveis para todos, para que alguém que tenha o conhecimento na área possa, em princípio, simplesmente baixar e copiar tudo que seja de interesse. Assim, é possível que muitas pessoas comecem a usar o Roboy para benefício próprio, mas que também deem sugestões para que nós possamos melhorar", disse Pfeifer.

Iniciado em junho de 2012, o Roboy foi projetado para ser um presente de aniversário de 25 anos do laboratório de pesquisa da Universidade, mas desta vez, o desafio era maior: um robô como nenhum outro deveria se construído e tudo precisaria ficar pronto em nove meses. "Um bebê nasce depois de ser gerado por nove meses. Queríamos fazer uma espécie de robô-bebê que possa interagir com os seres humanos. Essa idéia romântica move o projeto e nos motiva a continuar", relatou o diretor do laboratório. Para sustentar a ideia de um projeto capaz de superar os limites da robótica, Pfeifer pensou em algo mais complicado.

O primeiro passo era criar um robô que tivesse características parecidas com as dos seres humanos. Com um metro e meio de altura, o Roboy possui um projetor na cabeça, que reproduz diferentes expressões faciais, e um sistema de músculos e tendões. Para isso, foram usadas molas e motores que funcionam como músculos, e os fios trabalham como tendões, possibilitando o movimento dos braços e pernas, assim como nos humanos.

O trabalho foi minucioso, e a meta, atingida. O Roboy ficou pronto dia 8 de março de 2013, mas, para seu criador, ele é apenas o primeiro passo de uma longa caminhada. "Não acho que o Roboy seja o fim de um projeto, mas o começo. Com ele, nós aprendemos muito, descobrimos pontos a ser melhorados."

Ideia de longa data
O Roboy não surgiu de repente, ele é a evolução de ideias já concluídas em seu antecessor, o robô Ecce. O modelo não era tão avançado como o novo humanoide, mas ajudou os pesquisadores a desenvolver as caracteristicas apresentadas atualmente pelo pequeno robozinho. Os músculos e tendões, que hoje funcionam de forma adequada, eram um experimento, capaz de realizar apenas movimentos bruscos.

O Ecce ainda ajudou no método de ensinar os movimentos humanos às máquinas. O pesquisador mostra o movimento ao robô e, com a ajuda de sensores, ele aprende e depois repete a ação e sabe exatamente que músculo e que tendão mudou de lugar.

O projeto posterior, do Roboy, contou com a ajuda de 15 empresas diferentes, oito universidades, duas escolas técnicas, além dos pesquisadores do laboratório universitário. Segundo Pfeifer, a Universidade de Tóquio também ajudou a tirar dúvidas, por ter mais experiência em robótica. No total, foram cerca de 50 pessoas trabalhando para que o sonho de um robô "quase humano" fosse realizado dentro do prazo.

Novas ideias continuam a surgir
Apesar dos problemas financeiros enfrentados durante a realização do Roboy e depois de o projeto estar pronto, pesquisadores engajados nesta ideia não se sentem limitados. "Não tínhamos dinheiro. Se tivéssemos contado com um financiamento convencional, o Roboy não teria sido concluído em nove meses. Levaria muito mais tempo. Nós tentamos parcerias com patrocinadores, mas não funcionou bem. Nós ainda temos contas a pagar, mas, apesar de tudo, temos nosso primeiro protótipo. Já é um grande sucesso", afirmou Pfeifer.

Com o grande interesse, tanto por parte de adolescentes, quanto por parte de criancas e idosos que já conseguem se imaginar com um amigo-robô em casa, pesquisadores resolveram ir mais longe. Eles querem aprimorar os movimentos do pequeno robô a partir do sistema Understanding by Building (em português, compreensão a partir de construção), para que eles possam ser mais rápidos. Além disso, a capacidade de entendimento e aprendizado do humanoide deve ser ainda mais desenvolvido para que eles possam realizar tarefas domésticas, por exemplo, junto com os seres humanos.

"Nosso objetivo é criar um novo projeto. Se conseguirmos todos os elementos e as parcerias necessárias para isso, podemos, quem sabe em menos de um ano, desenvolver uma versão mais compacta e mais moderna do Roboy, para que empresas possam produzi-lo em larga escala e comercializá-lo no mundo todo."

Noticias do Meio

Aos 72 anos, Joana Fomm é dispensada da Globo e desabafa no Facebook

fonte: divulgacao-rede-globo
A atriz Joana Fomm, de 72 anos, não teve seu contrato renovado com a Globo. Em seu perfil noFacebook, ela deu a notícia e desabafou, na noite desta quarta-feira (26): “Junto com alguns atores da melhor espécie, não tive renovação de contrato com a Globo. Passei pela depressão, pela alucinação e estou só aguardando novidades da vida.”
Nesta quinta, a atriz voltou a emitir um comunicado pela rede social. “Ontem falei do contrato e da Globo. Quero esclarecer: Segundo me disseram, a Globo quer acabar com o banco de atores e diretores. Quem não estiver trabalhando, out [fora]. Depois de tanto tempo ligada à TV Globo é impossível não se afeiçoar a casa. A gente torce. Com atores entra sempre um pouquinho de paixão. Me deixa um pouco temerosa essa medida, porque já aconteceram outras e não deu certo”, escreveu ela.
O último trabalho de Joana na emissora foi em 2010, em um episódio da série As Cariocas. Em 2007, ela chegou a ser convidada por Gilberto Braga para a novela Paraíso Tropical, mas descobriu um câncer de mama e foi substituída por Vera Holtz. Braga tentou novamente tê-la em um folhetim seu em 2010, na novela Insensato Coração, entretanto a atriz recusou novamente, devido a uma disautonomia  (um desequilíbrio do sistema nervoso autônomo).

Noticias do Meio

Empresa quer lançar moeda para ser usada em viagens espaciais

PayPal diz que turismo intergaláctico vai trazer necessidade de moeda.
Exploração espacial e ideia de comercializar estão próximas, diz organizador.

Da France Presse
Nave de turismo espacial da Virgin Galactic em voo impulsionado por foguete (Foto: Mark Scientific.com e Clay Center Observatory/Divulgação)Nave de turismo espacial da Virgin Galactic em voo
impulsionado por foguete (Foto: Mark Scientific.com
e Clay Center Observatory/Divulgação)
O serviço de pagamentos online PayPal estuda criar uma moeda intergaláctica para ser usada, no futuro, por viajantes espaciais. Por isso, a empresa lançou uma iniciativa com esta finalidade. "Este é o momento de planejar o futuro (...), nossa visão terrena deve ser incorporada ao espaço", afirmou na quarta-feira o presidente da companhia, David Marcus.
A proposta do PayPal Galactic será apresentada oficialmente nesta quinta-feira (27) no Instituto SETI de Mountain View, na região central da Califórnia, nos EUA, com a participação do astrônomo americano Jill Tarter, especializado na busca por vida extraterrestre, e o ex-astronauta Buzz Aldrin.
Seu objetivo é reunir todas as partes que possam desempenhar um papel na comercialização do espaço e na projeção de um sistema financeiro intergaláctico.
Os astronautas que moram na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) também precisam pagar suas contas, ainda que seja só de livros ou música digital, diz a agência France Presse. "Penso que se pudermos encontrar a forma de trabalhar no espaço, nós, vocês e eu também vamos querer ir", disse a astrônoma Jill Tarter, que inspirou a atriz, diretora e produtora americana Jodie Foster a fazer o filme "Contato" (1977).Tanto na saga cinematográfica "Jornada nas Estrelas" quanto na série de TV "Battlestar Galactica", os personagens usam dinheiro, disse Anuh Najar, diretor de comunicações do PayPal. "Estamos no ponto em que tudo parece muito normal para os cientistas, os diferentes governos e todo mundo", acrescentou.
O Paypal considera que as empresas SpaceX e a Virgin Galactic, que têm projetos de levar turistas até o espaço a bordo de naves espaciais, familiarizaram as pessoas com a ideia do turismo espacial. Quando os turistas deixarem a Terra, necessariamente eles precisarão de dinheiro, afirma o serviço.
Além disso, está em desenvolvimento o projeto de um hotel espacial que orbite ao redor da Terra. Lá, será preciso dar gorjetas e pagar por serviços diversos, segundo o PayPal. "Na medida em que começarmos a pensar em habitar outros planetas, será necessário levar em conta as realidades práticas da vida", disse Marcus.
O serviço PayPal foi criada há 15 anos com o objetivo de se tornar uma moeda global, explicou Colina Ferguson, que faz parte dos organizadores do projeto. "No começo, riem e acham que é uma loucura", disse Ferguson. "Mas a exploração espacial e a ideia de comercializá-la estão muito mais próximas do que se pensa", acrescentou.

Estudos



JOANA D’ARC FOI À ÚLTIMA REENCARNAÇÃO DE JUDAS



Segundo Humberto de Campos, pelo médium Chico Xavier, a última reencarnação de Judas Iscariotes na Terra foi da conhecida heroína francesa Joana D'Arc, queimada nas fogueiras inquisitoriais do século XV, conforme mensagem apresentada no livro Crônicas de Além Túmulo. Mesmo assim, bonecos lembrando Judas serão queimados nas ruas. Porém, se analisarmos bem os fatos da Paixão de Cristo, chegaremos à conclusão de que Judas foi mais um traído do que propriamente um traidor.
Essa afirmação tem base no diálogo entre ele e Tiago, no dia anterior à prisão de Jesus, no qual Judas revela o seu plano de simplesmente apressar o triunfo, no mundo, do Cristianismo, e não o de eliminar seu Mestre, que amava profundamente. Esta informação é do Espírito Humberto de Campos, publicada no livro Boa Nova, psicografado também pelo médium Chico Xavier, no capítulo A Ilusão do Discípulo.
A prova disso está no fato de que Judas Iscariotes, ao receber do Sinédrio as trinta moedas de prata como pagamento para entregar Jesus, não esperava receber o fel da amarga desilusão, ao ver o Cristo duramente torturado. Ao perceber a traição dos fariseus, pois não era isso que desejava para o seu Mestre, ele de imediato foi devolver as moedas recebidas para desfazer o acordo infeliz. Nesta oportunidade, porém, recebeu em troca a expressão de deboche dos príncipes dos sacerdotes: "Isso é contigo". Nada mais restava fazer para salvar o Mestre dos Mestres. Infelizmente o plano sinistro estava consumado!
Foi então que Judas, depois de assistir as cenas do Calvário, levado por tremendo remorso, cometeu o suicídio. No entanto, Jesus, após a sua morte e tocado de compaixão, foi ao encontro do espírito enlouquecido de Judas, permanecendo três dias ao seu lado até que ele adormecesse, segundo a revelação da poetisa desencarnada Maria Dolores, no livro Coração e Vida. Só depois desse gesto de amor e de perdão é que Jesus apareceu materializado a Maria Madalena, segundo o Evangelho de João (20: 11 a 18).

Atenção - PETIÇÃO - (IMPO)


LEIA A PETIÇÃO!

(scroll down for English version)

Português

Vossa Excelência Sra Presidente Dilma Rousseff
Exmo. Sr. Presidente da Câmara dos Deputados Marco Maia PT/RS

Nós do Movimento Gota D’Água pedimos o vosso empenho e ação para evitar mais um desastre ambiental de proporções gigantescas:
• pedimos vossa atenção para ouvir os argumentos da população do Xingu, dos ambientalistas, técnicos e cientistas verdadeiramente empenhados em achar soluções para o desenvolvimento sustentável do Brasil.
• pedimos o fim dos discursos ambientalistas de palanque e o avanço na direção de uma discussão verdadeira em prol de políticas alternativas de geração de energia sustentável - capazes de gerar a energia necessária ao desenvolvimento do país, sem arruinar um ecossistema dessa magnitude
• pedimos a interrupção imediata das obras de Belo Monte e a abertura de um amplo debate, que convoque os brasileiros a refletir e a opinar sobre qual modelo de progresso estão dispostos a perseguir, cientes das conseqüências de suas escolhas.
(Os Signatários)

Noticias do Meio

Morre irmã da apresentadora Hebe Camargo

(Foto: Wayne Camargo / Divulgação)Faleceu nesta quarta-feira (26), a irmã de Hebe Camargo, 83, Stella Monteiro de Camargo Reis, 89. A confirmação foi feita pela equipe que cuida do Twitter de Hebe.
Em entrevista à "Caras OnLine", Cláudio Pessutti, sobrinho de Hebe, contou que Stella morreu devido ao mesmo tipo de câncer que sua irmã teve, no peritônio, membrana que envolve o aparelho digestivo.
Nas redes sociais, a equipe de Hebe escreveu: "Hoje Rosalinda foi encontrar Florisbella! Vá com Deus, tia Stella". Eles fizeram uma referência à dupla caipira que as irmãs formaram na década de 1940.
Elas cantavam nas rádios da época e se apresentavam no programa "Arraial da Curva Torta".
A apresentadora de televisão, Hebe Camargo, faleceu em setembro de 2012, em sua casa, no bairro do Morumbi, em São Paulo. Ela lutava há anos contra um tumor no peritônio e morreu por causa de uma parada cardiorrespiratória.

Essa "É das Arabias"

Nos últimos dias Londres está intrigada com o mágico Dynamo. Em ação comercial da Pepsi, ele aparece flutuando apoiado em um dos ônibus vermelhos de dois andares, cartões postais da cidade.
O truque de Dynamo, no entanto, parece não ter durado muito. Investigações iniciadas no Facebook pelo portal "Australia News" afirmam que o mágico usou um braço de metal que grudou em um imã instalado dentro do ônibus.
De acordo com o portal, a prova de que a sustentação de metal é que é a responsável pela levitação é fato de que no começo do vídeo (assista acima) o mágico simplesmente não move seu braço direito.
Dynamo, como todo bom mágico, não revela seus truques. E você, concorda com a teoria ou tem outra explicação?

A hora e a vez do Rei


Vamos refletir um pouco. ( 5 Minutinhos)

Programa Convite à Prece
Vai ao AR: 
quinta-feira - 11:50
Minutos para o consolo e o equilíbrio através da oração. Eleve seu pensamento e acompanhe Gastão de Lima Netto nestes momentos de sintonia com a espiritualidade.
Se entregue a inspiração da bondade
É comum nos entregarmos às lamentações, mas isso só nos faz sofrer mais.  

Noticias do meio

Chico Xavier 11 anos no Plano Espiritual

Dia 30 de junho de 2002, retornava à Pátria Espiritual em Uberaba o médium mineiro Francisco Cândido Xavier.
As obras que psicografou vão a mais de quatrocentas. Várias delas estão traduzidas e publicadas em castelhano, esperanto, francês, inglês, japonês, grego, etc.
A série de Emmanuel, composta de: "Há 2000 Anos...", "50 Anos Depois", "Ave, Cristo!", "Paulo e Estevão". 
"Há 2000 Anos..." é o relato da encarnação de Emmanuel à época de Jesus.
De Humberto de Campos (Espírito), aparece, em 1938, o profético e discutido "Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho", uma história de nossa pátria e dos fatos e ela ligados, em dimensão espiritual.
Trios Importantes – Autoria espiritual, André Luiz – psicografia de Francisco Cândido Xavier
Três verbos existem que, bem conjugado, serão lâmpadas luminosas em nosso caminho –
Aprender,Servir e Cooperar.
Três atitudes exigem muita atenção – Analisar,Reprovar e Reclamar.
Dê três normas de conduta jamais nos arrependeremos –
Auxiliar com a intenção do bem, Silenciar e Pronunciar frases de bondade e estímulo.
Três diretrizes manter-nos-ão, invariavelmente, em rumo certo –
Ajudar sem distinção , Esquecer todo mal e Trabalhar sempre.
Três posições devemos evitar em todas as circunstâncias –
Maldizer,Condenar e Destruir.
Possuímos três valores que, depois de perdidos, jamais serão recuperados –
A hora que passa,A oportunidade e A palavra falada.
Três programas sublimes se desdobram à nossa frente, revelando-nos a glória da Vida Superior –
Amor, Humildade e Bom ânimo.
Que o Senhor nos ajude, pois, em nossas necessidades, a seguir sempre três abençoadas regras de salvação –
Corrigir em nós o que nos desagrada em outras pessoas.
Amparar-nos mutuamente.
Amar-nos uns aos outros

Documentário

Lição de Vida

INOCENTES PRISIONEIROS

Um sábio rei foi visitar a prisão de seu palácio e começou a escutar as queixas dos presos.
Um preso, acusado de ter cometido um assassinato, disse:
Sou inocente. Vim para cá porque quis assustar minha mulher, e
sem querer a matei!
O outro dizia:
Me acusaram de suborno, mas tudo o que fiz foi aceitar um
presente que me ofereciam.
Todos os presos clamaram ao rei por inocência. Até que um deles, um rapaz de pouco mais de vinte anos, disse:
Sou culpado. Machuquei meu irmão numa briga e mereço castigo.
Este lugar me faz refletir sobre o mal que causei.
O rei, imediatamente chamou os guardas e ordenou:
Expulsem este criminoso da prisão, agora! Com tantos inocentes
aqui ele terminará os corrompendo.
LIÇÃO DE VIDA:
Quando sua consciência não cobra de você seus erros, a tendência é continuar errando. Mas quando você tem a coragem de assumir seus crimes, suas falhas, aí, já começa a sua redenção e a possibilidade de ser perdoado!!!

Noticias do Meio


DESCOBERTA "CRIATURA" ISOLADA EM DESERTO DA PANGEIA HÁ 200 MILHÕES DE ANOS



Um novo estudo encontrou evidências de uma nova criatura, do tamanho de uma vaca, com mais de 200 milhões de anos, que teria vivido de forma isolada em um deserto no centro do que deveria ser o supercontinente Pangeia.

O animal, conhecido como Bunostegos akokanensis, pertence a um grupo chamado pareiassauro, um grande réptil herbívoro que viveu entre 266 milhões a 252 milhões de anos atrás. Fósseis do Bunostegos apontam que a vida na Terra possuía muito mais diversidade do que as pessoas pensam, de acordo com o estudo que foi publicado no "Jornal of Vertebrate Paleontology".

Fósseis de crânios foram encontrados no norte da Nigéria. Um estudo indica que havia distintos "tocos" ou "cornos" na cabeça deste animal, similares aos que as girafas possuem. Eram espécies de chifres ou protuberâncias, cobertos de pele, e eles seriam usados pelos Bunostegos para reconhecer outros membros da sua espécie.

Os fósseis vieram de uma região que nos tempos modernos compreende o deserto do Saara, há aproximadamente 260 milhões de anos, no meio do supercontinente da Pangeia. Apesar do ambiente inóspito, os cientistas acreditam que deveriam existir oásis para a sobrevivência destes animais.

As extremas condições climáticas indicam que os Bunostegos devem ter vivido isolados por milhões de anos. O isolamento pode ter levado estes animais a ficarem com aparência de "criaturas bizarras", apontam os pesquisadores.

Noticias do Meio

EM TI MESMO

“Tens fé? Tem-na em ti mesmo, diante de Deus.” — Paulo. (ROMANOS, cap. 14, vers. 22)

No mecanismo das realizações diárias, não é possível esquecer a criatura aquela expressão de confiança em si mesma, e que deve manter na esfera das obrigações que tem de cumprir à face de Deus.

Os que vivem na certeza das promessas divinas são os que guardam a fé no poder relativo que lhes foi confiado e, aumentando-o pelo próprio esforço, prosseguem nas edificações definitivas, com vistas à eternidade.

Os que, no entanto, permanecem desalentados quanto às suas possibilidades, esperando em promessas humanas, dão a ideia de fragmentos de cortiça, sem finalidade própria, ao sabor das águas, sem roteiro e sem ancoradouro.

Naturalmente, ninguém poderá viver na Terra sem confiar em alguém de seu círculo mais próximo; mas, a afeição, o laço amigo, o calor das dedicações elevadas não podem excluir a confiança em si mesmo, diante do Criador.

Na esfera de cada criatura, Deus pode tudo; não dispensa, porém, a cooperação, a vontade e a confiança do filho para realizar. Um pai que fizesse, mecanicamente, o quadro de felicidades dos seus descendentes, exterminaria, em cada um, as faculdades mais brilhantes.

Por que te manterás indeciso, se o Senhor te conferiu este ou aquele trabalho justo? Faze-o retamente, porque se Deus tem confiança em ti para alguma coisa, deves confiar em ti mesmo, diante dEle.

Emmanuel/Francisco Cândido Xavier

Fonte: do Livro "Caminho, Verdade e Vida"

Noticias do Meio


O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (26) o projeto de lei que altera o Código Penal para aumentar a punição para corrupção e tornar esse tipo de delito crime hediondo, considerado de maior gravidade.
O texto aprovado determina que a corrupção ativa (quando é oferecida a um funcionário público vantagem indevida para a prática de determinado ato de ofício) passa ter pena de 4 a 12 anos de reclusão, além de multa – atualmente, a reclusão é de 2 a 12 anos. A mesma punição passa a valer para a corrupção passiva (quando funcionário público solicita ou recebe vantagem indevida em razão da função que ocupa).
A proposta também inclui entre crimes hediondos a prática de concussão (ato de exigir benefício em função do cargo ocupado).
A proposta segue agora para a Câmara – se alterada pelos deputados, voltará para o Senado antes de ser sancionada pela presidente da República.
No discurso que pronunciou durante reunião com governadores e prefeitos na última segunda-feira (22), a presidente Dilma Rousseff defendeu endurecer a legislação para que a corrupção dolosa passasse a ser qualificada como crime hediondo.O texto foi votado um dia após o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciar “agenda positiva” com a votação da proposta entre as prioridades estabelecidas pela Casa para atender as reivindicações surgidas nos protestos de rua por todo o país.
O fato de um crime ser considerado hediondo impede, por exemplo, a concessão de liberdade condicional ou de progressão de regime mediante o pagamento de fiança, e veda a concessão de anistia. O crime hediondo também torna mais restritivo o acessso a benesses pessoais.
O relator do projeto, senador Alvaro Dias (PSDB-PR), incluiu no projeto, de autoria do senadorPedro Taques (PDT-MT), outros dois tipos de crime contra recursos financeiros do poder público.
Pela proposta, o crime de peculato, quando funcionário se apropria de bem público, passa a ter a pena mínima aumentada de dois para quatro anos de reclusão, além de ser considerado hediondo. A pena máxima permanece em 14 anos de prisão.
Já o crime de excesso de exação (quando servidor público cobra indevidamente imposto ou contribuição social) tem a pena mínima aumentada de três para quatro anos de reclusão, além de também ser considerado hediondo. A pena máxima permanece em 14 anos.
Para Alvaro Dias, a proposta é fundamental para recuperar a credibilidade das instituições públicas. “O projeto aprovado hoje que transforma o crime de corrupção em hediondo aumenta as penas, elimina os privilégios e acaba com a impunidade se a legislação for corretamente aplicada”, declarou.
Emendas
O projeto foi aprovado com uma emenda do senador Wellington Dias (PT-PI) que aumenta em um terço o período de reclusão da pena para peculato nos casos em que o crime for cometido por “agente político” ou “membro de carreira de estado”.
Outra emenda aprovada, de autoria do senador José Sarney (PMDB-AP), vai além dos crimes de corrupção e inclui no projeto o homicídio simples e as suas formas qualificadas como crime hediondo.

Super Dicas

Sua Dieta
Cardápio do dia
  
CAFÉ DA MANHÃ
Barrinha de granola
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 97 kcal
 ver café da manhã completo
ALMOÇO
Arroz com camarão
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 175 kcal
 ver receita
 ver almoço completo
JANTAR
Pastinha de tahine light
Rendimento: 1 Porção
Caloria por porção: 58 kcal
 ver jantar completo
 

Essa "É das Arabias"

Estátua egípcia se movimenta em museu

Um grande mistério tem rondado o Museu de Manchester, na Inglaterra. Uma estátua egípcia de 25 centímetros de altura tem se mexido dentro de seu vidro e, por isso, tem despertado a curiosidade dos diretores do local.
Filmada por uma câmera de segurança que mostra claramente o movimento, a estátua está no local há oito anos, quando foi encontrada dentro de uma tumba, ao lado de uma múmia. As explicações para o fato dividem opiniões.
Campbell Price, que é egiptólogo do museu, acredita que forças do passado estão agindo na estátua.
"No Egito Antigo eles acreditavam que se a múmia é destruída então a estatueta pode servir como um veículo alternativo para o espírito. Talvez isso é o que esteja causando o movimento", afirma ele ao canal History Channel.
Mais cético, o professor de física Brian Cox, da Universidade de Manchester, acredita que uma diferença de fricção de materiais poderia estar causando o movimento, sem nada de espíritos do passado.

Estudos


A visão Espírita da cremação

Maria Aparecida Romano
O espírito desencarnado sofre quando seu corpo é queimado? Quais são os motivos que estão levando um número cada vez maior de pessoas a optar pela cremação? O que o Espiritismo aconselha?
Quando se estuda o comportamento da Humanidade ao longo dos milênios, observa-se a nítida preocupação do homem com seu futuro após a morte. Um indivíduo é declarado oficialmente morto no momento que cessam suas funções vitais. Como cada grupo recebe a herança social e religiosa das tradições cultivadas pelas gerações anteriores, cabe aos membros do grupo que o indivíduo pertence cumprir os ritos tradicionais até a instalação definitiva do corpo em sua morada.

INUMAÇÃO E CREMAÇÃO

A Inumação é o ritual mais praticado. Consiste no sepultamento do cadáver em campas, geralmente no cemitério da comunidade. Cremação, ato de queimar o cadáver reduzindo-o à cinzas colocadas em urnas e em seguidas sepultadas ou esparzidas em local previamente determinada. Embora conhecida e praticada desde a mais remota antiguidade pelos povos primitivos da Terra não é muito utilizada.
O fogo passou a ser utilizado pelo homem na Idade da Pedra Lascada e, pela sua pureza e atividade, era considerado pelos Antigos como o mais nobre dos elementos, aquele que mais se aproximava da Divindade. Com a eclosão da religiosidade, o ser humano foi descobrindo que havia algo entre o Céu e a Terra e o fogo passou a ser utilizado em rituais religiosos.
Predominava a crença que ao queimar o cadáver, com ele seriam queimados todos os seus defeitos e ao mesmo tempo a alma se libertaria definitivamente do corpo, chegando ao céu purificada e não retornaria à Terra em forma de "aparições" assustando os vivos.
A cremação teve como base a força purificadora do fogo. Nos últimos tempos, em todo o continente europeu tem sido encontradas vasilhas do Período Neolítico (Idade da Pedra Polida) cheias de cinzas do indivíduos. Esses indícios revelam que a cremação já era praticada nos primórdios da Civilização Terrena.
Com o decorrer dos séculos a cremação foi se tornando prática consagrada no oriente (Índia, Japão, etc), regiões da Grécia e Antiga Rosa onde viviam civilizações adiantadas que utilizavam o processo graças ao "status". Entre os povos ibéricos tornou-se um rito generalizado, precedido de músicas, bailes e até banquetes. Com estas cerimônias esperava-se obter atitudes benévolas dos deuses, visando conduzir as almas ao Reino dos Mortos e lá chegando seria recebida e cuidada com carinho.

A INFLUÊNCIA DO CRISTIANISMO

A evolução natural da Humanidade e o ciclo iniciado com Jesus há 2000 anos modelando uma nova mentalidade, influenciavam sensivelmente nos costumes culturais e religiosos dos povos. Com a expansão do cristianismo, na tentativa de se solidificar a fé, foram se estabelecendo dogmas, entre eles, o da Ressurreição. Jesus, como descendente de uma das doze tribos de Judá, foi sepultado conforme as tradições da Lei Mosaica. A Igreja proclamou como Dogma de fé que o Messias ressuscitou de corpo e alma.
Com exceção dos países orientais onde a prática é normal, o rito da cremação ficou esquecido até o ano de 1876, quando em Washington, nos Estados Unidos, na tentativa de revificar o processo, foi estabelecido o primeiro forno crematório dos dias atuais, provocando polêmicas e controvérsias, sobretudo da Igreja que se posicionou contra a destruição voluntária do cadáver.
Só a partir de 1963, mediante a propagação do processo em diversos países do planeta, o Vaticano através do Papa Paulo VI apresentou uma abertura, mas não se posicionando claramente quando se expressou que não proibia a cremação, mas recomendava aos cristãos o piedoso e tradicional costume do sepultamento. A Igreja teve suas razões para defender a Inumação. Aprovar plenamente a cremação seria negar o dogma por ela estabelecido.
Nessa seqüência histórica observa-se que na cultura religiosa de todos os povos sempre pairou uma nebulosa noção de espiritualidade e nela a preocupação do homem com seu destino após a morte. Até que nos meados do século XIX, o francês Allan Kardec, codificador da doutrina espírita, lançou uma nova luz nos horizontes mentais do homem quando entreviu um mundo de inteligências incorpóreas.
Os espíritos são os seres inteligentes da Criação que habitam esse mundo. Simples e ignorantes no seu ponto de partida, caminham para o progresso indefinido reencarnando sucessivamente. Na encarnação, a ligação entre o perispírito e o corpo é feita através de um cordão fluídico. Sendo a existência terrena uma fase temporária, após o cumprimento da missão moral, com a morte do corpo físico o espírito retorna ao seu lado de origem conservando a individualidade.

O DESLIGAMENTO NÃO É SÚBITO

Os laços que unem o espírito ao corpo se desfazem lentamente. De uma forma geral todos sentem essa transição que se converte num período de perturbações variando de acordo com o estágio evolutivo de cada um. Para alguns se apresenta como um bálsamo de libertação, enquanto que para outros são momentos de terríveis convulsões. O desligamento só ocorre quando o laço fluídico se rompe definitivamente.
Diante da Nova Revelação apresentada pela doutrina dos espíritos e levando-se em consideração a perturbação que envolve o período de transição, questionou-se: cremando o corpo como fica a situação do espírito? Consultado, o mundo espiritual assim se expressou: "É um processo legítimo. Como espírito e corpo físico estiveram ligados muito tempo, permanecem elos de sensibilidade que precisam ser respeitados". Essas palavras revelam que embora o corpo morto não transmita nenhuma sensação física ao espírito, porém, a impressão do acontecido é percebida por este, havendo possibilidades de surgir traumas psíquicos. Recomenda-se aos adeptos da doutrina espírita que desejam optar pelo processo crematório prolongar a operação por um prazo de 72 horas após o desenlace.
Embora a Inumação continue sendo o processo mais utilizado, a milenar cremação, por muito tempo esquecida, voltou a ser praticada nos tempos modernos. Este procedimento vem se difundindo amplamente até em função da falta de espaço nas grandes cidades. Com o crescimento da população as áreas que outrora seriam destinadas a cemitérios tornaram escassas.

CREMAÇÃO: UMA QUESTÃO DE ECONOMIA

Adeptos de todas as seitas estão optando pela operação crematória. Seus partidários fundam-se em diversas considerações. Para alguns está ligada a fatores sanitários, sendo que alguns cemitérios podem estar causando sérios danos ao meio ambiente e à qualidade de vida da população, enquanto que para muitos usuários do crematório o processo diminui os encargos básicos econômicos, entre eles, a manutenção da tumba.
Atualmente, o Brasil conta com quatro áreas crematórias e está em fase de expansão. A área da Vila Alpina, na cidade de São Paulo, foi fundada em 1974. É a primeira área crematória do país e conta com quatro fornos importados da Inglaterra. Pertence à Prefeitura Municipal e leva o nome do seu idealizador, dr. Jayme Augusto Lopes. As outras três áreas são particulares e estão localizadas na cidade de Santos, no Estado do Rio de Janeiro e no Estado do Rio Grande do Sul.
Segundo a Lei, a cremação só será efetuada após o decurso de 24 horas, contadas a partir do falecimento e, desde que sejam atendidas as exigências prescritas. A prova relativa à manifestação do falecido em ser cremado deve estar consistente de Declaração de documento público ou particular.
As cinzas resultantes da cremação do corpo serão recolhidas em urna individual e a família dará o destino que o falecido determinou. Muitos países já contam com Jardins Memoriais e edifícios chamados "Columbários", com gavetas para serem depositadas as urnas com as cinzas dos falecidos podendo ser visitadas por parentes.
Kardec, o codificador disse: "O homem não tem medo da morte mas da transição".
À medida que houver amadurecimento e compreensão para a extensão da vida, o ser humano saberá valorizar cada momento da vida terrena e devotará ao corpo o devido valor que ele merece. Através do corpo, o espírito se ilumina. Resgata-se o passado, vive-se o presente e prepara-se o futuro. No desencarne é restituída a liberdade relativa ao espírito enquanto o corpo permanece na Terra com outros bens materiais.
O espírito preexiste e sobrevive ao corpo. Tanto inumação como cremação são formas de acomodar o cadáver. Expressam o livre arbítrio de cada um. Os dois processos destroem o corpo. Para se optar pela cremação é necessário haver um certo desapego aos laços materiais e mesmo com a inumação, caso o espírito não estiver devidamente preparado, poderá sofrer os horrores da decomposição. Quanto mais o espírito estiver preparado moralmente, menos dolorosa será a separação.
(Revista Cristã de Espiritismo - Nº 06 - Ano 01)

Noticias do Meio

Descobertos três exoplanetas potencialmente habitáveis

Foi em torno da estrela Gliese 667C, com uma massa equivalente a um terço da de nosso Sol, que a equipe fez a descoberta, com a ajuda do instrumento HARPS, equipado com um telescópio de 3,6 metros do ESO no Chile, indica a organização em um comunicado.
O sistema de três estrelas ao qual pertence a Gliese 667C é amplamente estudado por cientistas. Ele está nas imediações do nosso Sistema Solar (22 anos-luz), e também é surpreendentemente similar ao nosso.
Representa, portanto, um excelente candidato para a descoberta de planetas potencialmente habitáveis. "Sabíamos, a partir de estudos anteriores, que a estrela (Gliese 667C) estava cercada por três planetas, por isso queríamos verificar a possível existência de outros planetas", explica Mikko Tuomi da Universidade britânica de Hertfordshire.
"Ao adicionar novas observações e revisitar os dados existentes, fomos capazes de confirmar a existência destes três corpos e descobrir novos", acrescenta. No total, os astrônomos identificaram pelo menos cinco planetas, e dois outros devem ser ainda confirmados.
O sistema é composto de três "super-Terras", com maior massa do que a Terra, mas menores que os gigantes Urano e Netuno, e são "provavelmente rochosos".
Eles também ocupam a zona habitável da estrela, uma faixa em torno da estrela em que a água pode estar presente sob a forma líquida, se as condições forem adequadas. E, consequentemente, passível de ter qualquer forma de vida. "Esta é a primeira vez que três planetas deste tipo são identificados nesta área no mesmo sistema", indica o ESO.
Um resultado muito animador para os astrônomos. "Porque sabemos agora que precisamos observar uma única estrela para descobrir mais planetas, antes do que observar dez estrelas à procura de um planeta potencialmente habitável", disse Rory Barnes, da Universidade de Washington e co-autor do estudo.
Os três planetas habitáveis "têm, provavelmente, a mesma face voltada para a estrela, de modo que a duração do dia iguala a dos seus anos, sendo um dos lados permanentemente iluminado e o outro no escuro", explica o comunicado.

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org