Noticias do Meio


Ansiedade e baixa autoestima aumentam risco de inadimplência

A alta da inadimplência nos últimos anos não está relacionada apenas ao crédito farto e à falta de educação financeira do brasileiro. Estudo divulgado pelo Serviço de Proteção ao Crédito revela que a ansiedade e a baixa auto estima estimulam as compras por impulso e elevam o risco de calote pelos consumidores.
Segundo o levantamento, fatores emocionais são o principal motivo que leva os brasileiros a consumir sem planejamento. Um total de 85% dos entrevistados adquirem bens por impulso e 43% admitiram comprar em momentos de ansiedade, tristeza e angústia.
 
Os motivos para a ansiedade são diferentes conforme a faixa de renda. Nas classes A e B, a ansiedade em relação a eventos que se aproximam, como festas, jantares e viagens, representa o principal motivo para as compras sob impulso. Os consumidores das classes C e D, no entanto, mencionaram a insatisfação com a própria aparência e a necessidade de exibir um estilo de vida não condizente com a renda.
 
O estudo ainda mostrou que o brasileiro, apesar de se considerar preparado, não sabe lidar com o próprio dinheiro. Além do elevado percentual de compras por impulso, o levantamento mostrou que 74% dos entrevistados não têm nenhum investimento, e 42% admitiram gastar tudo o que ganham, sem poupar nada. 
 
Em relação ao comportamento durante as compras, a pesquisa mostrou que 85% dos consumidores pedem algum desconto ao comprarem à vista. No entanto, a prudência não se repete nas compras a prazo. A maior parte dos entrevistados (37%) declarou não prestar atenção nas taxas de juros embutidas nos financiamentos, considerando apenas o valor mensal da prestação. Nas classes C e D, a desatenção com os juros é ainda mais marcante: 42%, contra 30% nas classes A e B.
 
Fonte : Agência Brasil

BIQUINI CAVADÃO TIMIDEZ 1986 (Video Original )

Michael Bublé - You'll Never Find Another Love Like Mine (Duet With Laur...

Noticias do Meio


Ratos em países diferentes fazem comunicação eletrônica

 
Cientistas da universidade americana Duke e do Instituto Internacional de Neurociência, em Natal, publicaram um estudo em que demonstram uma comunicação eletrônica entre os cérebros de dois ratos separados por milhares de quilômetros. O que um faz, o outro faz em seguida.
Imagine dois ratinhos separados por quase 7 mil quilômetro e meio. Um está em um laboratório em Durham, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. O outro, em Natal, no Brasil. Mas, de acordo com os cientistas, é como se os dois cérebros conversassem. Por meio de uma conexão eletrônica, um feito inédito, os animais estabeleceram uma espécie de parceria cerebral.
O estudo saiu nesta quinta no Scientific Reports, um periódico ligado à revista inglesa Nature, uma das publicações científicas mais importantes do mundo. A experiência envolve dois compartimentos. Em cada um, foi colocado um rato. Os cientistas inseriram fios finíssimos, com o diâmetro de um centésimo de um fio de cabelo, na área do cérebro responsável pelos movimentos. 
Os cientistas decidiram testar o alcance dessa comunicação. Em um experimento parecido, conectaram pela internet um ratinho no Brasil com um americano. O ratinho brasileiro só receberia a dose completa de água se o parceiro dele nos Estados Unidos fizesse a escolha correta. Os acertos ficaram em 65%.
A partir dessa pesquisa, o cientista projeta um futuro quase de ficção científica, em que a comunicação direta de cérebro para cérebro não vai acontecer só entre dois ratos de laboratório, mas entre seres humanos, todos os seres humanos.
Os cientistas preveêm  em um século, uma rede mundial não de computadores, como hoje, mas de cérebros interligados eletronicamente.
Segundo o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis; “Você poderia transmitir o que você quer, no momento que você quer. Isso não é uma fusão completa de cérebros, mas uma forma que substituiria a internet que a gente conhece hoje com algo mais eficiente e agregador”.

Noticias do Meio


METEORITO RARO DE 18 QUILOS É ENCONTRADO NAS GELEIRAS DA ANTÁRTICA ORIENTAL
Meteorito raro de 18 quilos é encontrado nas geleiras da Antártica Oriental

Um meteorito de 18 quilos estava enterrado nas geleiras da Antártica Oriental, de acordo com anúncio de uma equipe internacional de cientistas. Segundo eles, trata-se do maior objeto deste tipo já encontrado na região desde 1988. Um condrito comum, este meteorito compõe um conjunto de 425 pedras, com peso total de 75 quilos. Os pedaços foram coletados ao longo de mais de 40 dias a 140 quilômetros da base de pesquisa Princess Elisabeth Antarctica.

De acordo com os envolvidos no projeto, o peso e o tamanho do meteorito podem ser considerados "raros" e "inesperados". Agora, o material será levado ao Japão, onde será examinado. Segundo dados do Meteoritical Society, mais de 38,5 mil meteoritos foram achados até hoje na Antártica, porém somente 30 pesavam mais de 18 quilos na Antártida Oriental.

Estão envolvidos na descoberta pesquisadores da Bélgica, Suíça e Japão, no projeto chamado SAMBA, conduzido pelas Université Libre de Bruxelles (ULB), Vrije Universiteit Brussel (VUB), Japan’s National Institute of Polar Research (NIPR) e Tokyo University.

Artigo relacionado

Base polar Princess Elisabeth Antarctica




DESCOBERTA SURPREENDENTE REVELA TERCEIRO ANEL DE RADIAÇÃO AO REDOR DA TERRA
Descoberta surpreendente revela terceiro anel de radiação ao redor da Terra

A Nasa anunciou uma descoberta surpreendente sobre o Cinturão de Van Allen, que envolve a Terra. De acordo com a teoria de 1958, este cinturão seria formado por dois anéis de radiação, contudo, novos estudos mostraram que há mais um anel de radiação, identificado pela missão da sonda Van Allen, da agência espacial norte-americana. As análises revelaram a existência de estruturas e processos inesperados dentro dessa região perigosa do espaço.

Observações anteriores do Cinturão de Van Allen têm mostrado há longo tempo que duas regiões diferentes retêm radiação em torno do nosso planeta. Instrumentos de detecção de partículas das sondas gêmeas Van Allen, lançada em agosto do ano passado, contudo, revelaram rapidamente a existência de um terceiro anel de radiação, de caráter transitório. A imagem ao lado mostra a radiação que circunda o nosso planeta (amarelo) e o espaço que há entre os anéis do Cinturão (verde).

Esses anéis, que receberam este nome em homenagem ao descobridor James Van Allen, são regiões delicadas para a sociedade atual, que é muito dependente da tecnologia do espaço, como os satélites. O Cinturão de Van Allen é afetado por tempestades solares, pelo clima espacial e pode mudar dramaticamente. Quando isso acontece, pode representar um perigo para satélites de comunicação, GPS e também para algum astronauta que esteja no espaço.

A descoberta mostra a natureza dinâmica e variável dos anéis de radiação e aumenta o  entendimento de como eles respondem à atividade solar. A descoberta, publicada nesta quinta-feira pela revista Science, é o resultado das informações recolhidas pelas duas sondas enviadas para voar através do cinturão de radiação do nosso planeta.

Artigo relacionado

LIÇÃO DE VIDA




Um sábio estava meditando, quando foi interrompido por um grupo de pessoas. Uma delas perguntou:
Por que existem pessoas que saem facilmente dos problemas mais complicados, enquanto outras sofrem por problemas muito pequenos que não conseguem resolver ? 
O sábio sorriu e contou esta história : 

Um homem viveu toda a sua vida, fiel às palavras de DEUS.
Quando morreu, todo mundo falou que ele iria para o Céu. 
Afinal, um homem tão bom quanto ele somente poderia ir para o Céu. Ir para o Céu era importante para aquele homem, mas houve um erro na sua chegada. 
A pessoa que o recebeu no Céu, deu uma rápida olhada nas fichas em cima do balcão e, como não viu o nome dele na lista, o orientou a ir ao Inferno. 
E como no Inferno, ninguém exige crachá nem convite, qualquer um que chega é convidado a entrar, o homem entrou e foi ficando.
Alguns dias depois, Lúcifer chegou furioso na porta do Céu para tomar satisfações com a pessoa que havia enviado aquele homem bom para o Inferno. E disse: 
Isto é injusto! Nunca imaginei que fossem capazes de uma baixaria como essa. Isso que vocês fizeram não é justo! 
Sem saber o motivo de tanta raiva, o recepcionista do Céu perguntou, surpreso, do que se tratava.
Lúcifer, transtornado, desabafou: 
- Porque mandou aquele sujeito para o Inferno? Desde que ele chegou aqui, o inferno está na maior confusão. Só o que ele faz é escutar as pessoas, olhando-as nos olhos, conversando com elas. Agora, estão todos conversando,se abraçando e até se beijando. O inferno está insuportável, parece até o Céu! 

Lúcifer, então fez um apelo: 
- Por favor, pegue aquele sujeito e traga ele de volta para o Céu!

Quando o sábio terminou de contar esta história olhou para o grupo de pessoas, e carinhosamente disse: 
Vivam com tanto amor no coração que se, por engano, forem parar no Inferno, o próprio demônio trará vocês de volta ao Céu. 
Os problemas fazem parte da nossa vida, porém não deixe que eles os transformem numa pessoa amargurada. As crises vão sempre acontecer, e às vezes não terão escolha. 

LIÇÃO DE VIDA: 
Como disse o sábio da história, os problemas fazem parte da nossa vida e não temos como fugir deles. Mas podemos escolher a forma de enfrentá-los

Desculpas

Mil desculpas aos nossos leitores é ao som de Michael Bublé que pedimos desculpas, por ficarmos mais de 24hrs fora do ar.
Mais já estamos de volta!!!!
Vamos que vamos......

Michael Bublé - "Everything" [Official Music Video]

Michael Bublé - "Me & Mrs. Jones" Live at Madison Square Garden

Estudos




ESPÍRITOS EXILADOS NA TERRA
Foi assim que Jesus recebeu, à luz do seu reino de amor e de
justiça, aquela turba de seres sofredores e infelizes.
Com a sua palavra sábia e compassiva, exortou essas almas
desventuradas à edificação da consciência pelo cumprimento dos deveres
de solidariedade e de amor, no esforço regenerador de si mesmas.
Mostrou-lhes os campos imensos de luta que se desdobravam na Terra,
envolvendo-as no halo bendito da sua misericórdia e da sua caridade sem
limites. Abençoou-lhes as lágrimas santificadoras, fazendo-lhes sentir os
sagrados triunfos do futuro e prometendo-lhes a sua colaboração
cotidiana e a sua vinda no porvir.
Aqueles seres angustiados e aflitos, que deixavam atrás de si todo
um mundo de afetos, não obstante os seus corações empedernidos na
prática do mal, seriam degredados na face obscura do planeta terrestre;
andariam desprezados na noite dos milênios da saudade e da amargura;
reencarnariam no seio das raças ignorantes e primitivas, a lembrarem o
paraíso perdido nos firmamentos distantes. Por muitos séculos não veriam
a suave luz da Capela, mas
trabalhariam na Terra acariciados por Jesus e confortados na sua imensa
misericórdia.

FIXAÇÃO DOS CARACTERES RACIAIS
Com o auxílio desses Espíritos degredados, naquelas eras
remotíssimas, as falanges do Cristo operavam ainda as últimas
experiências sobre os fluidos renovadores da vida, aperfeiçoando os
caracteres biológicos das raças humanas. A Natureza ainda era, para os
trabalhadores da espiritualidade, um campo vasto de experiências
infinitas; tanto assim que, se as observações do mendelismo fossem
transferidas àqueles milênios distantes, não se encontraria nenhuma
equação definitiva nos seus estudos de biologia. A moderna genética não
poderia fixar, como hoje, as expressões dos "genes", porquanto, no
laboratório das forças invisíveis, as células ainda sofriam longos
processos de acrisolamento, imprimindo-se-lhes elementos de astralidade,
consolidando-se-lhes as expressões definitivas, com vistas às
organizações do porvir.
Se a gênese do planeta se processara com a cooperação dos
milênios, a gênese das raças humanas requeria a contribuição do tempo,
até que se abandonasse a penosa e longa tarefa da sua fixação.

Estudos



As raças adâmicas

O SISTEMA DE CAPELA
Nos mapas zodiacais, que os astrônomos terrestres compulsam em
seus estudos, observa-se desenhada uma grande estrela na Constelação
do Cocheiro, que recebeu, na Terra, o nome de Cabra ou Capela. Magnífico
sol entre os astros que nos são mais vizinhos, ela, na sua trajetória pelo
Infinito, faz-se acompanhar, igualmente, da sua família de mundos,
cantando as glórias divinas do Ilimitado. A sua luz gasta cerca de 42 anos
para chegar à face da Terra, considerando-se, desse modo, a regular
distância existente entre a Capela e o nosso planeta, já que a luz percorre
o espaço com a
velocidade aproximada de 300.000 quilômetros por segundo.
Quase todos os mundos que lhe são dependentes já se purificaram
física e moralmente, examinadas as condições de atraso moral da Terra,
onde o homem se reconforta com as vísceras dos seus irmãos inferiores,
como nas eras pré-históricas de sua existência, marcham uns contra os
outros ao som de hinos guerreiros, desconhecendo os mais comezinhos
princípios de fraternidade e pouco realizando em favor da extinção do
egoísmo, da vaidade, do seu infeliz orgulho.

UM MUNDO EM TRANSIÇÕES
Há muitos milênios, um dos orbes da Capela, que guarda muitas
afinidades com o globo terrestre, atingira a culminância de um dos seus
extraordinários ciclos evolutivos.
As lutas finais de um longo aperfeiçoamento estavam delineadas,
como ora acontece convosco, relativamente às transições esperadas no
século XX, neste crepúsculo de civilização.
Alguns milhões de Espíritos rebeldes lá existiam, no caminho da
evolução geral, dificultando a consolidação das penosas conquistas
daqueles povos cheios de piedade e virtudes, mas uma ação de
saneamento geral os alijaria daquela humanidade, que fizera jus à
concórdia perpétua, para a edificação dos seus elevados trabalhos
As grandes comunidades espirituais, diretoras do Cosmos,
deliberam, então, localizar
aquelas entidades, que se tornaram pertinazes no crime, aqui na Terra
longínqua, onde aprenderiam a realizar, na dor e nos trabalhos penosos do
seu ambiente, as grandes conquistas do coração e impulsionando,
simultaneamente, o progresso dos seus irmãos inferiores.

Jorge Aragão Papel de Pão

Tumblr




Programas que amamos


Programa Além da Matéria
Vai ao AR: 
segunda-feira - 14:00
Robson Pinheiro, Marcos Leão e Leonardo Möller esclarecem assuntos da mediunidade e do plano espiritual trazidas pelos espíritos. Informações importantes que nos fazem repensar a nossa relação com o plano extramaterial. Temas de livros, palestras e assuntos abordados na mídia, desmistificando ou ressignificando as dimensões da vida.
O retorno  OUÇA
A equipe do programa retorna de férias, comenta das atividades realizadas durante o período, passa dicas de planejamento espiritual e fala a respeito dos diversos pontos de vista dentro do espiritismo.

Noticias do Meio


Homenagens em Santa Maria com "minuto de barulho"

Centenas de amigos e parentes de vítimas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), se reuniram na manhã desta quarta-feira, dia em que a tragédia completa um mês, para fazer "um minuto de barulho".
A homenagem às vítimas começou às 8h com um “buzinaço” pelas ruas da cidade e uma longa salva de palmas que durou três minutos.
Em seguida, os familiares se abraçaram. O ato terminou com um Pai-Nosso coletivo sendo rezado no centro da praça.
Irmão João de Deus, Kátia Casellato - Carta recebida no Centro espírita CEAMA dia 05/02/2013- São Paulo-SP
"As mães de Santa Maria...
Venho por meio desta esclarecer que o trabalho a ser realizado é muito grande. O evento que lhes ocorreu atingiu proporções inimagináveis.
O Brasil e o mundo se comoveu com tamanha dor. Seus filhos, jovens e cheios de sonhos foram como que arrancados de junto do seio de suas famílias e amigos, tamanha dor não pode existir para uma mãe. É como que se um pedaço de seus corações fosse arrancado.
Peço minhas queridas e abençoadas mães, tanto as que perderam seus filhos, quanto aquelas que observam sem nada poderem fazer, seus filhos em um leito de hospital, que tenham fé em Deus. Nada que acontece, ocorre por acaso. Aos culpados pela irresponsabilidade cabe a justiça do s homens.
A vocês e vossos adorados filhos caberá à misericórdia divina. Orem, chorem se precisarem, mais acreditem que isso não é o fim.
Os jovens, em sua maioria, ingressariam na universidade. Agora eles irão frequentar a escola divina do Pai-maior.
Todos foram socorridos e amparados. Recebem orações e iluminação de todas as partes do planeta.
Só ao Pai cabe julgar quem irá curar-se e quem seguirá o caminho da luz eterna.
Sei minhas queridas mãezinhas, que neste momento a dor e o rancor as assola. Procure manterem-se fiéis a crença que abraçaram, elas costumam ajudar muito nestas horas difíceis. Deus não as esqueceu, Ele sempre ampara, mesmo quando nos vemos envolvidos em uma tragédia que jamais imaginaríamos que pudesse acontecer conosco.
Mãezinhas, lembrem-se de cada sorriso de seus filhos, lembrem-se dos momentos felizes. Não mentalizem-nos em momentos de sofrimento e procurem sempre elevar seus corações em prece. N ão há nada que possa ser mais forte do que o amor materno, mais Deus em sua bondade infinita e inigualável poderá renovar suas esperanças e sua fé.

Não acreditem que aquele evento foi um término, apenas uma separação temporária e necessária. As famílias sempre estão juntas, seja em corpo ou espírito e logo todos estarão juntos novamente.
Não a toa esse evento ocorreu em uma cidade que leva o nome da mãe de Cristo. Ela bem sabe a dor de perder seu filho na cruz. Ela lhes amparará sempre.
Quando a saudade apertar muito forte, olhem para o alto e peçam a Deus e a Virgem Maria que a luz divina possa envolver seus filhinhos amados;
Não acreditem que a vida se encerra em um piscar de olhos.
As correntes de Maria estão amparando todos os que permanecem internados e em estado grave. Acreditem minhas queridas mãezinhas, o Pai Maior tem um propósito e Ele sabe o melhor para nós. Essa é uma oportunidade ideal para grandes transformações e ninguém passa por ela sem mudanças, portanto transformem esse sofrimento em bênçãos e iluminação para que possam elevar vossos espíritos.
Fiquem em paz, continuem orando e recordando os bons momentos. Isso dá força para os espíritos de seus filhinhos possam conquistar a tão desejada paz e conquistem o entendimento de tudo que ocorreu e que cada qual ali envolvido encontravam-se em resgate, provas e principalmente necessitavam reavaliar seus valores mais profundos.
Transformem suas lágrimas em ação, muitos ainda precisam de todo amor que possam carregar.
FAÇAM POR SEUS FILHOS...
Espero que essa carta chegue as mãezinhas amadas de Santa Maria
Graças a Deus"

Destaque Sonoro - Depressão

Noticias do meio


Retornou a pátria espiritual o médium Celso Afonso

Desencarnou dia 26 de fevereiro, às 4h, em Uberaba (MG), aos 72 anos de idade, o médium Celso de Almeida Afonso, amigo de Francisco Cândido Xavier.
Nascido em Araxá (MG), em 5 de agosto de 1940, Celso Afonso, como era mais conhecido, foi levado ao Espiritismo por Chico Xavier, que também revelou a ele sua missão como psicógrafo.
Celso recebia semanalmente, no Centro Espírita Aurélio Agostinho, onde trabalhava um grande número de pessoas em busca de notícias de seus afetos desencarnados. Muitas dessas mensagens que psicografou estão reunidas em diversos livros.
Em 40 anos  psicografou 35 livros e quase 21 mil cartas para familiares que o procuravam para ter contato com parentes desencarnados.
Celso Afonso estava enfrentando o desafio de um câncer no esôfago.
Contamos com as preces de todos em favor do amigo que cumpriu seu dever com sua presença entre nós. Que Deus o ampare!!

Noticias do Meio


Dia Estadual da Educação Espírita

O Dia Estadual da Educação Espírita que acontece no primeiro domingo de março será comemorado no próximo dia 3 das 8h30 às 12h30, na sede da Federação Espírita do Estado da Bahia.
Neste ano o evento comemorativo estará sendo realizada e celebrada por três coordenadorias federativas: CIJ, ESDE e Setor Doutrinário (CAD) que estarão juntamente com seus colaboradores e demais participantes presentes refletindo sobre a proposta de Educação Espírita considerando a sua aplicação nos diversos setores da casa espírita, a exemplo das áreas relacionadas com cada uma dessas coordenadorias.
Marcus Welby apresentará a palestra com o tema “Allan Kardec e a Educação das Novas Gerações” e “A proposta Heurística da Educação Espírita – experiências pioneiras” por Ruth Brasil Mesquita.
Para mais informações acesse: www.cij-feeb.blogspot.com
Confira a programação do evento:
Das 08h30 às 8h50: Recepção e prece inicial
Das 09h00 às 10h00: Palestra com Marcus Wlby falando sobre: “Allan Kardec e a Educação das Novas Gerações” 
(A exposição a ser apresentada situa o codificador da Doutrina Espírita e sua contribuição para o processo de educação das novas gerações, desde as suas reencarnações anteriores. Em seguida demonstra as propostas contidas na Filosofia Espírita da Educação e o processo pedagógico de evolução do espírito, ressaltando as características de Allan Kardec como educador e pesquisador que permitiram o entendimento e a divulgação dos conhecimentos apresentados pelos espíritos superiores que viriam a alavancar o processo de regeneração intelecto-moral da humanidade.)
Das 10h00 às 10h30: Haverá um intervalo
10h30 às 12:00 – Ruth Brasil Mesquita apresenta a palestra “A Proposta Heurística da Educação Espírita – Experiências Pioneiras” 
(A exposição apresentará a proposta heurística da Educação Espírita e as principais experiências bem sucedidas de aplicação dessa proposta visando promover e implementar os processo pedagógicos para a educação e consequente evolução do espírito.)
12h00 às 12h30: Perguntas e respostas e Encerramento

Papo de Varanda



Uma boa tarde a todos, muitas saudades não é mesmo...?
Tive diversas vezes perto de vocês, vendo suas lutas e dificuldades, fases do dia a dia, analisando a falta de paciência de todos.
Bom, não quero começar a conversar pesado assim...,mas como todos sabem que em meus momentos de folga estou aí diretamente com vocês, se bem que não é tão fácil assim, precisar consentir várias coisas como a minha própria folga e os grupos que para Terra vão, me encaixo em um desse e vou encaixando uma coisa com a outra.
Paciência; com o ente querido, minha gente, essas pessoas que estão ao lado de vocês, não estão a toa e logo depois que a perdemos, sentimos muita falta e ficamos pensando nesses momentos em que estivemos juntos.
Saúde; em muitos que eu fui analisei a falta de cuidado com a mesma e depois ficam como verdadeiras crianças chorando e pedindo ajuda, alimentação é fundamental para o bom funcionamento do corpo.
Clima do Ambiente; É a forma em que seus pensamentos conduzem seus lares, todos os ambientes do seu lar são alimentados por seu dono. Conservem o quarto limpo, sem entradas de outras energias que não seja a de ser preparar, se vestir e dormir. A sala é o mais diversificado, pois na maioria das vezes se encontram as Tv’s que trazem um mar de noticias, informações e etc...
Esses exemplos de “Climas” que estou dando, vocês podem perceber quando estão na rua, em uma fila bancária, no trabalho, em uma clínica ou até mesmo em um hospital, vocês percebem como os climas são diferentes. Muitas das vezes quando estamos no trabalho, estamos cansados e cheios de dores, só em sair do ambiente do trabalho um pouco a caminho de casa, já podemos perceber um pequeno alívio em muitas das vezes um grande alívio. Isso não quer dizer que não queremos mais trabalhar, que tem obsessor e etc...
E sim ,nossas energias daquele dia já estão a se esgotar, por diversos motivos como o próprio corpo demostrando cansaço, energias e pensamentos de outros que passaram em nosso caminho naquele dia, “energias sugadoras” do próprio ambiente de onde passou e assim vai....
Recuperamos, quando mudamos de ambiente, na maioria das vezes ela só se completa ao adormecer, mas existem diversas maneiras dessa energia se estabelecer aos poucos até o momento de dormir, são aqueles momentos que estamos finalmente com quem amamos depois de horas de espera; Filhos, pais, esposos, irmãos e etc...
Daí pode perceber o quanto é importante o nosso ambiente, nossa casa, nosso lar...
Às vezes quando estou perto de vocês e sinto essa falta de paciência podendo gerar ainda mais enfermidades, meus amores, estamos fadados à perfeição, ao bem, tudo o que nos ocorre é para o nosso bem, mesmo que não entendemos de imediato esses irmãos que estão ao nosso lado, o tempo nos mostrará que foi, é e será para nosso aperfeiçoamento.
Ambiente em que vocês separam para orações ou simplesmente descanso e concentrações, é lá que estou a olhar por vocês, é para lá que consigo enviar melhor meus recursos para ajuda-los.
Quero agradecer o carinho com que estão tendo com os estudos, escolhi um livro bem especial e de fácil absolvição para que todos possam compreender melhor que nossa divulgação percorra bastantes lares, conto com vocês!!!
Estou com vocês sempre, frequentando os hospitais, para quem eu digo isso sabe de que estou falando, estou ao seu lado sim, te ouço sim!!!
Agradecer os pensamentos bondosos, também vou em outras colônias levar os recadinhos de vocês, como podem ver, aqui vivo bem ocupada e quando estou de folga e posso...,estou aí com vocês nas dificuldades, na condução ,nos momentos de silêncio e nos lugares a onde os belos corações de meus amigos se sentem aflitos.
Só tenho a agradecer esse enorme carinho e amor que tenho recebido!!!
Ah...,como poderia esquecer, nessa semana chegou uma amiga muito especial e divertida, vou chama-la de “D° Margarida”, ela é vovó de uma leitora, desencarnou a pouco tempo e veio para bem aqui nas alas em que trabalho, quando a vir fui logo lá para dar as boas vindas.
Disse: Seja bem vinda, D° Margarida, como estar se sentindo...?
Ela: É minha filha, acho que não estou mais viva não é mesmo...,isso vai dar uma confusão lá em casa...
Eu: Não pense nisso, estar viva sim ué, não estar à conversar comigo?
Ela: Você parece me conhecer bem, é um dos anjos de Deus que tudo sabe?
Eu: Não D°Margariada, não sou anjo, rsrsrsrs, conheço sua neto e se te contasse como acho que não entenderia...,rsrsrsrs
Ela: Não me lembro de vê-la como amiga de uma de minhas netas...
Eu: Bom estamos em uma colônia ,lugar a onde refletimos antes de voltarmos as nossas lutas terrenas, na Terra existem médiuns mas evoluídos que conseguem captar um pouco daqui, como psicografias, piscodatilografias, passes e outras mediunidades...
Vivia na Terra assim como você e desencarnei como você. Ao chegar aqui aprendi varias coisas inclusive a ter contato lá na Terra e lá escrevo em um blog e sua neta “Miranda” é uma leitora desse blog e passei a acompanhar e ajudar meus leitores entre outros, assim vir você lá encarnada e sua doença progredir, Miranda triste e eu a acalentar, mas em seu lar tinha toda uma equipe espiritual já preparada para o que iria ocorre seu desencarne, então só acalentava minha amiga, até que chegou o dia de hoje vir a senhora aqui e vim vê-la.
Ela: É minha filha você tinha razão quando disse que não entenderia....rsrsrsrs
Eu: Rsrsrsrsrs, bom descanse só quero que saiba que estar entre amigos.
Ela: E meu tratamento e todos os remédios com horários, agora que morri....
Eu: Ainda tomaras alguns...,só que de outra forma, D°Margarida adorei conversar com você, na Terra em suas dores, não percebia o quanto era alto astral, logo seu médico vira e lhe esclarecerá outras coisas, se todos os desencarnes fosse com esse “entendimento”, pouparia muitas coisas.
Ela: Você vai voltar para me ver?
Eu: Sim, não trabalho nessa ala, mas virei lhe ver, sua recuperação e trazer noticias de sua neta, até....
Ela: Que Deus lhe abençoe minha filha.
Bom é isso “Miranda”, sua vovó estar aqui bem pertinho de mim e ela é bem alto astral.
Deixa-me para por aqui, pois esse papo está virando livro.
Só tenho a agradecer esse carinho imenso que recebo de vocês em pensamentos, agora essa resposta imediata nos estudos, nossa como estou impressionada, meus amores, divulguem mais nossos estudos, precisamos fazer isso em prol do espiritismo no Brasil, existe diversas duvidas e controversas em nossa doutrina e pregaremos aqui o espiritismo raiz a essência, sem misturas, agora se outras pessoas quiserem misturar sintam-se à-vontade, o espiritismo e racional e livre, independente das escolhas não importa, apenas colocarei em nossos estudos a essência a raiz do estudos para duvidas reais.
Conto com vocês nessa divulgação!!!
Beijão no coração de todos.
Isabelle Quintanilhar

Noticias do Meio


Otimismo

Muitas vezes a tristeza e o desânimo tendem a surgir e a tomar conta do humor de muitas pessoas.
A tristeza perturba, desanima e desencoraja, fazendo com que objetivos e metas deixem de serem executados com sucesso. Ela atrasa a felicidade e a evolução moral, é a chaga de muitas pessoas.
Muitas são as causas da tristeza e motivos pessoais no íntimo de cada ser.
Devemos lutar e não deixar que ela nos vença.
Diante das dificuldades acreditar sempre, tendo fé.
Não esmorecer ante ao desanimo e a falta de vontade, devemos levantar e seguir a diante, lembrando sempre que a colheita será de acordo com as ações plantadas.
Lembrando sempre que somos nós os responsáveis por nosso estado de espírito e que o problema do outro pode ser, e por vezes o é, muito maior do que os nossos.
Jesus em sua caminhada pela Terra, não foi bem aceito e passou por muitas dificuldades, nem por isso esmoreceu.
 “Oportunamente, descobrirás que, enquanto te esqueceste da própria dor, lenindo a dos outros, superaste-a em ti, conseguindo a plenitude da felicidade, que agora te rareia.”
Joanna de Ângelis

Noticias do Meio


Rio de Janeiro inaugura primeira UFA!, novo mictório publico.

UFA! foi criada para diminuir o número de pessoas urinando nas ruas. (Foto: AE)

Será inaugurado nesta terça-feira (26) o novo modelo de mictório masculino público da cidade do Rio de Janeiro. Idealizado pelo prefeito Eduardo Paes e batizado de UFA! (Unidade Fornecedora de Alívio), o equipamento faz parte de um projeto piloto da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos.

A primeira estação de alívio foi instalada na calçada da Rua Bento Ribeiro, na Central do Brasil, no centro da capital carioca. O mictório possui ligação com a rede de esgoto e foi equipado com uma válvula responsável por impedir retorno do odor das galerias para a superfície.

Além disso, o sistema não utiliza água corrente, e poderá ser usado sem custos. O usuário que entrar na UFA! Ficará de costas para o público e terá sua privacidade preservada por chapas de metal.

Apesar da praticidade, o equipamento não conta com uma pia. Desta forma, o cidadão deverá que procurar outro local caso deseje lavar as mãos. A medida foi adotada após os constantes casos de foliões urinando nas ruas durante o feriado de carnaval no Rio de Janeiro.

Abrindo a biblia

Estudos




OS ANTEPASSADOS DO HOMEM
O reino animal experimenta as mais estranhas transições no período
terciário, sob as influências do meio e em face dos imperativos da lei de
seleção.
Mas, o nosso raciocínio ansioso procura os legítimos antepassados
das criaturas humanas, nessa imensa vastidão do proscênio da evolução
anímica.
Onde está Adão com a sua queda do paraíso? Debalde nossos olhos
procuram, aflitos, essas figuras legendárias, com o propósito de localizálas
no Espaço e no Tempo. Compreendemos, afinal, que Adão e Eva
constituem uma lembrança dos Espíritos degredados ria paisagem
obscura da Terra, como Caim e Abel são dois símbolos para a
personalidade das criaturas.
Examinada, porém, a questão nos seus prismas reais, vamos
encontrar os primeiros antepassados do homem sofrendo os processos de
aperfeiçoamento da Natureza. No período terciário a que nos reportamos,
sob a orientação das esferas espirituais notavam-se algumas raças de
antropóides, no Plioceno inferior. Esses antropóides, antepassados do
homem terrestre, e os ascendentes dos símios que ainda existem no
mundo, tiveram a sua evolução em pontos convergentes, e daí os
parentescos sorológicos entre o organismo do homem moderno e o do
chimpanzé da atualidade.
Reportando-nos, todavia, aos eminentes naturalistas dos últimos
tempos, que examinaram meticulosamente os transcendentes assuntos do
evolucionismo, somos compelidos a esclarecer que não houve
propriamente uma "descida da árvore", no início da evolução humana.
As forças espirituais que dirigem os fenômenos terrestres, sob a
orientação do Cristo, estabeleceram, na época da grande maleabilidade
dos elementos materiais, uma linhagem
definitiva para todas as espécies, dentro das quais o princípio espiritual
encontraria o processo de seu acrisolamento, em marcha para a
racionalidade.
Os peixes, os répteis, os mamíferos, tiveram suas linhagens fixas de
desenvolvimento e o homem não escaparia a essa regra geral.




A GRANDE TRANSIÇÃO
Os antropóides das cavernas espalharam-se, então, aos grupos, pela
superfície do globo, no curso vagaroso dos séculos, sofrendo as
influências do meio e formando os pródromos das raças futuras em seus
tipos diversificados; a realidade, porém, é que as entidades espirituais
auxiliaram o homem do sílex, imprimindo-lhe novas expressões biológicas.
Extraordinárias experiências foram realizadas pelos mensageiros do
invisível. As pesquisas recentes da Ciência sobre o tipo de Neanderthal,
reconhecendo nele uma espécie de homem bestializado, e outras
descobertas interessantes da Paleontologia, quanto ao homem fóssil, são
um atestado dos experimentos biológicos a que procederam os prepostos
de Jesus, até fixarem no "primata" os característicos aproximados do
homem futuro.
Os séculos correram o seu velário de experiências penosas sobre a
fronte dessas criaturas de braços alongados e de pelos densos, até que
um dia as hostes do invisível operaram uma definitiva transição no corpo
perispiritual preexistente, dos homens primitivos, nas regiões
siderais e em certos intervalos de suas reencarnações.
Surgem os primeiros selvagens de compleição melhorada, tendendo
à elegância dos tempos do porvir.
Uma transformação visceral verificara-se na estrutura dos
antepassados das raças humanas.
Como poderia operar-se semelhante transição? Perguntará o vosso
critério científico.
Muito naturalmente.
Também as crianças têm os defeitos da infância corrigidos pelos
pais, que as preparam em face da vida, sem que, na maioridade, elas se
lembrem disso.

Visão Social - 384 Bloco A - Intolerância religiosa

Renato Russo - La Solitudine (Homenagem ao amigo Evamar Caetano)

Estudos




OS ENSAIOS ASSOMBROSOS
Nessa altura, os artistas da criação inauguram novos períodos
evolutivos, no plano das formas.
A Natureza torna-se uma grande oficina de ensaios monstruosos.
Após os répteis, surgem os animais horrendos das eras primitivas.



A CAMINHO DA LUZ
Os trabalhadores do Cristo, como os alquimistas que estudam a
combinação das substâncias, na retorta de acuradas observações,
analisavam, igualmente, a combinação prodigiosa dos complexos
celulares, cuja formação eles próprios haviam delineado, executando, com
as suas experiências, uma justa aferição de valores, prevendo todas as
possibilidades e necessidades do porvir.
Todas as arestas foram eliminadas. Aplainaram-se dificuldades e
realizaram-se novas conquistas. A máquina celular foi aperfeiçoada, no
limite do possível, em face das leis físicas do globo. Os tipos adequados à
Terra foram consumados em todos os reinos da Natureza, eliminando-se
os frutos teratológicos e estranhos, do laboratório de suas perseverantes
experiências. A prova da intervenção das forças espirituais, nesse vasto
campo de operações, é que, enquanto o escorpião, gêmeo dos crustáceos
marinhos, conserva até hoje, de modo geral, a forma primitiva, os animais
monstruosos das épocas remotas, que lhe foram posteriores,
desapareceram para sempre da fauna terrestre, guardando os museus do
mundo as interessantes reminiscências de suas formas atormentadas.

Skank - Indignação

O que acontece quando uma pessoa mata um animal?

Estudos


Casamento

O estado de natureza é a união livre e fortuita dos sexos. O casamento constitui um dos primeiros atos de progresso nas sociedades humanas, porque estabelece a solidariedade fraterna e se observa entre todos os povos, se bem que em condições diversas. A abolição do casamento seria, pois, regredir à infância da Humanidade e colocaria o homem abaixo mesmo de certos animais que lhe dão o exemplo de uniões constantes."
"Mas, na união dos sexos, a par da lei divina material, comum a todos os seres vivos, há outra lei divina, imutável como todas as leis de Deus, exclusivamente moral: a lei de amor. Quis Deus que os seres se unissem não só pelos laços da carne, mas também pelos da alma, a fim de que a afeição mútua dos esposos se lhes transmitisse aos filhos e que fossem dois e não um somente, a amá-los, a cuidar deles e a fazê-los progredir. Nas condições ordinárias do casamento, a lei de amor é tida em consideração? De modo algum. Não se leva em conta a afeição de dois seres que, por sentimentos recíprocos, se atraem um para o outro, visto que, as mais das vezes, essa afeição é rompida. O de que se cogita, não é da satisfação do coração e sim da do orgulho, da vaidade, da cupidez, numa palavra: de todos os interesses materiais. (...)
(...) Nem a lei civil, porém, nem os compromissos que ela faz se contraiam podem suprir a lei de amor, se esta não preside à união, resultando, freqüentemente, separarem-se por si mesmos os que à força se uniram (...). Daí as uniões infelizes, que acabam tornando-se criminosas, dupla desgraça que se evitaria se, ao estabelecerem-se as condições do matrimônio, se não abstraísse da única que sanciona aos olhos de Deus: a lei de amor. (...)"
"Será então supérflua a lei civil e dever-se-á volver aos casamentos segundo a Natureza? Não, decerto. A lei civil tem por fim regular as relações sociais e os interesses das famílias, de acordo com as exigências da civilização; por isso, é útil, necessária, mas variável. Deve ser previdente, porque o homem civilizado não pode viver como selvagem; nada, entretanto, nada absolutamente se opõe a que ela seja um corolário da lei de Deus. (...)"
"Caracteriza-se o estado moral de um povo pelas uniões da sexualidade, que se fazem rápidas, em decadência, ou demoradas, num processo de ascensão tipificando a emotividade que rege a convivência ética das criaturas.
Nesse sentido, o matrimônio tem papel preponderante na formação da comunidade. (...)"
Se a união das pessoas pelos laços do casamento é precedida por interesses materiais, pelo furor das paixões ou pelo jogo das conveniências, é uma realidade destinada ao fracasso, visto que a lei de amor não foi cogitada.
Tais ligações, com o passar do tempo, após as ilusões dos primeiros momentos, permitirão que entre os consortes se estabeleçam antipatias mútuas que, com o desgaste natural, cristalizar-se-ão em relações inamistosas.
A satisfação pura e simples dos instintos, no matrimônio, leva os cônjuges "(...) a uma saturação recíproca e a um isolacionismo, que logo deterioram o relacionamento conjugal, fazendo que o matrimônio decline e degrade.
Indispensável construir uma consciência responsável por meio da educação moral, doméstica e social das criaturas, para que o matrimônio mereça pelo menos um pouco mais de respeito, antes de se assumir o compromisso, que logo, por leviandade, se dissolverá. (...)"
"(...) Casamento é compromisso e compromisso gera, evidentemente, responsabilidade (...)", como nos fala Emmanuel. Antes de optarem por um passo tão sério, o homem e a mulher devem refletir maduramente, para que não venham a ser infelizes, fazendo, também, a infelicidade das pessoas a eles ligadas.
"(...) A grande vítima das uniões precipitadas (...) é a sociedade. E como a sociedade se constitui dos membros que se unem em torno do lar, a família, os filhos são os vitimados indefesos pela leviandade e precipitação dos adultos mal formados. (...)"
Os filhos necessitam de que seus pais dêem exemplos de moralidade, de devotamento e de equilíbrio. É fundamental que os cônjuges se compenetrem dos deveres perante si mesmos, perante a prole e perante Deus.
A lei de amor, que deve sempre reger as ligações matrimoniais, permite que as pessoas se procurem e se escolham, mas exige, também que se respeitem e que se apoiem ante as provas e dificuldades da vida.
Portanto, "o casamento ou a união permanente de dois seres, como é óbvio, implica o regime de vivência pelo qual duas criaturas se confiam uma à outra, no campo da assistência mútua. (...)
Imperioso, porém, que a ligação se baseie na responsabilidade recíproca, de vez que na comunhão sexual um ser humano se entrega a outro ser humano e, por isso mesmo, não deve haver qualquer desconsideração entre si. (...)
Os débitos contraídos por legiões de companheiros de Humanidade, portadores de entendimento verde para os temas do amor, determinam a existência de milhões de uniões supostamente infelizes, nas quais a reparação de faltas passadas confere a numerosos ajustes sexuais, sejam elos ou não acobertados pelo beneplácito das leis humanas, o aspecto de ligações francamente expiatórias, com base no sofrimento purificador. (...)"
"(...) Decorre daí a importância dos conhecimentos alusivos à reencarnação, nas bases da família, com pleno exercício da lei do amor nos recessos do lar, para que o lar não se converta, de bendita escola que é, em pouso neurótico, albergando moléstias mentais dificilmente reversíveis."
Compreende-se, repetimos, que "sem entendimento e respeito, conciliação e afinidade espiritual, torna-se difícil o êxito no casamento (...)" pois, "(...) por muito se nos impessoalizem os sentimentos, somos defrontados em família pelas ocasiões de provas ou de crises, em que nos inquietamos, gastando tempo e energia para" ver nossos filhos ou parentes "na trilha que consideramos como sendo a mais certa. (...)"
"O divórcio é lei humana que tem por objeto separar legalmente o que já, de fato, está separado. Não é contrário à lei de Deus, pois que apenas reforma o que os homens hão feito e só é aplicável nos casos em que não se levou em conta a lei divina. Se fosse contrário a essa lei, a própria Igreja seria obrigada a considerar prevaricadores aqueles de seus chefes que, por autoridade própria e em nome da religião, hão imposto o divórcio em mais de uma ocasião. E dupla seria aí a prevaricação, porque, nesses casos, o divórcio há objetivado unicamente interesses materiais e não a satisfação da lei de amor.
Mas, nem mesmo Jesus consagrou a indissolubilidade absoluta do casamento. Não disse ele: "Foi por causa da dureza dos vossos corações que Moisés permitiu despedísseis vossas mulheres"? Isso significa que, já ao tempo de Moisés, não sendo a afeição mútua a única determinante do casamento, a separação podia tornar-se necessária. Acrescenta, porém: "no princípio não foi assim", isto é, na origem da Humanidade, quando os homens ainda não estavam pervertidos pelo egoísmo e pelo orgulho e viviam segundo a lei de Deus, as uniões, derivando da simpatia, e não da vaidade ou da ambição, nenhum ensejo davam ao repúdio. (...)"

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org