Bom Desfile Tradição

União de Jacarepaguá 2013 - Versão CD Oficial

Bom desfile União de Jacarepaguá



Acorda Brasil! Nióbio: Brasil 98 X 2 Canadá

Aurora ta Ligada no Carnaval,(Aurora Carnaval Legal)


Psy, Claudia Leitte e Sabrina Sato dançam juntos em Salvador

Cantor sul-coreano passou sexta-feira (8) conhecendo a folia baiana. 
Psy animou os foliões no bairro de Ondina, depois de show na Barra.

Psy (Foto: Ronaldo Silva/G1)Psy dança com Sabrina Sato e Claudia Leitte em Salvador (Foto: Ronaldo Silva/G1)












O rapper sul -coreano Psy dançou com Claudia Leitte e Sabrina Sato em Ondina, fim do circuito Dodô, em Salvador. Claudia Leitte parou o trio em frente ao seu camarote e animou os foliões. Eles dançaram juntos o hit "Largadinho" e "Gangnam Style".
psy (Foto: Ruam Melo / G1)Psy canta hit famoso em Ondina (Foto: Ruan Melo / G1)
claudia leitte (Foto: Ruan Melo / G1)Claudia Leitte dança com Psy no fim do circuito (Foto: Ruan Melo / G1)
Psy e Sabrina Sato subiram no trio da artista na Barra, meio do percurso. Ao subir no trio Psy dançou a canção "Extravasa", hit de Claudia Leitte. Ainda na Barra, o sul-coreano gritou para o público: "Sai do chão", em português. Na sequência, ele rebolou e dançou a música de trabalho de Claudia Leitte, "Largadinho".
psy e claudia leitte (Foto: Ronaldo Silva / G1)Psy e Claudia Leitte dançam em trio (Foto: Ronaldo Silva / G1)
psy dança em trio (Foto: Ronaldo Silva / G1)Psy dança em trio (Foto: Ronaldo Silva / G1)
psy (Foto: Ronaldo Silva / G1)Psy dança em cima de trio (Foto: Ronaldo Silva / G1)
Coletiva
Mais cedo, o dono do hit "Gangnam Style", sucesso do Youtube, conversou com os jornalistas no Hotel Boulevard Mercure, no bairro de Tancredo Neves. "Carnaval é uma doideira e eu vim aqui para colocar lenha na fogueira", disse durante o bate-papo.
Quando chegou em Salvador, Psy logo postou uma foto na sua conta do Twitter dizendo: "Hello, Salvador". Durante a conversa com os jornalistas, o rapper comentou que lembrou dos filhos logo que chegou à capital baiana. "Assim que eu cheguei três lindas crianças vieram falar comigo. Eu lembrei dos meus tês filhos", disse o cantor, que emendou: "Sou casado".
psy e gilberto gil (Foto: Ronaldo Silva / G1)psy e gilberto gil (Foto: Ronaldo Silva / G1)
Segundo a assessoria de Claudia Leitte, Psy vai cantar também em um palco montado no camarote da artista baiana, que fica em Ondina, já perto do fim do circuito.
Vinda para o Brasil
A vinda do cantor ao Brasil no carnaval foi confirmada no dia 31 de janeiro, em comunicado da empresa Gilette, que patrocina a viagem do artista. "Psy agitará o carnaval da capital baiana na sexta-feira (8) e deve, ainda, passar pelo Rio de Janeiro no sábado (9)", anunciou a empresa.

"Está é a primeira vez que venho ao Brasil em minha vida. Minha primeira impressão de um estrangeiro como eu é de que o brasileiro é paixão", disse. Ele foi apresentado ao público por Sabrina Sato e pelas e das gêmeas Bia e Branca. Até as15h56, a cantora Claudia Leitte não tinha aparecido na coletiva.
Durante o bate-papo com os jornalistas, o cantor diz estar trabalhando em uma nova música, que será lançada em abril, e torce para que seja melhor do que o hit "Gangnam Style". Momentos antes, a produção do evento foi vaiada quando repórteres de diversos veículos do Brasil aguardavam a coletiva, que estava marcada para começar às 14h e só começou às 15h50 (horário da Bahia).
Ao ver a ex-BBB dançar, Psy disse que achava o jeito dos brasileiros. " O jeito de vocês dançarem é muito divertido. Você fica muito diferente dançando do que quando está quieta", disse sobre Sabrina.
O rapper sul-coreano PSY durante coletiva de imprensa (Foto:  Leogump Carvalho/Frame/Folhapress)O rapper sul-coreano Psy durante coletiva de imprensa (Foto: Leogump Carvalho/Frame/Folhapress)
O cantor sul-coreano Psy durante encontro com a imprensa, em Salvador, dança com Sabrina Sato. (Foto: Leogump Carvalho/Frame/Folhapress)O cantor sul-coreano Psy durante encontro com a imprensa, em Salvador, dança com Sabrina Sato. (Foto: Leogump Carvalho/Frame/Folhapress)

Baianidade Nagô

Bom Desfile Porto da Pedra !

Olha o Tigre!


Noticias do Meio


Crie a sua miniatura em 3D

Já é Possível Criar Uma Miniatura Idêntica a Você! Saiba Como!


Por  
Miniaturas. (Fotos: Divulgação)Já imaginou se, em vez de fotografias digitais ou impressas em papel você tivesse espalhado pela casa mini bonecos de você ou da sua família? Sim, isso já é possível!
A empresa Japonesa Omote 3D avança em nível fotográfico, sendo a primeira a oferecer retratos em 3D. Essa nova técnica foi desenvolvida em Tóquio, no laboratório criativo Party, que conta com a colaboração de Rhizomatiks e Engine Film.
Segundo a empresa, ela disponibiliza uma cabine especial, com câmera e impressora 3D para produzir as "miniestátuas" dos fotografados, que podem ser tiradas individualmente ou em grupo. Dentro dessa cabine é preciso que o alvo fotografado fique posicionado por cerca de 15 minutos para ser escaneado. Logo depois, é necessário aguardar o processamento dos dados. Assim que o processo for concluído, ele leva cerca de 1 mês para a estatueta ficar pronta, em três dimensões, com um nível de qualidade e detalhes impressionante e com tamanhos de 10, 15 e 20 centímetros, chegando a custar de R$ 530,00 a R$ 1.060,00.
Devido ao tempo em que deve ficar imóvel, a Omote 3D não indica esse tipo de retrato a crianças menores de 6 anos ou animais. Apesar de genial, essa técnica ainda só é disponível na sede no Japão. Confira mais detalhes no site www.omote3d.com .
E você, o que achou dessa nova técnica fotográfica japonesa?

Noticias do Meio



Chocolate vendido nos EUA contém pedaços de barata

Uma pesquisa feita nos EUA pela FDA (Food and Drug Agency, a Vigilância Sanitária Americana) chegou a uma conclusão um tanto desagradável. Sua alergia a chocolate pode ser causada por pedaços de baratas e outros insetos nas barras vendidas nos EUA.
Segundo reportagem da jornalista Lauren Torrisi para o site da emissora ABC, grande parte dos americanos alérgicos ao chocolate, tem alergia, na verdade, aos fragmentos de insetos presentes nas guloseimas. Segundo os padrões da FDA, cada barra pode conter até 60 pedacinhos de inseto.
As baratas circulam livremente nos galpões onde a matéria prima do chocolate é armazenada. Quando esse cacau segue para as fábricas de chocolate, ele é moído e as "bichinhas" entram na mistura que produz o seu doce.
Outro alimentos como macarrão, frutas, queijo, pipoca e trigo também podem conter este material. Segundo Morton Teich, médico alergista consultado pela ABC, não há razão para deixar de consumir chocolate ou qualquer desses outros alimentos.
No Brasil, a Anvisa é ainda mais rígida em relação aos padrões de qualidade dos chocolates: só é permitido um pedaço de inseto por cada 100g do produto. Em 2007, o órgão testou os ovos de Páscoa e os resultados do teste podem ser vistos neste link. (vi no LifeLittleMysteries)
Foto: Flickr/vipez

Noticias do Meio



USP está entre as 20 melhores universidades do mundo; veja ranking

SÃO PAULO – A USP (Universidade de São Paulo) é a melhor instituição de ensino da América Latina e a 19ª do mundo, segundo um ranking publicado pelo Webometrics (Ranking Web of World Universities).
O levantamento considera a produção e a publicação de conteúdo acadêmico das instituições na internet, observando o tamanho e a visibilidade da instituição, entre outros pontos. No ranking mundial, a USP está à frente de grandes universidades internacionais, como Princeton University, que ficou na 24ª posição, Michigan State University, 26ª, e University of Chicago, 39º lugar. Apesar da melhor colocação,
a Univesidade de São Paulo caiu quatro posições na colocação geral em 2013. No ano passado, a universidade ocupava a 15ª posição.
As cinco primeiras colocadas no ranking mundial foram a Harvard University, Stanford University, Massachusetts Institute of Technology, University of Michigan e University of Pennsylvania.
Em relação ao ranking latino-americano, a USP fica à frente de Universidad Nacional Autónoma de México, UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).
Universidades brasileiras
Apesar das universidades americanas, canadenses e inglesas serem maioria no ranking das 500 melhores universidades analisadas, instituições brasileiras tiveram boas colocações.
Atrás da USP, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul aparece na 129ª posição mundial, seguida pela Unicamp, 177ª, Universidade de Brasília (181ª), Universidade Federal de Santa Catarina (205ª), Universidade Federal do Rio de Janeiro (241ª), Universidade Federal de Minas Gerais (254ª), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (292ª) e a Universidade Federal Fluminense (312ª posição).
Mas é no ranking latino-americano que as universidades brasileiras se destacam e são maioria. Entre as 10 melhores colocadas, apenas três são de outros países: Universidad Nacional Autónoma de México (2ª posição), Universidad de Chile (7ª) e Universidad de Buenos Aires (8ª).
Top 20
Veja abaixo as 20 melhores universidades do mundo e as 20 melhores da América Latina.


20 melhores universidades da América Latina

InstituiçãoPaís
*Webometrics
Universidade de São Paulo (USP)Brasil
Universidad Nacional Autónoma de MéxicoMéxico
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)Brasil
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)Brasil
Universidade de Brasília (UNB)Brasil
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)Brasil
Universidad de ChileChile
Universidad de Buenos AiresArgentina
Universidade Federal do Rio de JaneiroBrasil
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)Brasil
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita FilhoBrasil
Universidade Federal FluminenseBrasil
Universidad Nacional de la PlataArgentina
Universidade Federal do ParanáBrasil
Universidad de Costa RicaCosta Rica
Universidade Federal da BahiaBrasil 
Universidad Nacional de ColombiaColômbia
Universidade Federal do CearáBrasil
Universidad Nacional de CordobaArgentina
Harvard UniversityEUA
Stanford UniversityEUA
Massachusetts Institute of TechnologyEUA
University of MichiganEUA
University of PennsylvaniaEUA
University of California Los Angeles (UCLA)EUA 
University of California BerkeleyEUA
Columbia University New York EUA 
Cornell UniversityEUA
University of Minnesota EUA 
Pennsylvania State UniversityEUA
University of Texas Austin EUA 
Yale UniversityEUA
University of CambridgeReino Unido
California Institute of Technology CaltechEUA
University of OxfordReino Unido
Duke UniversityEUA
University of Wisconsin MadisonEUA
Universidade de São Paulo (USP)Brasil
University of Illinois Urbana ChampaignEUA

Frase do Dia


Tumblr




Noticias do Meio



MISTÉRIO EM TORNO DO ESQUELETO DO REI RICARDO III CHEGA AO FIM
Mistério em torno do esqueleto do rei Ricardo III chega ao fim

Um grupo de investigadores da Universidade de Leicester, na Inglaterra, anunciou no começo desta semana que os restos humanos encontrados no ano passado em um estacionamento da desta cidade, no local onde estava uma igreja, são mesmo do famoso e polêmico rei Ricardo III, da Inglaterra.

Após sua morte, em 1485, durante a batalha de Bosworth Field, seu corpo desapareceu e o mistério em torno do seu paradeiro perdurou por vários séculos. A busca pelo restos do rei tornou-se uma obsessão para muitos investigadores. O fato, inclusive, serviu de inspiração para a clássica obra de William Shakespeare.

O mistério chegou ao fim graças a um exame de DNA, que confirmou que os restos mortais encontrados em Leicester são mesmo do monarca, último representante da casa Plantagenet e também último rei inglês a morrer em combate. A comparação foi feita com o material de um familiar distante da irmã de Ricardo III.

O achado se transformou em um dos mais importantes da arqueologia por conta do seu valor histórico. Devido ao excelente estado de conservação do esqueleto, os cientistas puderam fazer a reconstituição em 3D do rosto do monarca. De acordo com o modelo exibido, seu semblante parecia ser o de um homem amistoso, uma impressão bem diferente de um rei retratado pela história por ter sido tirado e temido.

Artigo relacionado

Universidade de Leicester

Vídeos sobre a descoberta




“NETOS POSTIÇOS” DO GOEBBELS, MINISTRO DE HITLER, SÃO HOJE BILIONÁRIOS
“Netos postiços” do Goebbels, ministro de Hitler, são hoje bilionários

Os descendentes “postiços” de Joseph Goebbels, ministro da propaganda de Adolf Hitler, são hoje bilionários, de acordo com uma investigação da Bloomberg. Esse imenso patrimônio, no entanto, não foi construído por Goebbels, mas pelo primeiro marido de sua esposa Magda, o avô biológico, Guenther Quandt.

Quandt era dono de várias indústrias que forneciam diversos tipos de produtos ao governo nazista, entre eles uniformes e armas. De acordo com o trabalho do professor de história Joachim Scholtyseck, entre 1940 e 1945, as fábricas da família Quandt tinham contavam com o trabalho de 50 mil pessoas – civis que realizavam trabalhos forçados, prisioneiros de guerra e trabalhadores de campos de concentrações. O estudo de Scholtyseck também indica que Quandt se apropriou dos ativos de empresários judeus. Após o término da Segunda Guerra Mundial, Guenther Quandt foi julgado como apoiador do regime nazista, mas sem estar formalmente envolvido com os crimes do regime.

Herber (filho do primeiro casamento de Guenther) e Harald (seu filho com Magda) herdaram a fortuna do pai, o que incluía a participação na empresa de carros Daimler. Mais tarde, eles compraram parte da BMW. A família de Herbert, que se casou três vezes e teve ao todo seis filhos, tornou-se a acionista majoritária da BMW após a década de 1960. Já as filhas de Harald (cinco ao total, porém uma morreu em 2005) tiveram uma participação menor nas ações da BMW, mas mesmo assim possuem fortuna avaliada em torno de US$ 6 bilhões pela Bloomberg.

Magda se divorciou de Guenther Quandt em 1929. Dois anos depois, ela casou com Joseph Goebbels. Depois que o partido nazista tomou o poder em 1933, o seu líder, Adolf Hitler, indicou Goebbels como o ministro da propaganda do Terceiro Reich. Hitler foi padrinho do casamento dos dois. Após a derrota da Alemanha na Segunda Guerra, Magda e Goebbels cometeram suicídio e, antes, envenenaram seus seis filhos, em 1945. Guenther Quandt morreu em 1957. Seus filhos também não estão mais vivos: Herbert morreu em 1982 e Harald em 1967, aos 45 anos, em um acidente de avião na Itália.

Um fato interessante é que uma das filhas de Harald, Colleen-Bettina Rosenblat-Mo, hoje designer de joias, se converteu ao judaísmo, em Nova York, aos 24 anos. Ela foi casada com Michael Rosenblat, um empresário judeu-alemão, cujo pai sobreviveu a um campo de concentração. Eles se divorciaram em 1997, e ela se casou depois com Frode Mo, unm jornalista norueguês.

Artigo relacionado

Bloomberg

Divaldo Franco: anjos protetores

Noticias do Meio



Menina de nove anos dá à luz no oeste do México

Uma criança de nove anos deu à luz um bebê de quase três quilos no oeste do México, informaram na terça-feira seus familiares e autoridades do estado de Jalisco, onde nasceu o bebê

"A menina tinha oito anos e meses quando ficou grávida. O pai é um jovem de 17 anos, mas não o encontramos porque fugiu", comentou a mãe da menor, que informou que as autoridades já foram notificadas e iniciaram uma investigação para localizar o responsável pelo ato.
"Queremos localizar o jovem que foi responsável para saber sua versão, porque ela não reconhece a transcendência de seus atos. Estamos com um pressuposto de estupro ou de abuso sexual infantil", explicou Jorge Villaseñor, agente do Ministério Público da promotoria local.
O nascimento ocorreu no dia 27 de janeiro no hospital de Zoquipan da capital de Jalisco, Guadalajara. Dafne, como foi identificada a jovem mãe, deu à luz uma menina de 2,7 kg e 50 cm.
Ambas receberam alta no fim de semana, aparentemente em boas condições de saúde, mas o hospital informou que acompanhará de perto o desenvolvimento do bebê devido a pouca idade de sua mãe.

Essa é "Das Arabias"



Cadela aprende a andar de wakeboard nos EUA

Duma, de 7 anos, treina três vezes por dia.
Prancha é controlada remotamente pelo seu dono.

A cadela Duma, de sete anos, surpreendeu nos EUA ao aprender a andar de wakeboard.

Duma, uma Jack Russell terrier, anda em uma prancha controlada por controle remoto por seu dono, Cliff Bode.
Devidamente vestida e protegida, ela treina três vezes por dia e vai participar de uma exposição de barcos em Vancouver, no Canadá, a partir desta quinta-feira (7).
Duma, de 7 anos, treina três vezes por dia. (Foto: AP)Duma, de 7 anos, treina três vezes por dia. (Foto: AP)
Duma também 'pilota' um barco, também controlado remotamente pelo dono (Foto: AP)Duma também 'pilota' um barco, também controlado remotamente pelo dono (Foto: AP)

Noticias do Meio


Conheça o maravilhoso e colorido mundo das lesmas-do-mar

Bióloga especialistas nas criaturas marinhas introduz grande variedade de espécies de moluscos marinhos.

A bióloga marinha Nathalie Yonow, da Universidade de Swansea, no País de Gales, empresta seus conhecimentos sobre os moluscos marinhos para guiar o leitor nesta viagem pelo maravilhoso mundo das lesmas-do-mar.

Muitas das espécies descritas são originárias do Mar Vermelho, mas também há algumas que podem ser encontradas em regiões dos oceanos Pacífico e Índico.
Os opistobrânquios, retratados aqui, constituem um grupo de animais marinhos que inclui as espécies conhecidas como lesmas-do-mar e borboletas-do-mar.
O grupo caracteriza-se pela concha muito reduzida ou inexistente e manto ausente.
Acredita-se que algumas delas possam ser úteis em pesquisas médicas.
Yonow é autora de livros sobre o assunto e tem focado suas pesquisas nos moluscos do Mar Vermelho, inclusive tentando estabelecer as principais características e e dando nome a novas espécies.
Bióloga especialistas nas criaturas marinhas introduz grande variedade de espécies de moluscos marinhos. (Foto: BBC)Bióloga especialistas nas criaturas marinhas introduz grande variedade de espécies de moluscos marinhos. (Foto: Sven Kahlbrock/BBC)
Bióloga especialistas nas criaturas marinhas introduz grande variedade de espécies de moluscos marinhos. (Foto: BBC)Bióloga especialistas nas criaturas marinhas introduz grande variedade de espécies de moluscos marinhos. (Foto: Sven Kahlbrock/BBC
)

Encontro Das Aguas (Jorge aragão & Jorge Vercilo)

Aurora Carnaval Legal


Operários que 'moram' na Cidade do Samba revelam segredos dos desfiles

Prestadores trabalham até 20h por dia para guardar dinheiro.
Entre barracões e galpão, escultor já ficou 2 meses sem pisar em casa.

Gabriel Barreira

Iovaldo (à dir), ao lado do amigo Renan, chegou a ficar 2 meses longe de casa (Foto: Gabriel Barreira/G1)Iovaldo (à dir), ao lado do amigo Renan, ficou até
2 meses longe de casa (Foto: Gabriel Barreira/G1)
Um mês sem voltar para casa. Às vezes, mais. Funcionários que prestam serviços às escolas de samba chegam a trabalhar 20h nos dias mais puxados, comem nos refeitórios e dormem as 4h restantes em carros alegóricos. É o que garantem as forristas Pamela Rafaela dos Santos e Vanessa Pereira da Silva, da Vila Isabel. Com a vida um pouco mais fácil, elas conseguem chegar meio-dia e terminar os serviços de madrugada. Já Iovaldo Luiz, escultor daPortela, se revezou durante dois meses entre a escola de Madureira, a Imperatriz (para quem também presta serviços) e o galpão de uma das escolas na Avenida Venezuela. Na semana que antecede os desfiles, finalmente, voltará para dormir em casa.
A carga horária é intensa, mas não reclamam disso. Como na fábula da cigarra e a formiga, os operários do carnaval trabalham forte para acumular suas economias até o próximo verão, enquanto as cigarras – as agremiações, talvez – fazem a farra.
"É cansativo, mas dá para fazer dinheiro para o ano todo. Tem escola que explora, que deveria começar os trabalhos em julho e só começa em novembro. Mas aqui na Vila Isabel não é assim não, apesar de ter sido pesado este ano" explica Pamela Rafaela, cujo irmão trabalha na Beija-Flor.
Na agremiação de Nilópolis, os trabalhadores são impedidos de entrar com o celular ligado para não revelar nada dos carros alegóricos. "Não podemos tirar foto e nem filmar nada aqui dentro" confirma outro operário, Wilkeson Furtado.
Mas com tanta gente praticamente morando na Cidade do Samba, o tráfego pelas escolas de samba e por seus segredos ficam expostos. Os testes são fechados, mas, curiosa, Pamela não resistiu dar uma espiadinha.
"A União da Ilha tem o carro mais bonito, de neon. Já na Unidos da Tijuca tem uma ala coreografada com 40 pessoas. Eles montam um fusca, entram nele e saem. É incrível" revela Pamela.
Já a amiga Vanessa, se impressionou com a escola de coração, a Beija-Flor "Na comissão da frente, o que mais me impressionou foi um fogaréu. No meio dele, sai um cavalo porque e esse o tema. Não sei como! Na Portela também tem uns bonecos de malandro, com uns 4m, que são lindos".
Pamela Rafaela revela segredos das escolas pelo que viu na Cidade do Samba (Foto: Gabriel Barreira/G1)Pamela Rafaela revela segredos das escolas pelo que viu na Cidade do Samba (Foto: Gabriel Barreira/G1
)

PAISAGISMO LEGAL: Carnaval ecológico: eu vou nessa!

PAISAGISMO LEGAL: Carnaval ecológico: eu vou nessa!:    Sexta-feira começa a festa mais popular do país. Hora de descontrair e brincar, mas sem descuidar do Planeta!  O feriado, as viagens ...

Noticias do Meio


Aos 47 anos, engenheira abandona carreira e fará medicina na Unicamp

Angela Katayama fez um ano de cursinho, em Campinas, para se preparar.
Universidade divulgou lista de aprovados na 1ª chamada na segunda-feira.

Fernando Pacífico
Angela Katayama, aprovada para o curso de medicina da Unicamp  (Foto: Arquivo pessoal)Angela Katayama, aprovada para o curso de
medicina da Unicamp (Foto: Arquivo pessoal)
"Estava almoçando quando me ligaram. Fiquei chocada, não esperava". Foi assim que a engenheira eletricista Angela Katayama, de 47 anos, recebeu a notícia de que tinha sido aprovada no Vestibular 2013 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para o curso de medicina. Para conseguir uma das 110 vagas oferecidas pela universidade, disputadas por 13.998 candidatos inscritos, Angela pediu demissão do emprego onde estava há quatro anos para se dedicar aos estudos.
Ela conta que fez curso preparatório durante um ano, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP). Além disso, adotou uma rotina com mais disciplina para revisar os conteúdos ensinados pelos professores, no mesmo dia das aulas. "Foi um período sabático, pois fiquei longe do celular, abria o e-mail de vez quando. Mas dava para conciliar o tempo com a família, não foi nada excepcional", explicou entre risos. Ela terminou a graduação em engenharia, também pela Unicamp, em 1988.
Os convocados na primeira chamada (veja lista aqui) devem fazer a matrícula nesta terça-feira (5) ou quarta-feira (6) na página na internet da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest).
Vontade de aprenderA família
Ao elogiar o apoio do marido durante a preparação para as provas - o qual considera "um cara acima da média" - a estudante disse que a morte do pai foi o momento mais difícil na trajetória. "Foi no primeiro semestre [de 2012]. Mudou muito a minha rotina", resumiu a engenheira. O casal não tem filhos.

O bom humor, no entanto, é retomado quando descreve a reação da mãe, ao ser informada do resultado no vestibular. "Ela é oriental. Reagiu com emoção semelhante ao Sr. Spock", brincou em alusão ao personagem da série de filmes Jornada nas Estrelas. Sobre possíveis brincadeiras dos colegas veteranos de curso, prefere desconversar. "Por mim não tem trote, estou muito velha para estas coisas", disse aos risos.
A engenheira lembrou que a vontade de cursar medicina surgiu durante um período de férias. Na sequência, optou por desligar-se da empresa onde trabalhava há quatro anos, para dedicar-se aos estudos. "Foi pelo desejo de aprender coisas novas. Eu estava buscando algo na área de saúde ou educação e tenho vontade de realizar trabalhos sociais. Além disso, estou com quase 50 [anos]... Existe mais campo de trabalho do que a própria engenharia", alegou Angela.
Vista aérea do campus de Campinas da Unicamp (Foto: Antoninho Perri/ Ascom/ Unicamp)Vista aérea do campus da Universidade Estadual
de Campinas (Foto: Antoninho Perri/ Unicamp)
O diferencial
Sem vislumbrar quais serão as próximas etapas da nova carreira, Angela pondera ao falar sobre qual foi o diferencial para conseguir aprovação no vestibular da Unicamp. Ela acredita que muitos candidatos são eliminados por causa da ansiedade. "Na década de 80 a gente fazia a prova como se fosse mais uma. Hoje, a impressão é de que virou um monstro... Vi muita gente sabendo mais do que eu, melhor preparado, e que não conseguiu chegar à segunda fase", relata.

Notas
A Unicamp divulga no dia 7 de fevereiro as notas dos candidatos da segunda fase do vestibular. Segundo a universidade, estão previstas 11 chamadas no total.
Vagas
Em 2013, os candidatos concorrem a 3.444 vagas em 68 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade Pública de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). No total, 67.408 pessoas se inscreveram no vestibular.
Calendário do Vestibular
05 e 06/02 - Matrícula virtual
18/02 - Matrícula presencial da 1ª chamada
21/02 - Matrícula da 2ª chamada
25/02 - Confirmação de matrícula
26/02 - Início das aula
s

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org