Noticias do Meio

Roswell virou sinônimo de incidente ufológico

Cidade No Deserto Norte-americano Teve O Mais Famoso Caso No Mundo De Suposto Objeto Voador Não Identificado


Depois que em julho de 1947 suposto objeto voador não identificado (OVNI) foi visto perto de Roswell, cidade localizada no deserto norte-americano dentro do estado do Novo México, alguns incidentes ufológicos pelo mundo que tiveram relato oficial passaram também a ser apelidados de Roswell. É o caso da Rússia, Grã-Bretanha e Brasil.
Ocorrido nos Estados Unidos há 66 anos é considerado o mais famoso caso no planeta de OVNI. Não à toa que o acontecimento virou livros, filmes e documentários. Por conta da fama, Roswell recebe até turista ufológico querendo entender melhor a história. O caso Roswell apresenta realmente detalhes dignos de serem registrados para sempre.
Em um sítio nos arredores da cidade um encarregado encontrou destroços de objeto que ele não identificou. Informada, grupo de militares da base aérea de Ruswell foi até o local recolher os destroços. Dias antes noticiários relatavam casos de OVNIs nos Estados Unidos. O fato ganhou notoriedade porque, no primeiro momento, a força aérea do país informou tratar-se de um objeto não identificado.
No entanto, após análise mais detida do material, a versão oficial passou a ser de que os destroços encontrados eram de um balão meteorológico. Outra versão oficial disse depois tratar-se de um equipamento secreto de vigilância.
Décadas depois estudiosos de ufologia passaram a alegar que o governo americano acobertou o caso. Fala-se até que ETs foram encontrados e autopsiados naquela época por autoridades.
O FBI liberou em 2011
em sua seção de pesquisa na internet um documento de 1950 que trata do caso. O documento dá a dimensão como o governo abordou a questão, embora relacione o ocorrido como rumor.
Roswell russo
O caso Roswell da Rússia está relacionado ao um suposto acontecimento ocorrido na base secreta de lançamento e desenvolvimento de foguetes Kapustin Yar, em 1948.
Depois de ser detectado um OVNI que sobrevoava a base russa, caças foram enviados para interceptar o objeto. Segundo relatos oficiais, houve até batalha com objeto não identificado.
O OVNI não foi derrubado, mas teve que fazer pouso forçado na base praticamente destruído. Os destroços do objeto foram colocados no subterrâneo da base.
Outros incidentes desse tipo foram detectados em Kapustin Yar. Ex-agentes da polícia secreta russa KGB afirmam existir inúmeros arquivos oficiais sobre OVNIs na base ainda não totalmente revelados.
Roswell britânico
O caso da Grã-Bretanha ocorreu no condado de Suffolk, em 1980. Um OVNI teria pousado em uma floresta da região. Houve grande mobilização policial, mas o objeto teria levantado voo com a aproximação de veículos.
Testemunhas afirmam tem sido produzido extenso material sobre o caso pelo Ministério da Defesa inglês. Tamanha preocupação se deveu ao fato do objeto ter aparecido em um local que também fica perto de uma base da força aérea americana em território britânico.
Roswell brasileiro
O caso Roswell brasileiro tem o nome oficial de Operação Prato. Em 1977 e 1978, a Força Aérea Brasileira, através de sua unidade em Belém (PA), foi verificar a presença de supostos OVNIs na altura do município de Colares, às margens da Baía de Marajó.
Dezenas de militares foram até a região para investigar o ocorrido. O caso tornou-se mais intrigante quando pessoas foram ao posto médico da localidade com queimaduras, levando a população ao pânico. De acordo com relatos, luzes hostis e manifestações misteriosas apareceram na localidade.
Os militares ficaram quatro meses investigando o caso. A afirmação posterior de alguns deles de que realmente se tratava de OVNI gera até hoje controvérsia sobre o resultado da operação.
O Ministério da Defesa anunciou recentemente que disponibilizaria integralmente os documentos secretos da Operação Prato, incluindo imagens registradas a época, considerada a maior do País relacionada aos OVNIs.
Paulo Hellyer
O ex-ministro de Defesa canadense Paul Theodore Hellyer é outra fonte oficial reconhecida no mundo por relatar casos de OVNIs. Embora seus relatos não tenham sido apelidados de Roswell, ele ganhou destaque em 2005 ao dizer que a existência de objetos voadores não identificados eram tão reais quanto aviões no céu.
Suas opiniões sobre o assunto chamou a atenção por ele ter feito parte da força aérea canadense e ocupado posições estratégicas no governo canadense na área militar. Em uma de suas declarações, ele afirma até existir espécies diferentes de extraterrestres que visitam o planeta.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org