Noticias do Meio

Objeto não identificado teria se chocado contra turbina eólica no Reino Unido

OBJETO NÃO IDENTIFICADO TERIA SE CHOCADO CONTRA TURBINA EÓLICA NO REINO UNIDO



Um incidente que causou grandes estragos em uma turbina eólica no condado de Lincolnshire, no Reino Unido, ainda segue sem explicação. O impacto com o objeto provocou a perda de uma pá de 20 metros e causou grandes estragos na segunda pá, em um episódio ainda não esclarecido, ocorrido em 2009. De acordo com um relato da época, do então vereador local, Robert Palmer, foi visto "algo arrendondado, uma luz branca que parecia estar pairando". A Ecotricity, a empresa proprietária do parque eólico, classificou o estrago nas pás como "único".

Esta turbina é uma das 20 em funcionamento na localidade de Conisholme, em operação desde abril de 2008. Ufologistas da área disseram ter recebido diversos relatos de atividades na área e alguns grupos procuram por novas evidências. Contudo, pouco tempo depois do incidente, foi proibida a busca por detritos no local.

De acordo com Peter Schubel, especialista em design e fabricação de pás para turbinas eólicas, da Universidade de Nottingham, seria necessário um impacto com a força de 10 toneladas para fazer este tipo de estrago, caso a pá estivesse parada. Se ela estivesse em movimento, porém, o objeto causador do impacto poderia ser bem menor. Ele apresentou uma explicação bem mais mundana para o mistério:

"Definitivamente, não foi um pássaro. Pode ter sido gelo que foi arremessado de uma turbina nas proximidades. A maior parte das turbinas tem um sistema antigelo nas pás, mas talvez isso tenha falhado e houve formação de gelo". 
 

O incrível

O INCRÍVEL "HELICÓPTERO" IMPULSIONADO APENAS PELAS PEDALADAS DO PILOTO


Um grupo de engenheiros da Universidade de Toronto desenvolveu uma espécie de helicóptero que funciona com a força (ou as pedaladas)  do próprio piloto. Parece mentira, mas não é: esta complexa e grande máquina (veja o vídeo abaixo) realizou um voo de um minuto de duração, a três metros de altura, sem sair de um quadrado de dez metros... apenas impulsionado pela força de um homem.

Com este invento, o grupo de pesquisadores canadenses conquistou o prêmio Igor Sicorsky, no valor de 250 mil euros. O prêmio foi lançado em 1980 pela Sociedade Americana do Helicóptero e, ao longo de todo este tempo, vários tentaram, sem êxito, atingir a meta estipulada para conquistá-lo. Contudo, desta vez, o veículo chamado AeroVelo Atlas, conduzido e impulsionado pelo ciclista Todd Reichter, colocou um fim ao desafio e entrou para a história.

"Entramos nesta disputa convencidos de que poderíamos ganhar. A cada passo dado, percebíamos que o prêmio era muito mais difícil do que havíamos previsto anteriormente, mas fomos capazes de superar todas as dificuldades", disse Reichter, aluno da Universidade de Toronto e integrante da equipe vencedora.




Artigo relacionado

AeroVelo
 
Hubble fotografa cometa do século que passará pela Terra em novembro

HUBBLE FOTOGRAFA COMETA DO SÉCULO QUE PASSARÁ PELA TERRA EM NOVEMBRO


Uma nova e espetacular foto pode nos dar a impressão de uma visão direto das profundezas do espaço do Cometa ISON, que promete uma deslumbrante passagem pelo interior do Sistema Solar no final de novembro. A imagem - que foi "costurada" juntamente com outras cinco fotos do ISON capturadas pelo Telescópio Espacial Hubble, da Nasa, no dia 30 de abril - mostra o errante e gelado corpo celeste em chamas, com estrelas brilhantes e galáxias como pano de fundo. Todas as imagens foram capturadas pelo equipamento chamado "Wide Field Camera 3 UVIS", do Hubble.

O cometa ISON segue seu caminho em direção ao Sol. No dia 28 de novembro, ele estará a "apenas" 1,16 milhão de quilômetros acima da superfície solar. O cometa poderá se tornar incrivelmente brilhantes ao longo desta passagem, talvez tão luminoso quando uma lua cheia, acreditam os pesquisadores.

Chamado de "cometa do século", o ISON atrai a atenção de observadores e cientistas que  acompanham com grande empolgação cada nova etapa da longa viagem deste corpo celeste até o  Sol. O Hubble é apenas um dos vários instrumentos ao redor do mundo que fazem parte desta campanha coordenada de observação. Descoberto em 2012, ainda não se sabe se o ISON sobreviverá a sua passagem pelo Sol ou se algum dia voltará a passar por nós.

Artigo relacionado

Blog do Hubble

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org