Noticias do Meio

Papa diz que já está com "saudades" ao se despedir do Brasil


Papa embarca em avião no Aeroporto do Galeão. (Foto: Fabio Motta/ Estadão Conteúdo) O papa Francisco disse neste domingo que já está com "saudades" ao se despedir do Brasil após a visita de uma semana na qual participou da 28ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ).
"Dentro de alguns instantes, deixarei sua Pátria para regressar a Roma. Parto com a alma cheia de recordações felizes; essas - estou certo - tornar-se-ão oração. Neste momento, já começo a sentir saudades", afirmou o pontífice no discurso de despedida no aeroporto internacional do Rio de Janeiro.
O primeiro papa latino-americano concluiu neste domingo, com uma missa para pouco mais de 3 milhões de pessoas na praia de Copacabana, a visita de sete dias ao Brasil que iniciou na última segunda-feira, a sua primeira viagem ao exterior desde que foi escolhido como pontífice.
Francisco, que chegou ao aeroporto carregando sua própria maleta, assim como fez ao sair do Vaticano, se despediu na pista do aeroporto internacional do Rio de Janeiro com a presença do vice-presidente Michel Temer, do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e de outras autoridades do país.
A presidente Dilma Rousseff o recebeu formalmente na segunda-feira passada no Rio de Janeiro e neste domingo assistiu à missa de encerramento da JMJ em Copacabana.
Papa embarca em avião no Aeroporto do Galeão. (Foto: Fabio Motta/ Estadão Conteúdo)Francisco assegurou que deixa o país já sentindo muitas saudades do Brasil, "este povo tão grande e de grande coração; este povo tão amigável", com saudade "do sorriso aberto e sincero que vi em tantas pessoas, e saudade do entusiasmo dos voluntários".
O papa acrescentou que também sentirá falta da "esperança nos olhos" que viu nos jovens atendidos em um hospital para dependentes químicos e da "fé e alegria em meio à adversidade" que sentiu na sua visita a uma comunidade do Rio de Janeiro que até poucos meses era controlada por traficantes de drogas.
"Obrigado pela acolhida e pelo calor da amizade que vocês me mostraram. Também começo a sentir saudades disso", disse.
Em seu pronunciamento de despedida, o papa agradeceu à presidente Dilma "por ter-se feito intérprete dos sentimentos de todo o povo do Brasil para com o sucessor de Pedro".
Agradeceu igualmente aos bispos, sacerdotes e voluntários que ajudaram a transformar a Jornada Mundial da Juventude em "uma estupenda celebração de fé em Jesus Cristo".
Também agradeceu e abençoou os milhares de jovens que participaram da Jornada.
"Muitos de vocês vieram como discípulos nesta peregrinação; não tenho dúvida de que todos agora partem como missionários. Com seu testemunho de alegria e de serviço, vocês fazem florescer a civilização do amor", disse.
Francisco afirmou que tem grande esperança nos jovens não só do Brasil, mas de outros países, que vêm se manifestando nas ruas por seus direitos e por um mundo melhor.
"Por meio deles, Cristo está preparando uma nova primavera no mundo todo. Eu vi os primeiros resultados desta semeadura, outros gozarão com a colheita abundante", afirmou.
"O papa vai embora e lhes diz 'até breve', um 'até breve' com saudades, e lhes pede, por favor, que não se esqueçam de rezar por ele. Este papa precisa da oração de todos vocês", concluiu.
Na mesma cerimônia de despedida, o vice-presidente Michel Temer elogiou a gentileza e simplicidade com que Francisco cativou a todos os brasileiros e o chamou de "verdadeiro evangelizador".
"Nesta semana que o senhor esteve aqui, o Brasil virou um paraíso permanente", disse Temer, para quem o pontífice já não necessita bater nas portas dos brasileiros, pois elas foram permanentemente abertas.
Francisco atraiu 3 milhões de pessoas, um número recorde no Rio de Janeiro, tanto para a vigília de jovens no sábado como para a missa deste domingo.

1 comentários:

  1. DEUS ABENÇOE O PAPA FRANCISCO E O PROTEJA DAS MALDADES DO VATICANO E DO MUNDO!!!

    ResponderExcluir

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org