LIÇÃO DE VIDA

Patrícia sentiu o mundo desabar, quando o marido, depois de onze anos de casamento, avisou que tinha dado entrada no divórcio e estava saindo de casa.
A primeira coisa que Patrícia pensou foi nos filhos.
- Meus Deus, meus filhos! O que fazer?
O menino tinha apenas cinco anos e a menina, quatro.
Muitas dúvidas começaram a perturbar Patrícia, entre elas, o medo de não conseguir manter a família unida e não ter condições de criar e educar os filhos sozinha. Afinal o marido, que sempre foi seu porto seguro, estava indo embora, e mesmo que continuasse tendo contato com os filhos, ele não estaria mais em casa. Agora ela tinha que resolver tudo sozinha. O medo era muito forte, mas Patrícia resolveu tentar e assim recomeçou a vida.
Patrícia começou a trabalhar fora. Mas durante a semana, sempre arrumava um tempo para rever os deveres de casa dos filhos e discutir a importância de fazer as coisas certas. Nos finais de semana Patrícia levava os filhos para passeios diferentes, iam ao parque, ao zoológico, e aos domingos, iam os três, à igreja. Patrícia achava muito importante que seus filhos aprendessem as lições sobre Deus. E assim os dias foram passando. Patrícia acreditava que estava fazendo tudo certo, mas ás vezes, a dúvida e o medo ainda lhe perturbavam.
Dois anos se passaram. Até que um dia, aconteceu uma festa na escola das crianças. Patrícia, assim como as outras mães e responsáveis, foi à festinha. Quase no final da festa, a professora pediu a atenção de todos e começou a falar da difícil tarefa de ser mãe e do reconhecimento que todas merecia.
Depois de muitas palavras bonitas, a professora pediu que cada criança escolhesse, entre as tantas flores que estavam em vasos enfeitados, uma para dar a sua mãe, como símbolo do quanto ela era amada.
Patrícia achou uma ótima idéia e ficou observando seus filhos caminharem até as plantas. Enquanto esperava, ela pensava nos momentos difíceis que os três tinham passado juntos.
Patrícia olhou as flores que estavam lá no canto, eram margaridas douradas, amores-perfeitos, violetas, uma mais linda que a outra. Patrícia então começou a planejar onde iria plantar a flor que os filhos escolhessem. Afinal, com toda a certeza, eles trariam uma linda flor, como demonstração do grande amor que existia entre eles.
Mas Patrícia percebeu que os filhos estavam demorando muito, pois todas as crianças já tinham escolhido as plantinhas e dado para suas mães, enquanto que seus filhos continuavam escolhendo. Parecia que eles estavam levando a tarefa muito à sério, olhando atentamente cada vaso.
Até que finalmente, com um grito de alegria, seus filhos acharam um vaso, que estava escondido, bem no fundo. Sorridentes, os dois pegaram o vaso e correram para perto da mãe. Mas Patrícia teve uma grande surpresa. A planta estava murcha, com aspecto de velha, muito pequena, nem flor tinha, era muito feia.
Assustada, Patrícia sentiu vontade de chorar, mas para não deixar as crianças tristes, acabou aceitando o vaso que os filhos tinham escolhido. Só que eles pareciam não achar a planta feia, muito pelo contrário, olhavam para a plantinha orgulhosos, sorridentes e felizes.
Depois da festa, Patrícia foi para casa com seus filhos e depois de pensar muito, resolveu perguntar:
- Meus amores, por que, no meio de tantas flores maravilhosas, vocês escolheram esta flor para me dar?
O menino, muito orgulhoso, deu um grande abraço na mãe e respondeu:
- Nós escolhemos essa plantinha mamãe, porque ela estava precisando de você.
Patrícia sentiu um grande alívio no coração e quase chorou. Abraçou os filhos com muita força e pensou que naquele momento, tinha acabado de ganhar o maior presente que alguém poderia imaginar. Todo o seu trabalho e sacrifício não tinham sido em vão.
LIÇÃO DE VIDA:
Não existem pais perfeitos. Mas existem diversas formas para eles serem ótimos pais e mães.
Ainda que tudo pareça impossível, procure ensinar aos seus filhos coisas que os ajudem a ser pessoas boas, mostrando que os sacrifícios sempre valem a pena, e que tudo nessa vida é possível, com força de vontade e com amor, e até mesmo a mais feia e murcha planta, pode dar lindas flores.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org