Noticias do Meio

Morre aos 94 anos em São Paulo a escritora Tatiana Belinky

Tatiana BelinkyMorreu na tarde de sábado (15), em São Paulo, a escritora de livros infantis Tatiana Belinky, de 94 anos. Ela estava internada desde o dia 4 de junho no Hospital Alvorada, zona sul da capital paulista.

Uma das mais importantes autoras de obras voltadas para o público infanto-juvenil, Tatiana conta com mais de 250 livros publicados como ‘Transplante de Menina – Da Rua dos Navios à Rua Jaguaribe’ (editora Moderna) e um livro de poemas batizado ‘Limeriques do Bípede Apaixonado (editora 34). Além disso, traduziu diversas outras obras, como contos do escritor russo Anton Tchekhov.

Nascida em na cidade russa de São Petersburgo, em 1919, Belinky se mudou para o Brasil ao lado da família aos 10 anos de idade. Já nesta época, a escritora falava russo, alemão e letão. Em São Paulo trabalhou como secretária bilíngue, até se casar com Julio Gouveia – que morreu em 1988 – com quem começou a fazer teatro para crianças em 1948.

O trabalho era realizado adaptando e traduzindo textos teatrais para que seu companheiro os produzisse e encenasse. Com a criação da televisão, o grupo teatral do casal foi convidado pela antiga ‘TV Tupi’ para encenar suas peças.

Já em 1952, Tatiana e seu marido adaptaram para a televisão o Sítio do Picapau Amarelo com 350 capítulos, além de outras minisséries a partir de romances famosos da época. Belinky chegou a escrever críticas literárias para jornais como ‘O Estado de S. Paulo’, ‘Folha de S. Paulo’ e ‘Jornal da Tarde’.

Segundo a família da escritora, seu corpo será enterrado no cemitério israelita da Vila Mariana, em São Paulo, às 14 horas deste domingo (16).

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org