Noticias do Meio

As intrigantes esferas metálicas do Tempo da Serpente Emplumada

AS INTRIGANTES ESFERAS METÁLICAS DO TEMPO DA SERPENTE EMPLUMADA



Estes objetos de origem completamente desconhecida e que permanecem como um enigma para a ciência foram encontrados em uma das três camadas subterrâneas do Templo da Serpente Emplumada, em Teotihuacán, no México. A razão de todo esse mistério é que os achados não se parecem com nenhum outro objeto da época em que teriam sido produzidos.

Pesquisadores do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) explicaram que as esferas têm uma idade de, aproximadamente, 1800 anos e poderiam ter sido usadas como oferendas em rituais sagrados.

Contudo, elas não se parecem com nenhuma outra oferenda conhecida até os dias de hoje. Tratam-se de objetos metálicos em forma de esfera, com um diâmetro entre 4 e 12 centímetro, com núcleo de argila e outros materiais orgânicos.

Inúmeras teorias já foram criadas para tentar explicar a origem destes misteriosos objetos. Para alguns, eles são a prova de que houve o uso de tecnologia extraterrestre na cultura cultura teotihuacana.

Em meio às especulações, o robô TlabocII-TC, desenvolvido pelo INAH, está percorrendo as três camadas subterrâneas e demais passagens para a captura de imagens que possam ajudar a desvendar esse grande enigma em torno desta antiga civilização.

Artigo relacionado

INAH

Descoberta nova parte do corpo humano

DESCOBERTA NOVA PARTE DO CORPO HUMANO



Um professor da Universidade de Nottingham descobriu, recentemente, mais uma parte da anatomia humana. Trata-se de uma nova camada na parte de trás da córnea humana, batizada de Camada Dua, em homenagem ao seu descobridor, Harminder Dua. A nova camada mede somente 15 mícrons de espessura, mas sua importância é enorme:  fará com que a cirurgia ocular fique mais segura e simples. O trabalho foi publicado na revista “Ophthalmology”.

Anteriormente, a região em que foi descoberta a Camada de Dua tinha cinco camadas conhecidas. A descoberta aconteceu após injeção de bolhas de ar nas córneas doadas para pesquisa. Os cientistas usaram um microscópio eletrônico que examinou cada camada separadamente.

Agora, algumas doenças como hidropsia da cornea poderão ser tratadas de maneira correta com a descoberta da Camada Dua. Os pesquisadores também acreditam que este conhecimento tratá melhores resultados aos transplantes.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org