Papo de Varanda



Um bom dia a todos, muuuuita saudades não é mesmo...,rsrsrsrs...
O que venho falar com vocês hoje é de muita importância para mim, pensei e repensei antes de escrever, se deveria ou não.
Refletir pedir bons fluidos e a “resposta que me veio”, foi positiva. Então decidir contar.

Vamos lá, quando cheguei aqui, foi realmente tudo confuso e a primeira pessoa que aqui me recebeu, quem lembra do Primeiro “Papo”, sabe que foi o Rogério, depois que me acalmei e estava mas sociável me trouxeram vovó, aí sair do pavilhão e vim para a casa a onde estou até hoje.Com o tempo passando e a convivência, o dia a dia, fui sentindo uma coisa dentro de mim, além dos esclarecimentos, uma coisa que estava me deixando envergonhada e como a maioria por aqui ler pensamentos e eu diria até “ler sentimentos” rsrsrsrsrs.

Quando esse sentimento vinha a tona em meus pensamentos, eu tentava logo desviar o pensamento em outra coisa, mas sempre fica aquela duvida dentro de si ; (será que notaram...,notaram e não falaram nada...,como são superiores, já devem estar acostumados a verem esses tipos de coisas, não falam para não nos constranger, ou simplesmente não notaram, eu devo conseguir disfarçar bem...)
São perguntas típicas que não queremos saber as respostas, pois só de pensar, já fico vermelha...

É que...,no dia a dia, comecei a me sentir atraída por Rogério, nossa como é difícil escrever isso...
E isso me deixava muito envergonhada, em estar aqui na situação que estou “morta para a Terra e viva para o meu ser”, com todos me tratando bem, encontros com pessoas que acabam de chegar cheias de dúvidas ou revoltadas como eu no início e no meio disso tudo “estava lá eu com aquele sentimento”, que “tentava matar aos poucos” ,com outros tipos de pensamentos, e estava essa luta interna, eu deixando passar ,acreditando que esse sentimento e esses pensamentos enfraqueceriam com o passar do tempo. Assim estava definido isso dentro de mim, até ontem...

Ontem Rogério mandou me chamar e disse que estaria lá naquele parque bonito que dar para ver a Terra, fui assim que soube parei de fazer o que estava fazendo e fui. Ao chegar lá como sempre ele já estava sentado e disse:

“__Oi querida Isa, tenho duas coisas a lhe contar, acredito e espero que a primeira seja agradável, já a segunda não será muito, mas entenderás...”

Nossa, você me contar algo, la vem “Bomba”,rsrsrsrs, disse a ele...

“__Bom vou direto ao assunto, por que estou com pouco tempo...”

Como sempre...rsrsrsrs,disse a ele...
Ele pegou em minhas mãos, eu já notei uma diferença no jeito dele me olhar, e fui ficando assustada e ao mesmo tempo curiosa.

“__Isa, em outras vidas bem distantes, já fomos casados, e eu até hoje lhe amo muito, esse é o motivo desse sentimento que sente dentro de si e se envergonha muitas vezes. esperei a hora e o momento certo para lhe falar.Por isso que fui o primeiro a lhe receber, e sempre estou responsável por você, somos muito ligados, depois dessa vida, tomamos caminhos diferentes para cumprir nossos desígnios,  motivos esses que muitas das vezes vocês estava encarnada e eu desencarnado lhe ajudava, não posso dizer e vice-versa, em questão de ajuda, pois estava sempre a um passo à frente de você em questão  de evolução moral, por isso que quando estava encarnado não podia contar com sua ajuda se você estive desencarnada, pois provavelmente se isso ocorresse você também estaria precisando de ajuda, como foi em sua chegada aqui, isso é só para explicar o tempo que estamos juntos e ao mesmo tempo separados e além disso quando estamos encarnados, acabamos a se envolver com outras pessoas e assim, vamos resolvendo e acumulando responsabilidades com outros irmãos. Nessas responsabilidades que adquirimos com outros irmãos, podemos perceber com o tempo quem é quem, dentro de nossos sentimentos e na escala de evolução quem estará sempre melhor ao seu lado para melhor desenvolvimento e esse meu alguém, é você.
Mas diante te tantas vidas que tivemos e ainda teremos, temos que corrigir muitos enganos que fizemos, por isso você já encarnou diversas vezes e eu ainda estava aqui a te acompanhar, todas as suas aventuras terrenas, e graças ao nosso mestre Jesus e  a ajuda de vários outros irmãos designados ao bem, você vem se saindo bem e nessa última em que desencarnou “cedo”, para os tempos da Terra,cumpriu bastante coisa.
Podemos então se encontrar, mas uma vez em uma mesma colônia, coisa que não acontecia ha tempos, para nos “afinizar” novamente, pois na próxima vida, graças ao nosso misericordioso mestre ,estaremos juntos novamente para resolvermos nossas pendências e a evolução em fim.”

Nossa, fiquei de boca aberta, maravilhada com tudo que me dizia e ao mesmo tempo parecia compreender aquele tudo, como em um automático, e aliviada por decifrar aquela atração por ele, e logo veio uma explosão de felicidade que não me contive ,o abracei e o beijei...,isso mesmo beijei, foi um impulso muito forte.
Após terminar o beijo ele disse:

“__Isa, calma!, Lhe disse que tinha duas coisas a contar...”

Sorrir apertando suas mãos e falei , desculpa, conta...

“__Esse meu pouco adiantamento moral em relação a você, me leva a deveres além do que você conhece em seu dia a dia, terei de me afastar um ano terrestre daqui de nossa colônia para executar outro trabalho com outros irmãos em outra colônia, por esse meu afastamento de você nesse um ano e percebi que estava um pouco madura, decidir contar. Agora com essa notícia, com o tempo, você lembrara de outras coisas."

E você me fala isso assim com essa simplicidade, que vai se afastar de mim...,disse a ele...

“__Estava com saudade desse seu olhar assim...,me cobrando...rsrsrs.
Sim Isa,  terei de ir, mas com certeza, as coisas estão se clareando para nós, já estou podendo falar com você, sobre nós dois novamente, assunto esse, que estava guardado ha vidas ,e eu calado te acompanhando.Você agora com essa revelação, levantará muitas coisas em sua memória, amadurecerá mais, e quando eu voltar já estará bem melhor, outra pessoa ,mais desenvolvida mentalmente e com a certeza de que nos amamos.”

E por que só me conta agora que já estar indo..?, podendo contar um dia antes para eu te curtir um pouquinho...rsrs

“__Porque só agora fui permitido, eu tenho que ir minha begônia, quero que reflita sobre isso e quando voltar, trarei novidades, cuide de seu pai e sua mãe na Terra, mesmo distante, se me chamar do fundo do coração e os espíritos superiores vendo que à necessidade, virei lhe ver.”

Já chorando...,né....,peguei na mão dele de novo e disse, por que tem que ser assim?, me aproximei, fechei os olhos e o beijei novamente, quando abrir...,como nos filmes que vemos aí na Terra, ela já não estava mas...

Fiquei por alguns minutos, chorando e sorrindo ao mesmo tempo, olhando para a Terra, segundo a correntinha que tem uma pequena begônia que ele mesmo havia me dado, assim que cheguei como contei no primeiro Papo.
Voltei ao trabalho, ainda meio desligada, mas sempre auxiliando com amor, pois as pessoas chegam com muitas dúvidas e não podemos estar muito atordoada para auxiliar, então me foquei rápido no trabalho e ao chegar em casa, corri para a Varanda para desabafar e aqui estou.
Quero agradecer muito a todos pela atenção, e pedir desculpas desde já se esse Papo de hoje pode ter magoado ou machucado alguém, não foi minha intenção.
Minha intenção foi apenas de desabafar com amigos que me acompanham há anos.
Bom também quero agradecer o carinho das imagens que a leitora Ísis dos EUA, mandou para o Papo de Varanda, olha que fofo:

Fiquem com nosso mestre, desculpem se só falei de mim nesse Papo, é que como podem ver é um assunto difícil para mim, mas que tinha que dividir com todos vocês.
Prometo que no próximo Papo, vou falar mais de nossos problemas daí, do que de mim está bem...
Até a próxima e mil beijos nos corações de vocês, amo vocês demais, esse é o motivo de contar meus maiores sentimentos a vocês.
Isabelle Quintanilhar.

1 comentários:

  1. Muito emocionante este Papo de Varanda ! Um assunto muito profundo(sentimentos,relacionamentos) e fiquei surpresa ao saber que é possível acontecer também "deste" lado.
    Como sempre,aprendemos muito com esse maravilhoso "Papo de Varanda".Obrigada Isa !
    Bjs.
    Denise

    ResponderExcluir

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org