Noticias do meio


“Não tenho medo das pedras das feministas” diz Elba Ramalho

Elba Ramalho é um ícone da música brasileira e atualmente passa por um processo de aprofundamento na Fé católica. Engajou-se com empenho no movimento Pró-vida e ajuda a salvar vidas de bebês que seriam abortados pelas mães. Na edição 771 da Revista Época (Editora Globo) a cantora conta em uma entrevista seu amor pela vida, as ameaças de morte que recebeu de feministas e a alegria de viver a castidade há dois anos.
“Já passei pela experiência do aborto e, quando acordei, tomei consciência  do que tinha feito, esse pecado gravíssimo. Tive de encarar a morte e carreguei essa culpa durante anos,até ser resgatada, quando conheci a misericórdia de Deus”, testemunha a artista que hoje aconselha jovens que pensam em abortar. “Salvamos 14 vidas de meninas que foram estupradas. Hoje, todas estão felizes com os filhos”, explica.
As barreiras não paralisam a cantora. “Já peguei o avião várias vezes para ir a São Paulo tentar evitar abortos de gravidez avançada”, exemplifica. Outro desafio é a intolerância dos grupos feministas. “Recebi até ameaças de ser apedrejada”, conta a cantora ao jornalista Bruno Astuto. Mas arremata, “Não tenho medo das pedras das feministas. Rezo por elas”.
Hoje a alegria de Elba parte primeira do fato de ser cristã. “Quando salvo uma vida fico emocionada. Sou católica, tiro mendigo das ruas e salvo bebês”, descreve sua atuação. Para Elba esta é a melhor etapa de sua vida, “estou rindo à toa numa paz infinita”. E perguntado se estar namorando, responde: “Estou dando um tempo para mim. Há dois anos estou feliz na castidade. Existe o assédio, mas nem olho. Virei essa página. Se Nossa Senhora quiser me mandar um bom José, aceito”, finaliza.
Elba se prepara para lançar o 31º álbum de sua carreira, o Vambora lá dançar, no Sesc Pompeia, em São Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org