LIÇÃO DE VIDA



Laurinha não sabia o que estava errado com sua avó, que ultimamente se esquecia de tudo: onde havia colocado o açúcar, quando teria que pagar as contas, e a que horas deveria tomar seu remédio...
Por isso, Laurinha resolveu perguntar para a mãe:
- Mamãe, o que está acontecendo com a vovó? Às vezes parece que ela está longe, se esquece de tudo ...
A mãe, carinhosamente disse:
- Vovó está muito velhinha, meu bem. Ela agora precisa de muito mais amor ainda.
Laurinha quis saber mais:
- Isto é que é ficar velha, se esquecer das coisas? Eu também vou esquecer de tudo quando ficar velha, mamãe?
A mãe, rindo da inocência da filha, falou:
- Não, nem todos se esquecem das coisas quando envelhecem, Laurinha. Sua avó tem uma doença chamada Mal de Alzheimer, e isto faz com que ela se esqueça de muitas coisas. Nós vamos colocá-la em uma casa de repouso onde poderá receber o cuidado apropriado.
Laurinha, preocupada, disse:
- Mas mamãe, isso é terrível! Vovó vai sentir falta de sua casa!
A mãe de Laurinha, tentou explicar:
- É, talvez. Mas não existe outra coisa que possamos fazer. Lá ela receberá os cuidados certos e vai fazer alguns novos amigos.
Laurinha olhou preocupada demonstrando não ter gostado nada da idéia, e quis saber:
- Vou sentir falta de conversar com a vovó, mesmo ela se esquecendo das coisas. Mamãe, eu vou poder ir visitar a vovó?
A mãe respondeu:
- Claro, nos finais de semana e você pode levar presentes para ela.
Um pouco mais animada, Laurinha disse:
- Como um sorvete? Vovó adora sorvete de morango!
A mãe concordou:
- Isso! Vamos levar sorvete de morango!
Então a avó de Laurinha foi levada para a casa de repouso.
Na primeira visita que fez à avó, na casa de repouso, Laurinha, quase chorando, falou para a mãe:
- Veja mamãe, todos estão em cadeiras de rodas...
Sua mãe, então, explicou:
- Tem que ser assim, querida. Senão, eles caem e se machucam. Agora, quando você estiver com a vovó, sorria e diga como ela está bonita.
A avó de Laurinha estava sentada em um local chamado "sala do sol". Ela olhava para as árvores do lado de fora.
Laurinha abraçou a avó e disse:
- Vovó, olha! trouxe um presente... o seu sorvete favorito ... de morango!
A idosa pegou o pote e a colher e comeu sem dizer uma palavra.
A mãe, tentando tranqüilizar a filha, falou:
- Tenho certeza que a vovó está gostando, querida.
Laurinha parecia não acreditar e disse:
- Mas parece que vovó não conhece a gente mais.
A mãe, então, explicou que ela deveria dar um tempo para a avó
que ainda se adaptava ao novo ambiente.
Porém, Laurinha se decepcionou ainda mais, pois a avó tinha a mesma reação a cada visita: comia o sorvete e nada dizia.
Certo dia, Laurinha resolveu perguntar para a avó:
- Vovó, você sabe quem eu sou?
A idosa respondeu:
- Você é a menina que me traz o sorvete.
Laurinha insistiu:
- Sim, mas eu sou Laurinha, sua neta. Você não se lembra de mim, vó?
Disse isso e abraçou a avó, que deu um pequeno sorriso e disse:
- Lembro. Você é a menina que me traz o sorvete.
De repente Laurinha percebeu que a avó nunca se lembraria, pois estava vivendo em um mundo todo seu, em um mundo sem memórias e de solidão. Com lágrimas nos olhos disse:
- Oh, vovó como eu te amo!
Nesse momento, Laurinha viu que havia uma lágrima caindo dos olhos da avó, que repetia:
- Amor, amor... eu me lembro do amor...
A mãe de Laurinha, atenta ao que acontecia, falou:
- Está vendo, querida? Amor é tudo o que ela quer.
Laurinha, mais convencida, falou:
- Então vou trazer o sorvete para ela todo fim de semana e vou dar muitos abraços nela mesmo que ela não se lembre de mim.
LIÇÃO DE VIDA:
O amor, o carinho, a atenção, são complementos importantes na cura de qualquer doença.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org