Estudos





OS NÓRDICOS E OS MEDITERRÂNICOS
O fenômeno das trocas e os primeiros impulsos comerciais
levantam, todavia, longa série de barreiras entre as relações desses povos.
De um lado, estavam os nórdicos e de outro permaneciam os
mediterrânicos, em luta acérrima e constante. A rivalidade acende nessas duas facções os fogos da
guerra, sob os céus tranqüilos do Velho Mundo. Uns e outros empunham
as armas primitivas para as lutas de extermínio e destruição das hostes
inimigas, e a linha divisória dos litigantes se alonga justamente no local
onde hoje se traçam os limites da França e da Alemanha contemporâneas.
É como se explica essa intensidade de aversão racial entre as duas
nações, contadas entre as mais progressistas e operosas do planeta. Tal
situação psicológica entre ambas haveria de tornar-se em fatalidade
histórica, oriunda dos atritos entre o Germanismo e a Latinidade, nas
épocas primitivas. O que se não justifica, porém, é a perpetuação dessas
animosidades no curso do tempo, pelo que se impõe, como imperativo
constante, a concentração de todos os pensamentos no objetivo da
fraternidade geral.

ORIGEM DO RACIONALISMO
Os arianos da Europa, como ficou esclarecido, não possuíram
grandes ascendentes religiosos na sua formação primitiva, em vista do
senso prático que os caracterizou nos primeiros tempos de sua
organização.
O racionalismo de suas concepções, a tendência para as ciências
positivas e o amor pela hegemonia e liberdade são, dessa maneira,
elucidados dentro da análise dos seus primórdios. Em matéria de religião,
quase todos os seus passos foram orientados pelos povos semitas e
hindus, mas, pelo cultivo da razão, puderam
aperfeiçoar a Ciência até às culminâncias das conquistas modernas.
O mundo, se muitas vezes perdeu com as suas inquietações e com
as suas lutas renovadoras, muito lhes deve pela colaboração decidida e
sincera no labor do pensamento, em todas as épocas e períodos
evolutivos.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org