Noticias do Meio


Homenagens em Santa Maria com "minuto de barulho"

Centenas de amigos e parentes de vítimas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), se reuniram na manhã desta quarta-feira, dia em que a tragédia completa um mês, para fazer "um minuto de barulho".
A homenagem às vítimas começou às 8h com um “buzinaço” pelas ruas da cidade e uma longa salva de palmas que durou três minutos.
Em seguida, os familiares se abraçaram. O ato terminou com um Pai-Nosso coletivo sendo rezado no centro da praça.
Irmão João de Deus, Kátia Casellato - Carta recebida no Centro espírita CEAMA dia 05/02/2013- São Paulo-SP
"As mães de Santa Maria...
Venho por meio desta esclarecer que o trabalho a ser realizado é muito grande. O evento que lhes ocorreu atingiu proporções inimagináveis.
O Brasil e o mundo se comoveu com tamanha dor. Seus filhos, jovens e cheios de sonhos foram como que arrancados de junto do seio de suas famílias e amigos, tamanha dor não pode existir para uma mãe. É como que se um pedaço de seus corações fosse arrancado.
Peço minhas queridas e abençoadas mães, tanto as que perderam seus filhos, quanto aquelas que observam sem nada poderem fazer, seus filhos em um leito de hospital, que tenham fé em Deus. Nada que acontece, ocorre por acaso. Aos culpados pela irresponsabilidade cabe a justiça do s homens.
A vocês e vossos adorados filhos caberá à misericórdia divina. Orem, chorem se precisarem, mais acreditem que isso não é o fim.
Os jovens, em sua maioria, ingressariam na universidade. Agora eles irão frequentar a escola divina do Pai-maior.
Todos foram socorridos e amparados. Recebem orações e iluminação de todas as partes do planeta.
Só ao Pai cabe julgar quem irá curar-se e quem seguirá o caminho da luz eterna.
Sei minhas queridas mãezinhas, que neste momento a dor e o rancor as assola. Procure manterem-se fiéis a crença que abraçaram, elas costumam ajudar muito nestas horas difíceis. Deus não as esqueceu, Ele sempre ampara, mesmo quando nos vemos envolvidos em uma tragédia que jamais imaginaríamos que pudesse acontecer conosco.
Mãezinhas, lembrem-se de cada sorriso de seus filhos, lembrem-se dos momentos felizes. Não mentalizem-nos em momentos de sofrimento e procurem sempre elevar seus corações em prece. N ão há nada que possa ser mais forte do que o amor materno, mais Deus em sua bondade infinita e inigualável poderá renovar suas esperanças e sua fé.

Não acreditem que aquele evento foi um término, apenas uma separação temporária e necessária. As famílias sempre estão juntas, seja em corpo ou espírito e logo todos estarão juntos novamente.
Não a toa esse evento ocorreu em uma cidade que leva o nome da mãe de Cristo. Ela bem sabe a dor de perder seu filho na cruz. Ela lhes amparará sempre.
Quando a saudade apertar muito forte, olhem para o alto e peçam a Deus e a Virgem Maria que a luz divina possa envolver seus filhinhos amados;
Não acreditem que a vida se encerra em um piscar de olhos.
As correntes de Maria estão amparando todos os que permanecem internados e em estado grave. Acreditem minhas queridas mãezinhas, o Pai Maior tem um propósito e Ele sabe o melhor para nós. Essa é uma oportunidade ideal para grandes transformações e ninguém passa por ela sem mudanças, portanto transformem esse sofrimento em bênçãos e iluminação para que possam elevar vossos espíritos.
Fiquem em paz, continuem orando e recordando os bons momentos. Isso dá força para os espíritos de seus filhinhos possam conquistar a tão desejada paz e conquistem o entendimento de tudo que ocorreu e que cada qual ali envolvido encontravam-se em resgate, provas e principalmente necessitavam reavaliar seus valores mais profundos.
Transformem suas lágrimas em ação, muitos ainda precisam de todo amor que possam carregar.
FAÇAM POR SEUS FILHOS...
Espero que essa carta chegue as mãezinhas amadas de Santa Maria
Graças a Deus"

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org