Noticias do Meio


PESQUISADORES INVESTIGAM BACTÉRIA QUE PODERIA SOBREVIVER EM MARTE
Pesquisadores investigam bactéria que poderia sobreviver em Marte

Um grupo internacional de pesquisadores, liderados pelo microbiólogo Andrew Schuerger, da Universidade da Flórida, descobriu que uma determinada bactéria, muito comum na Terra, possui uma resistência e capacidade de adaptação fora do comum, fato que talvez possa permitir sua sobrevivência em Marte, apesar da baixa pressão e da atmosfera gelada pelo dióxido de carbono do planeta vermelho.

Segundo um artigo publicado nas revistas Proceedings e Astrobiology, a bactéria em questão, chamada Serratia liquefaciens é encontrada na pele, no cabelo e nos pulmões dos seres humanos, além de peixes, organismos aquáticos, folhas e raízes de diversas plantas.

Neste estudo, os investigadores puderam comprovar que esta bactéria, que vive e se desenvolve no nível do mar (onde a pressão é de mil milibares), foi capaz de crescer em um ambiente experimental de laboratório, onde a pressão era de apenas 7 milibares, a mesma encontrada em Marte.

A novidade, contudo, levantou o alerta de que estes micróbios possam causar uma contaminação indesejada no planeta, porém, ao mesmo tempo abre portas para a busca de uma grande variedade de formas de vida que podem crescer e se desenvolver em Marte, além de suas possíveis e ainda desconhecidas aplicações.

Artigos relacionados

Universidade da Flórida

Revista Astrobiology



ERUPÇÃO SOLAR PODE PROVOCAR TEMPESTADE GEOMAGNÉTICA NA TERRA
Erupção solar pode provocar tempestade geomagnética na Terra

Uma erupção solar que se encaminha rumo à Terra a 600 km/s pode causar uma tempestade geomagnética, informou a Nasa na última quinta-feira. O fenômeno foi detectado pelo Observatório de Relações Terrestres (Stereo), da agência espacial norte-americana (Nasa).

A explosão foi identificada na última quarta-feira, e as partículas podem alcançar a Terra em até três dias, causando uma "tempestade geomagnética". Segundo a Nasa, contudo, é "pouco provável" que esta tempestade prejudique sistemas elétricos ou provoque interferências em satélites.

Artigo relacionado

Nasa

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org