Noticias do Meio



Chegada de novos tempos ou fim do mundo

Nesta sexta-feira a chegada da nova era maia será comemorada nos países centro-americanos terras desse antigo povo da cultura pré-hispânica marcada pela polêmica de que se trata do começo de novos tempo ou pelo temido apocalipse.
Uma era maia é composta de 13 ciclos, cada um denominado de B'aktun, e cada ciclo é concluído a cada 5.125 anos, segundo o calendário feito por essa civilização, que habitou os territórios que hoje são a Guatemala, Belize, Honduras, El Salvador e o sul do México, com uma história de aproximadamente três mil anos.
De acordo com a visão maia, neste dia 21 de dezembro terminará a era atual que foi iniciada em 3.114 a.C. e começará o primeiro B'aktun da era seguinte.
"O fim do período do quinto sol (que acontece hoje) dará passagem a uma nova era, na qual haverá mudanças positivas em todos os sentidos para a humanidade", segundo afirmaram sacerdotes e guias espirituais maias da Guatemala.
Independentemente da interpretação, a Organização Mundo Maya, que é integrada por México, Guatemala, Honduras, Belize e El Salvador, prepara-se para aproveitar o impulso artístico que gerará a mudança de era e espera um aumento de visitantes de mais de 10%.


Natal com Jesus

O Movimento Espírita de João Pessoa, Paraíba, realiza no dia 25 de dezembro o “Natal com Jesus”, com o objetivo de levar mensagens e preces a pessoas em situação  de rua e hospitalizadas.

O evento acontece em horários e lugares variados.

O movimento espírita de  João Pessoa e voluntários de outras denominações religiosas promovem, todos os anos, no dia 25 de dezembro o "Natal com Jesus" , programação esta que visa o resgate do genuíno espírito de Natal, indo ao encontro dos irmãos menos favorecidos neste mundo de prova e de expiações.

Mais informações (83) 8882-3540 e (83) 8896-4950 .


Medicina e Espiritualidade

A Associação Médico-Espírita e a Federação Espírita do Estado de Goiás se uniram em defesa da vida e apresentarão os Estudos de Medicina e Espiritualidade, Mecanismos da Mediunidade e palestra pública de Medicina e Espiritualidade  nos dias 21 e 28 de dezembro.

Wesley de Oliveira e Vicente Pessoa serão os facilitadores presentes no evento.

Noticias do Meio


FIM DO MUNDO AINDA ESTÁ LONGE, DIZ CIENTISTA DA NASA
Fim do mundo ainda está longe, diz cientista da Nasa

Ainda não será desta vez que o mundo acabará, de acordo com o cientista da Nasa, David Morrison, especialista em vida no espaço. De acordo com ele, o “apocalipse” da Terra será bem mais lento do que se imagina. De acordo com o pesquisador, "a ideia de que o mundo acabará subitamente, por uma causa qualquer, é absurda".

Ele diz que será necessário esperar muito tempo até que o Sol, por exemplo, torne a Terra inabitável. Isso deverá acontecer dentro de cinco bilhões de anos, quando o Astro se transformará em um "gigante vermelho". Até lá, contudo, Morrison não acredita que algum asteroide ou uma tragédia geológica conhecida pudesse destruir a Terra completamente.

Ele acrescenta que mesmo que caísse na Terra um asteroide similar ao que causou a extinção dos dinossauros, há 65 milhões de anos – um objeto de 10 a 15 quilômetros de diâmetro – isso não seria suficiente para acabar de vez com a vida no planeta.

Contudo, o cientista lembra que a maior inquietação é com a mudança climática. Catástrofes naturais, secas, tempestades, chuvas torrenciais se tornariam mais frequentes e intensas com o aumento das temperaturas mundiais.

Artigo relacionado

Nasa

Lição de Vida


Um lenhador percorria há anos a mesma floresta. Todos os dias ele observava com cuidado as árvores e cada detalhe da mata que faziam com que seu trabalho fosse o mais produtivo possível. E, assim, ele ia ganhando seu sustento com determinação e paciência.
Certo dia, o lenhador encontrou um sábio meditando na floresta, e os dois começaram a conversar. O lenhador resolveu contar como era difícil seu trabalho diário, sua cansativa rotina de cortar a lenha, carregá-la até a cidade e encontrar um comprador para conseguir algum dinheiro.
Durante a conversa, o sábio perguntou se ele conhecia toda a floresta.
O lenhador respondeu:
- Mais ou menos... 
O sábio, então, falou:
Avance, meu filho, existem muitos tesouros esperando por você! 
Durante anos, quando os dois se encontravam, a saudação do sábio era sempre a mesma:
Avance, meu filho, ainda existem muitos tesouros esperando por você! 
Certa vez, o lenhador, decidiu seguir os conselhos do sábio e entrou na floresta, numa área ainda não explorada.
Ele olhou ao redor e ficou Maravilhado. Tudo o que via era diferente; os animais, as árvores e as flores. Para sua surpresa, ele encontrou uma mina de prata. Apanhou um pouco e, com a venda, conseguiu dinheiro suficiente para sobreviver uma semana.
Então, todas as semanas ele ia até a floresta, feliz com a mina de prata, pois tudo de que precisava era trabalhar uma vez por semana. Porém, sempre que encontrava o sábio, continuava ouvindo o mesmo conselho:
Avance, ainda existem muitos tesouros esperando por você !
Até que um dia o lenhador resolveu aceitar a provocação do sábio e foi além da mina de prata, passando por outras vegetações e, se deparou com uma mina de ouro. Extraiu o quanto pôde e depois vendeu
no mercado da cidade.
Era a maravilha das maravilhas, pois ele tinha dinheiro
para um ano de vida.
Todos os anos, agora ex-lenhador, ia até a floresta, feliz com a mina de ouro, pois só precisava trabalhar uma vez por ano. Mas continuava encontrando o sábio que repetia para ele:
Avance, ainda existem muitos tesouros esperando por você! 
Mas o ex-lenhador estava muito tranqüilo, pensava que já tinha conseguido tudo o que poderia imaginar.
Até que novamente resolveu aceitar a provocação do sábio e foi além da mina de ouro, chegando até um local onde encontrou uma mina de diamantes. Pegou a pedra mais linda que encontrou, a levou até a cidade e conseguiu dinheiro para nunca mais precisar de trabalhar.
Muitos anos depois, contando para seu filho a história da sua riqueza, ouviu a seguinte pergunta:
Pai, por que você continua indo à floresta todos os dias, mesmo sem
precisar mais de dinheiro? 

O homem, olhou carinhosamente para o filho e disse:
Eu gosto de pensar que sempre existe um novo tesouro para encontrar!


LIÇÃO DE VIDA:
O empreendedor sempre tem o senso de procurar um tesouro no próximo movimento. Isso alimenta seu espírito e aquece seu coração.
Sucesso é conhecimento colocado em ação.
Lembre-se do que disse o sábio:
Avance! Ainda existem muitos tesouros esperando por você!

Imagens que passam em nosso Tumblr







Evangelho Segundo o Espiritismo (18)


Ha dois mil anos 09

Obrigado!!!


Reapresentação da mini série Ha dois mil anos,é sucesso no Aurora Boreal

Evangelho Segundo o Espiritismo (16)


Imagens que passam em nosso Tumblr







Noticias do Meio


Barack Obama posta foto brincando com um menino vestido de Homem Aranha na Casa Branca no mesmo dia em que a revista ‘Time’ o anunciou como a ‘Personalidade do Ano’

O presidente reeleito dos Estados Unidos, Barack Obama (51), postou em seu perfil no Facebook uma foto em que aparece brincando com um garotinho, filho de um funcionário da Casa Branca, vestido com uma fantasia do personagem Homem Aranha.

“Presidente Obama é pego na teia do Homem Aranha”, dizia a legenda da foto, tirada em frente ao Salão Oval pouco antes do Haloween deste ano.

A foto foi postada nesta quarta-feira, 19, dia em que a revista Time publicou a edição em que nomeou o presidente a Personalidade do Ano de 2012.

“Estamos no meio de transformações históricas, culturais e demográficas e Obama é símbolo e, de certa forma, arquiteto dessa nova América”, disse Rick Stengel, editor da revista, ao fazer o anúncio da escolha da publicação.

Esta é a segunda vez que a revista elege Obama como Personalidade do Ano. Em 2008, quando foi eleito presidente pela primeira vez, ele também foi a escolha da Time para o título.

Noticias do Meio



Praia de Copacabana terá clube fechado com vista para o mar

Clube VIP funcionará no Forte de Copacabana, em área do Exército.
Preços para desfrutar desse 'luxo' variam de R$ 60 a R$ 200 por pessoa.


Projeto de clube VIP que funcionará dentro do Forte de Copacabana  (Foto: (Divulgação))Projeto de clube VIP que funcionará dentro do Forte de Copacabana (Foto: Divulgação)
 Apartir do dia 28 de dezembro, tanto os cariocas, quanto os turistas que estiverem pelo Rio, terão, além das habituais praias, uma forma diferente – e luxuosa – de aproveitar o verão na cidade. O Forte de Copacabana, na Zona Sul, abrigará o Aqueloo Beach Club, um clube pago, que oferecerá aos seus frequentadores opções de alta gastronomia e prazeres sofisticados como banheira de hidromassagem com vista para o mar. O trecho da praia utilizado para o empreendimento pertence ao Exército Brasilieiro.
Para desfrutar do clube VIP, é preciso desembolsar, ao menos, R$60 (às quintas e sextas-feiras são revertidos em consumação). Este é o valor mínimo para entrar no clube, que terá gastronomia assinada pelos chefs Monique e Pedro Benoliel. O cardápio terá pratos como camarões grelhados com molho picante de limão e alho, lagostas, encondidinho de bobó de camarão e uma “ilha” de ceviche – prato peruano baseado em peixe cru marinado – servida com diferentes molhos, de acordo com a escolha do cliente.
O novo “point”, com capacidade para receber até 500 pessoas por dia, receberá DJs brasileiros e estrangeiros que tocam diversos estilos de música eletrônica, entre eles lounge music, deep house, low BPM, house, NU disco e tech house.
O Aqueloo Beach Club é um empreendimento de Daniel Barcinski, o mesmo empresário que trouxe à cidade, em 2009, o projeto “Roda Rio 2016”. Na época, uma roda-gigante foi colocada dentro do Forte de Copacabana e, do alto, era possível ver toda a praia.
Embora a Lei nº 7.661/88 assegure “o livre e franco acesso às praias e ao mar” – o que impossibilitaria a cobrança de entrada no espaço – o trecho onde o clube funcionará é propriedade do Exército Brasileiro. Por isso, a área foi arrendada ao empreendimento até março de 2013.
Serviço:
Quando: Quintas, sextas, sábados e domingos, das 10h às 20h.
Quando: Quinta e sexta - Masculino R$ 120 (Consumação)/ Feminino R$60 (Consumação).
Sábado e domingo - Masculino R$200 (Entrada) / Feminino R$70 (Entrada)
Onde: Forte de Copacabana - Praça Coronel Eugênio Franco, 1 - Copacabana

Noticias do Meio



Cidades místicas e hotéis oferecem refúgio para o 'fim do mundo'

Povoados estão sendo 'invadidos' por visitantes que buscam proteção.
Pacotes temáticos também são opção para preocupados e curiosos.

Pequenos povoados com fama de místicos despertaram neste mês um interesse fora do comum ao redor do mundo. Eles estão recebendo um número de visitantes muito maior do que de costume, que acreditam na profecia maia de que o mundo acabará no dia  21 de dezembro de 2012 - e no poder que essas localidades possuem de protegê-los de uma catástrofe iminente.
Um desses povoados, Sirince, na Turquia, espera receber cem vezes mais visitantes do que seu número de habitantes (600). Outra, Bugarach, na França, terá seu acesso restringido pelo governo para evitar uma "invasão" ainda maior de gente. No Brasil, a cidade de Alto Paraíso, em Goiás, tem capacidade para apenas 3.000 turistas, mas espera 15 mil visitantes no dia do  suposto "apocalipse". 

Nas regiões onde viveram os maias, no México e na América Central, governos preparam festas e queimas de fotos em sítios arqueológicos, e hotéis oferecem descontos em pacotes temáticos para a data.

Conheça o que oferecem seis desses "refúgios" que atraem adeptos do fim do mundo ou apenas curiosos que querem aproveitar os festejos da data.
Sirince (Turquia)
Sirince, cidade da Turquia  (Foto: Gary Yeowell/Gettyimages)Sirince, povoado de 600 habitantes na Turquia, que espera 60 mil pessoas (Foto: Gary Yeowell/Gettyimages)
A pequena vila de apenas 600 habitantes no oeste da Turquia espera receber 60 mil visitantes na semana do dia 21. Pessoas que creem na profecia maia já começaram a procurar o lugar porque afirmam que ele é cheio de energia positiva e, por isso, vai salvá-las do apocalipse. Segundo elas, a cidade é especial porque se trata de uma área próxima de onde os cristãos acreditam que a Virgem Maria teria ascendido ao céu.

A vila tem hotéis de luxo que atraem a classe alta turca e é também conhecida por seu vinho. Um dos comerciantes da área, inclusive, criou o "vinho do apocalipse”, especial para esta época. Surpresos com a repercussão internacional, moradores dizem que que é a primeira vez que há um interesse tão grande pelo local durante a temporada de inverno. O site internacional de busca de passagens Skyscanner afirma que a procura por passagens aéreas -- somente de ida -- para essa região na semana do dia 21 e 30% maior do que para a semana anterior.
Bugarach (França)
O pico Bugarach, na França, em foto de novembro de 2012 (Foto: AFP)O pico Bugarach, na França, em foto de novembro de 2012 (Foto: AFP)
O povoado de 188 habitantes, situado em uma montanha de 1.231 metros no sul da França, é outro que já está recebendo adeptos das teorias apocalípticas. Ninguém sabe onde surgiu a teoria de que o local seria um refúgio para o fim do mundo, mas alguns acreditam que a montanha servirá como pista de aterrissagem para uma nave de extraterrestres que salvará algumas pessoas escolhidas.
O governo francês afirma que o interesse esotérico por Bugarach é uma farsa construída ao redor de rumores, e afirmou que vai proibir o acesso ao local no dia 21, para evitar problemas de ordem pública. Alguns habitantes já estão se aproveitando do interesse pela cidade e cobram 2.500 euros por barracas para acampar em florestas próximas ou até 2.950 euros por "autênticas pedras do pico de Bugarach".

América Central
Hotel Mayakoba, na Riviera Maia, México (Foto: Divulgação)O Hotel Fairmont Mayakoba, no México, que terá pacote de "renascimento" (Foto: Divulgação)
Para muita gente, não há melhor lugar para passar o fim do mundo do que o berço onde a profecia surgiu. México, Guatemala e Belize, três dos países onde viveram os maias, esperam milhares de turistas para as celebrações especiais para a data, que incluem festivais, fogos de artifício e festas em meio às ruínas maias. Apenas na Guatemala o governo planejou eventos especiais em 13 sítios arqueológicos, principalmente no de Tikal.
Hotéis e resorts nesses países também têm suas ofertas e programações em homenagem ao dia 21. O Hamanasi Adventure & Dive Resort, em Belize, por exemplo, criou um “pacote do fim do mundo”. Ele inclui, além de oito noites de hospedagem, diversas atividades típicas, como visita a pirâmides e ruinas e almoço com uma família maia.
O hotel Fairmont Mayakoba, na Riviera Maia, no México, batizou seu pacote de “experiência de renascimento”. Ele inclui tratamento purificante com argila maia, menu com comidas típicas, tour guiado pelos rios subterrâneos pré-colombianos e outras atividades ligadas ao tema. As crianças poderão aprender noções do idioma maia e converter-se em um guerreiro como os daquela época.
Alto Paraíso (Goiás)
Monumento em Alto Paraíso de Goiás lembra uma nave espacial (Foto: Elisângela Nascimento/G1)Monumento em Alto Paraíso lembra uma nave espacial (Foto: Elisângela Nascimento/G1)
O Brasil também tem seu refúgio contra o fim do mundo. Cercada de misticismo, a cidade de Alto de Paraíso, em Goiás, se prepara para receber ao menos 15 mil turistas na época do dia 21, mais do que o dobro da população local, que é de 6.885 habitantes. Como a capacidade do município é de 3.000 visitantes, serão solicitados reforços no atendimento médico e na segurança pública para a data.

Cortada pelo paralelo 14, que também atravessa Machu Picchu, no Peru, Alto Paraíso está em cima de uma placa enorme de quartzo, de 4.000 m², cercada por rochas e paredões. Para os místicos, a força dos cristais protege a cidade contra qualquer profecia apocalíptica. Como a cidade está a 1.300 metros acima do nível do mar, reforça-se a crença de que quem está lá fica protegido de qualquer desastre natural. 
Hotel Jalta (República Tcheca)
Abrigo fo Hotel Jalta, em Praga (Foto: Divulgação)À esqueda, sala do 'bunker' do Hotel Jalta; à direita, mini-hospital dentro do mesmo abrigo (Foto: Divulgação)
Quem quiser um lugar seguro para se proteger das possíveis catástrofes que atingirão o planeta no dia do fim do mundo pode se refugiar neste hotel histórico de Praga, que possui um "bunker" subterrâneo, com paredes reforçadas de concreto à prova de contaminação radioativa e bombardeios aéreos.
O abrigo tem espaço para 250 pessoas e possui um tanque que já foi usado para extrair água potável ou para uso em tratamentos médicos em caso de ataque à então Tchecoslováquia. O local tem também uma passagem secreta que leva a um mini-hospital, montado nos primeiros anos de uso do "bunker".
Hotel Keating, em San Diego (Foto: Divulgação)Hotel Keating, em San Diego (Foto: Divulgação)
Hotel Keating (San Diego, EUA)
"Que melhor desculpa para umas férias do que um apocalipse iminente?" Com estas palavras, o hotel americano convida os turistas a adquirirem sua promoção de fim do mundo.

Quem se hospedar lá por duas noites vai poder participar de atividades de sobrevivência como um “treinamento físico militar para combater zumbis” em um clube de ginástica da cidade, uma expedição pela natureza local "para mapear rotas de fuga" e um tour por fazendas para aprender dicas de atividades auto-sustentáveis.

Para finalizar, os hóspedes poderão comer um “último jantar único” em um dos restaurantes do hotel. O pacote custa a partir de US$ 666

Noticias do meio


Casa do Papai Noel em Brasília tem neve artificial e 200 mil lâmpadas

Empresária leva seis meses para decorar casa de madeira da família.
Visitantes contribuem com cestas básicas para famílias carentes. 



Neve arficial é uma das atrações das visitas à casa de Papai Noel, no Park Way, em Brasília (Foto: Edgard Cesar/Divulgação)A neve artificial é uma das atrações da visita à casa de Papai Noel, no Park Way, em Brasília (Foto: Edgard Cesar/Divulgação)
Durante dois meses, a empresária Elisabeth Sales transforma uma casa, no bairro do Park Way, em Brasília, em residência de Papai Noel. A casa de madeira, construída pela família para os fins de semana, vira ponto turístico na época do Natal. Até a última quinta-feira, mais de 1,5 mil  pessoas já tinham visitado o espaço.
Na cozinha, a geladeira vermelha lembra o Natal. O banheiro também ganhou decoração especial. A decoração tem dois presépios, um deles no jardim (Foto: Káthia Mello/G1)Na cozinha, a geladeira vermelha lembra o Natal. O banheiro também ganhou decoração especial. A decoração tem dois presépios, um deles no jardim (Foto: Káthia Mello/G1)
O encanto e a magia do Natal estão na iluminação, que foi montada com cerca 200 mil lâmpadas, na decoração que usa aproximadamente 500 papais noéis, além de duendes, fadas e centenas de enfeites que a empresária vem colecionando ao longo de 20 anos.

Este ano, a decoração começou a ser montada em junho. A visitação foi aberta no dia 1º de novembro e vai até o dia 20 de dezembro. As visitas só podem ser agendadas pela internet. O espaço é aberto aos visitantes mediante doação de uma cesta básica para famílias carentes. A noite de Natal é dedicada à festa com a família e amigos.
O público pode visitar os cômodos decorados da casa e o jardim. Uma das atrações é a neve artificial, produzida por duas máquinas. A decoração é feita pela empresária, uma amiga decoradora e uma funcionária. Para economizar energia, o marido de Elizabeth a presenteou este ano com um gerador, com capacidade para iluminar um prédio de até 30 andares.
Todos os cômodos da casa de quatro quartos e a área verde do exterior ganham luzes e enfeites. A piscina recebe luzes. No jardim, um presépio com imagens de barro, produzidas por uma artista do interior de Minas Gerais, é destaque. Um caminho de anjos iluminados recebe os visitantes. Os quartos são decorados com fadas e ursos. Nas quatro árvores de Natal, decoração com temas infantis e tradicionais. Até no banheiro, bonecos divertidos e estilizados lembram Papai Noel.
  •  
Em um dos cômodos a decoração é de ursos  (Foto: Edgard Cesar/Divulgação)Em um dos cômodos a decoração é de ursos (Foto: Edgard Cesar/Divulgação)
Segundo Elisabeth, a decoração e o espírito natalino sempre estiveram presentes na vida dela. Ela conta que aprendeu com a mãe a valorizar o encanto do Natal. "Minha mãe respeitava o ritual do presépio. Lembro que meus olhos brilhavam quando era convocada para participar. Ainda hoje lembro que ela falava do sapatinho na janela para que as renas viessem se alimentar. Enquanto eu der conta, vou fazer essa alegria."
G1 acompanhou as visitas na casa encantada de Papai Noel. "Recebemos cerca de 200 pessoas por noite. Nos finais de semana é a vez dos orfanatos", explica Pedro Sales, filho de Elisabeth, que ajuda a mãe a receber os convidados. A visitação é durante a semana e acontece das 19h30 às 23h.
Na decoração, a mesa está montada para a ceia  (Foto: Edgard Cesar/Divulgação)A montagem da mesa para a ceia de Natal é permanente
(Foto: Edgard Cesar/Divulgação)
Nelci Cudo visitou a casa no fim de semana acompanhando a visita de um orfanato. Ficou tão encantada que decidiu voltar para e levar a neta, Mariana, de três anos. "O gesto de abrir a casa para o público é maravilhoso e dá a oportunidade de conhecer algo tão bonito", disse.
Elizabeth diz que agora vai fazer a decoração a cada dois anos. O projeto é catalogar todo o material que é usado e também preparar um livro que vai contar as histórias dos visitantes.
Ela diz que as reações são variadas e, algumas vezes, emocionantes. "Eu lembro de uma senhora, de 86 anos, que disse que não gostava de Natal e tinha vindo aqui convidada por amigos. Ela me disse no final que ia sair daqui e comprar pelo menos um arranjo de Natal. É muito bom conseguir passar essa mensagem de alegria.
"

Noticias do meio


Top 7 motivos para você acreditar que existe vida em outros planetas 

Nós ainda não temos evidências de vida extraterrestre, mas nem por isso deveríamos desistir da possibilidade.
Os motivos para continuar acreditando e procurando são vários – ainda que eles talvez não sejam seres verdes de olhos grandes.
1. Extremófilos na Terra
Geralmente, procuramos vida em planetas razoavelmente habitáveis, sem condições extremas. Mas os extremófilos, formas de vida extremamente resistentes, existem para nos mostrar que talvez não devêssemos ignorar planetas e luas muito quentes, gelados, tempestuosos ou instáveis, pois aqui mesmo na Terra, em locais inóspitos como o cume dos Andes e as bordas de vulcões submarinos, bactérias incrivelmente resistentes podem ser encontradas.
Esses microrganismos conseguem sobreviver em ambientes venenosos. Essa é uma prova de que formas de vida poderiam estar perambulando por planetas e luas aparentemente vazios. Nós apenas não as encontramos ainda.
2. Evidência de precursores químicos à vida em outros planetas e luas
  Uma das teorias da origem da vida na Terra aponta seu surgimento em reações químicas que podem ter criado membranas celulares e proto-DNA, mas elas também podem ter começado com complexos compostos orgânicos como ácidos nucleicos, proteínas, carboidratos e lipídios, tanto na atmosfera quanto nos oceanos.
Já existem evidências de que esses precursores da vida existem em outros planetas e luas, com presenças comprovadas em Titã, lua de Saturno; e a Nebulosa Órion. Não é vida propriamente dita, mas é um ingrediente crucial para que ela surja – foi crucial para a vida terrestre, pelo menos.
3. Crescente número de planetas parecidos com a Terra
Na última década, foram descobertas centenas de exoplanetas (planetas fora do Sistema Solar). Alguns eram gigantes gasosos como Júpiter, mas outros são menores e rochosos como a Terra. Alguns ficam na zona de “Goldilocks”, uma área com temperaturas propícias para a vida em volta de estrelas – a Terra orbita em uma dessas zonas, por exemplo. Quanto mais planetas descobrirmos, mais locais propícios para a vida deverão aparecer, consequentemente.
4. Grande diversidade e tenacidade da vida na Terra
A vida na Terra venceu um desafio ao surgir, mas venceu vários outros ao longo da história, como megaerupções vulcânicas, quedas de meteoros, eras do gelo e outras condições climáticas e geológicas extremas.
  E ainda por cima, a vida mostrou-se mais capaz do que se poderia imaginar e criou milhões de formas diferentes em um período de tempo relativamente curto. Se aqui a vida sobreviveu e ainda se diversificou, por que não poderia em outros lugares?
5. Mistérios sobre a origem da vida na Terra
Já mencionamos acima que a vida pode ter surgido com reações químicas, mas ainda não sabemos como elas ocorreram e nem como sobreviveram aos momentos difíceis que nosso planeta atravessou desde então.
Uma teoria defende que as primeiras formas de vida terrestre surgiram em outros planetas, como Marte, e vieram para cá de carona com cometas – é a teria da Panspermia Cósmica.
6. Evidências de que oceanos e lagos são comuns em planetas do Sistema Solar
A teoria mais aceita sobre a origem da vida na terra dá conta que ela surgiu nos oceanos, e as outras geralmente envolvem a água da mesma forma. Logo, encontrar água em outros lugares é um estímulo a novas investigações.
  Marte tem fortes evidências da presença de ‘corpos d’água’ no passado, e a já mencionada Titã tem rios e mares  de metano correndo pela superfície. Europa, uma lua de Júpiter, pode ser um gigantesco oceano aquecido pelo núcleo da lua e coberto por uma camada espessa de gelo. São mundos que podem conter ou ter contido vida.
7. Teoria evolutiva
As pessoas usam o paradoxo de Fermi para explicar que a vida fora da terra nunca será encontrada. No lado oposto delas, está a teoria evolutiva, que sugere que a vida se adapta ao ambiente em que se encontra.
Darwin não estava pensando exatamente em extremófilos quando pensou nisso, mas, de qualquer maneira, não seria errado pensar que, onde a vida existe, ela provavelmente continuará até quando for possível. E quando falamos em ambientes, falamos também do espaço sideral. Pode ser que a vida exista em lugares que nós jamais pensaríamos em procurar.

Ha dois mil anos 07


Há 2000 Anos capitulo 07

 Aurora Boreal.

Noticias do meio


O Calendário Maia


Este calendário é uma combinação de datas e fatos de batalhas míticas e desastres naturais que marcaram o desenvolvimento da cultura, com base em ciclos agrícolas e movimentos de estrelas como o Sol e Vênus.

O calendário não determina somente a ordem dos dias. Em torno dele foram organizados também os feriados religiosos, períodos de cultivo e colheita, a escolha de nomes para recém-nascidos, sacrifícios humanos e outros aspectos importantes da cultura maia.

Cossío diz que o fim da contagem de tempo é simplesmente o fim de um ciclo de pouco mais de 5 mil anos.

Mas os maias não têm uma visão linear da história, onde há um fim irrefutável. Sua visão é cíclica, ou seja, algo termina para o início de outra coisa.”

De onde vêm as profecias?

As interpretações de que o fim do mundo ocorreria no dia 21 de dezembro de 2012 partiram de dois monumentos maias: a Estela 6 (uma espécie de totem), do antigo assentamento de Tortuguero (no Estado de Tabasco, no sul do México) e a Estela 1 de Cobá, em Quintana Roo.

Além disso, a próxima sexta-feira é o último dia do calendário criado pelos maias. Ou seja, não há registro do que viria depois disso.

Noticias do meio


Poema de Natal


Antes dele tudo eram sombras de ignorância, de astúcia e de perversidade.
O ser humano encontrava-se reduzido à condição de escravo, contorcendo-se em sofrimentos inimagináveis.
A Sua chegada à Terra, precedida pelos cânticos sinfônicos dos seres angélicos e dos mensageiros da paz, criou uma psicosfera até então desconhecida, iniciando-se um período especial para a sociedade.
Espontâneo como as aragens perfumadas do amanhecer, Ele chegou suavemente e se instalou nos corações.
Nobre como uma labareda crepitante, Ele deu início ao incêndio que faria arder as construções do mal.
Gentil como o sorriso das flores, derramou claridades diamantinas, vencendo a escuridão vigente.
Bom como um favo de mel, adoçou as vidas que defrontou pelos caminhos, que passaram a cultivar a bondade e o amor em Sua memória.
Terno como a esperança, enriqueceu de alegria todos aqueles que se Lhe acercaram.
O Seu Natal é o poema de alegria que vem dos Céus na direção da Terra atormentada, tornando-se um hino de perene beleza, que se sobrepõe à algazarra da zombaria e à balbúrdia do sofrimento...
Ninguém, que jamais se Lhe equipare, na forma como veio e na maneira como permaneceu no meio da perturbada multidão.
A música dos seres celestes na Sua noite assinalou com insuperável sonoridade o planeta.
É verdade que, depois dEle, ainda permaneceram idênticas paisagens morais no mundo...
A diferença, porém, consiste no conhecimento que Ele propiciou para que todos aqueles que desejem vida, a tenham em abundância.
Alargou as fronteiras da vida para além da morte e fez-se ponte para vencer o aparente abismo existente, possibilitando a conquista da plenitude.
O Natal de Jesus é, desse modo, o momento culminante dos esponsais do ser humano com a Consciência Cósmica.
A partir dessa ocasião sublime, a criatura humana passou a dispor dos equipamentos e recursos específicos para a aquisição da felicidade, em qualquer situação em que se encontre.
Já não lhe devem importar em demasia as coisas, a aparência, os petrechos que ficam ao lado do corpo, mas os tesouros inapreciados, que são os sentimentos edificantes, os pensamentos ditosos, as ações amorosas.
Neste Natal, canta um poema de amor a Jesus, celebrando-Lhe o aniversário com a tua transformação moral para melhor, mantendo a tua aliança com Ele e levando-O em forma de bondade e de misericórdia a todos aqueles que cambaleiam nas sombras da dor, da revolta e do esquecimento social...
Comemora, pois, o teu Natal, de forma diferente, recordando-te da singela manjedoura que se transformou com Ele em um palácio sideral.
Não deixemos que as atribulações da época das festas - quando temos tanto a providenciar – tomem o lugar da fraternidade, da reflexão e da lembrança do Menino Jesus.
Não deixemos de convidar o Aniversariante para nossas comemorações. Sem Ele, nada terá sentido...
Redação do Momento Espírita, com base no cap. 30, do livro Atitudes renovadas, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org