Frase do dia


A hora e a vez do Rei Roberto carlos - Meu querido, meu velho, meu amigo

CONTATO EXTRATERRESTRE - Caso Trindade

Vida Além da Vida 174

Divaldo Responde 013

Gloria Estefan - Turn the Beat Around (12" Remix)

Frase do dia


Programas que Amamos

Banner da página de programas

Questões do "O Livro dos Espíritos" -
Ouça

Noticias do Meio


EME – Projeto da Uniespírito junto com a FEAL


O médico e coordenador da Uniespírito, Dr. Sergio Felipe, e a Fundação Espírita André Luiz, anunciaram o primeiro projeto da Uniespírito, a Escola de Medicina e Espiritualidade – EME. No início, ouve a participação artística do Coro Luther King.
A EME tem como objetivo o desenvolvimento ao entendimento do domínio espiritual e suas implicações na medicina e na saúde.
A UNIESPIRITO é uma Universidade Livre e aberta, voltada para a capacitação, pesquisa e projetos de ação social envolvendo os modernos avanços da Ciência na integração com a Espiritualidade.
A Ciência Oficial já construiu bases suficientes para a mudança de paradigmas. O materialismo não obteve a comprovação esperada por seus adeptos e as pesquisas científicas em Medicina, na Física, na Sociologia, na Psicologia e outras áreas, caminham a passos largos anunciando sua incursão no Sistema Espiritual. Isto já é realidade!
Nas bases da integração entre Ciência e Espiritualidade estão os postulados do amor, da solidariedade e da paz; todo investimento em Educação, Pesquisa e Ação Social deve apontar para esta direção.
As pesquisas sobre Espiritualidade devem buscar entender o Fenômeno Natural no universo de muitas expressões culturais e religiosas entendendo-se mais além com amplos recursos das conquistas científicas contemporâneas.
Para mais informações no site www.uniespirito.com.br

Noticias do meio


Regina Duarte é estrela da Campanha do Mercatudo Casas André Luiz


A nova campanha do Mercatudo Casas André Luiz chamada “Doar faz bem, mas em bom estado faz bem mais” foi lançada em um coquetel na noite da última quinta – feira, 06 de dezembro, e contou com a presença ilustre da atriz Regina Duarte e da imprensa.
As Casas André Luiz realizam anualmente 195 mil atendimentos a 1600 pacientes. Com o novo Ambulatório, localizado próximo ao Metrô Santana (SP), serão 300 mil atendimentos por ano para mais de 3500 pacientes. As obras do Ambulatório iniciaram em agosto de 2012 e  está prevista para ser  concluída em 2014.
O Mercatudo foi criado há 57 anos para com o objetivo de arrecadar fundos para as Casas André Luiz, reaproveitando todos os materiais recebidos em doação, é uma fonte geradora de renda para as despesas do tratamento da deficiência intelectual. Atualmente 300 toneladas de materiais são reciclados diariamente. Os materiais não utilizados pela Instituição são vendidos em 10 lojas localizadas em Guarulhos, Osasco, São Miguel Paulista, Santo Amaro, Campinas e Sorocaba.
A atriz Regina Duarte gravou em 2010 o primeiro comercial com mais 22 artistas para a Campanha “Eu ajudo a Construir”. Em  2011, foi escolhida pelos pacientes da Instituição para ser a  Madrinha das Casas André Luiz.
A talentosíssima Regina se entregou pela causa dos deficientes intelectuais que as Casas André Luiz atendem e no mesmo ano, comovida com a Campanha da Construção do Novo Ambulatório, a atriz contribuiu para a liberação burocrática do projeto junto a prefeitura de São Paulo.
A campanha “Doar faz bem, mas em bom estado faz bem mais”, será veiculada nos canais de rádio e televisão abertos e fechados em todo o território nacional, além da internet.
Para mais informações acesse www.casasandreluiz.org.br ou ligue 2457-4312
Para doações ligue 2459-7000 ou acesse www.mercatudo.org.br

Noticias do Meio


Descoberto dinossauro mais antigo da Terra que teria vivido há 245 milhões de anos

DESCOBERTO DINOSSAURO MAIS ANTIGO DA TERRA QUE TERIA VIVIDO HÁ 245 MILHÕES DE ANOS


Pesquisadores encontraram o que pode ser o mais antigo dinossauro que já caminhou sobre a face da Terra. O misterioso fóssil, até então escondido por décadas nos corredores do Museu de História Natural de Londres, foi identificado como um dinossauro que viveu há aproximadamente 245 milhões de anos, ou seja, 10 a 15 milhões de anos antes do que o fóssil mais antigo já descoberto.

O animal, do tamanho aproximado de um cachorro labrador, foi batizado de Nyasasaurus parringtoni por conta do seu local de descoberta, o Lago Nyasa, no sul da África (hoje chamado Lago Malawi) e também por causa do pesquisador Rex Parrington, da Universidade de Cambridge, que recolheu o fóssil nas proximidades do lago na década de 30.

O fóssil foi analisado por pesquisadores nos anos 50, mas nenhum estudo conclusivo chegou a ser publicado. Desta maneira, os fragmentos encontrados seguiram um mistério para os pesquisadores até que, recentemente, algumas de suas características foram comparadas com as de uma amostra similar do Museu Iziko, na Cidade do Cabo, na África do Sul.

De acordo com os pesquisadores, os fragmentos do Nyasasaurus indicam que seus ossos do braço e quadril possuem características únicas dos dinossauros. Com isso, foi se tornando cada vez mais real a possibilidade de que os cientistas estavam diante de um animal próximo à origem dos dinossauros. Os pesquisadores acreditam que este dinossauro ficava de pé, media de dois a três metros de comprimento da cabeça à cauda e pesava entre 20 e 60 quilos.

Quando vivo, este dinossauro teria habitado a área da Pangeia do sul, que compreendia a África, América do Sul, Antártida e Austrália. O estudo sobre este animal foi publicado na revista Biology Letters.

Artigo relacionado

Biology Letters

Lição de vida



Havia uma fazenda, onde os empregados viviam tristes e isolados. Todos trabalhavam pesado na roça do Seu Juliano Arruda, um homem rico, poderoso, que exigia bastante dedicação dos funcionários, que por sua vez, achavam merecer salários melhores.
Um dia chegou na fazenda um novo empregado chamado Antônio. Era um jovem agricultor em busca de trabalho. Como todos os outros empregados, recebeu uma velha casa onde iria morar enquanto trabalhasse ali.
Antônio, ao ver aquela casa suja e largada, resolveu dar-lhe vida nova. Pegou uma parte de suas economias, foi até a cidade e comprou algumas latas de tinta.
Chegando em casa, cuidou da limpeza, lixou as paredes e as pintou com cores alegres, brilhante, e por fim, colocou flores nos vasos. Aquela casa limpa e arrumada começou a chamar a atenção de todos que passavam.
Antônio estava feliz por trabalhar na fazenda. Os outros trabalhadores, curiosos com as atitudes do agricultor, lhe perguntavam:
- Como você consegue trabalhar feliz e sempre cantando com o pouco dinheiro que a gente ganha?
Antônio olhou para os amigos e disse:
- Bem, este trabalho, hoje, é tudo o que eu tenho. Ao invés de reclamar, prefiro agradecer por ele. Quando aceitei este serviço sabia de suas limitações. Não é justo que agora que estou aqui, fique reclamando. Eu o aceitei e vou trabalhar com capricho e amor.
Os outros empregados olharam admirados, se perguntando, como Antônio podia pensar assim? Afinal, acreditavam ser vítimas das circunstâncias, abandonados pelo destino.
O entusiasmo do rapaz em pouco tempo chamou a atenção do patrão, Seu Juliano, que passou a observar e acompanhar, de longe, os passos de Antônio.
Um dia Seu Juliano pensou:
- “Alguém que cuida com tanto cuidado e carinho da casa que emprestei, cuidará também com o mesmo capricho da minha fazenda. Esse rapaz é o único aqui que pensa como eu. Estou velho e preciso de alguém que me ajude na administração da fazenda”.
Seu Juliano, então, resolveu, ir até a casa de Antônio. Após tomar um café fresco, ofereceu ao jovem um emprego de administrador da fazenda.
Antônio nem pensou, aceitou na hora.
Seus amigos agricultores, admirados com o que aconteceu, novamente foram lhe perguntar:
- O que faz com que algumas pessoas sejam bem sucedidas e outras não?
E ouviram com atenção a resposta de Antônio:
- Não existe realidade, existe no homem, a capacidade de realizar!
LIÇÃO DE VIDA:
Trabalhe sempre com alegria, jamais reclame!
Todo trabalho é digno, é necessário, e faz bem;
Coloque amor, se dedique em tudo o que você faz nessa vida, pois só consegue realizar algo, quem age dessa maneira... ACREDITE!

Imagens que passam em nosso Tumblr




A hora e a vez do Rei MEU PEQUENO CACHOEIRO

Noticias do Meio




SCRIPT:Este será o maior arranha-céu da América do Sul.Localizado em Santiago, o prédio de 70 andares e com 300 metros de altura ainda está sendo erguido, mas já divide opiniões e causa polêmica entre os chilenos.A construção se destaca na paisagem, com a Cordilheira dos Andes no fundo e rodeada por dez mil edifícios menores. Para alguns, ela é símbolo do progresso do país. Para outros, do capitalismo exagerado.A torre foi projetada pelo arquiteto César Pelli, criador das Petronas Towers de Kuala Lumpur, na Malásia.O arranha-céu está no coração financeiro da capital chilena. Os críticos temem que região abrigue uma população flutuante de 240 mil pessoas e congestione ainda mais a cidade, onde já há seis milhões de habitantes.Chamado de Costanera Center, o prédio faz parte de um complexo que inclui um shopping, hotéis de luxo e escritórios e tem previsão para ser concluído em abril de 2013

Noticias do Meio


Fé: terapia gratuita para tratar a depressão

Por Rita Donato

Já parou para pensar no significado da palavra fé? E a sua, é capaz de mover uma montanha? A crença, tratada na filosofia como condição psicológica que faz o ser humano definir um ideal como realidade absoluta, pode e deve ser usada em benefício próprio para ajudar no tratamento de doenças emocionais como a depressão.

É saudável buscar a religião como terapia. Um tratamento gratuito que garante amparo e permite a reflexão sobre a ciência da vida. Caminho natural para quem sobre grandes decepções como a perda de uma pessoa próxima. Juscilei de Cássio Brotti Marinho, a Jô, 52, passou pela experiência e procurou na igreja uma porta para sair da “escuridão”, como ela define o tempo que viveu depressiva por conta da morte do filho.

Em maio de 2009, Jô recebeu a notícia de que seu filho, que à época morava no Japão, havia sofrido um grave acidente de moto. Morreu com 22 anos. “Foi muito difícil aceitar, não conseguia superar. Demoramos um mês para trazer o corpo dele para o Brasil, um sofrimento que não desejo a ninguém.”

O sentimento de impotência por não poder ajudar filho que estava do outro lado do mundo, fez Jô desenvolver um quadro de depressão, que só conseguiu superar amparada pela religiosidade. “No primeiro ano ainda estava em busca (de um suporte psicológico), no segundo, caminhou melhor e só agora posso dizer: não estou depressiva. Consigo compreender que meu filho viveu feliz ao fazer tudo o que planejou.”
Jô mostra último cartão de Natal que o filho enviou do Japão: ‘A fé me ajudou a superar a perda’/Arquivo pesso …
Apegar-se à fé é fundamental para tratar a depressão, assegura a psiquiatra Elisa Brietzke, coordenadora científica do PRISMA (Programa de Reconhecimento e Intervenção em Estados Mentais de Risco) da Unifesp. Segundo a especialista, a espiritualidade não está diretamente relacionada à cura, mas é fator que torna o homem mais resistente a doenças psiquiátricas.

“Pessoas com atividade religiosa têm mais capacidade de enfrentamento, são mais resistentes contra a depressão”, ressalva a médica, ao garantir que, independentemente da religião, a prática ajuda no tratamento porque está relacionado à convivência em grupo. “Ela passa a ter um suporte da equipe.”

Especificamente em casos de luto, a fé pode dar o sentimento de transcendência, quando acredita-se que a vida não termina com a morte. “O fenômeno ajuda as pessoas a superarem o luto porque creem que existe um céu e a vida continua após a morte, ou, ainda, recorrem à simples ideia de que nossa existência importa para a humanidade, para a ciência”, explica psiquiatra.

Exatamente por acreditar na sua importância para a família, Jô conseguiu retomar a vida normal. “Buscamos em Deus um conforto. Encontrei. Compreendi que cada um tem de passar por seu próprio sofrimento, perdoar a quem culpamos por um determinado problema e seguir em frente. Tive fé e voltei a viver porque minha família precisava de mim.”

Comunicativa, independente e vaidosa, ela consegue encarar a tristeza da forma como deve ser. “Eu choro, mas as recordações me fazem bem”, compartilha a mãe, que guarda em um quarto todas as lembranças do filho. “Hoje, tenho plena consciência de que qualquer um é capaz de mudar a própria realidade. Gosto de me arrumar, me sentir bem, visitar amigos. A vida continua feliz porque entendi que meu filho não aprovaria minha tristeza.”

A RELIGIÃO CONFORTA
Orador espírita há 29 anos, Estevão Camolesi classifica a religião como “terapia assertiva” para eliminar a causa da depressão. “Para acabar com o efeito da doença são usados medicamentos que atingem o sistema nervoso central. Mas será que isso cura? A doutrina espírita diz que ajuda, mas é a terapia que resolve. Neste caso, a fé tem papel importante, sobretudo de conforto.”

Camolesi realiza em média 300 palestras ao ano sobre o tema e defende a busca da espiritualidade para tratar quaisquer problemas emocionais. “Terapia é pensar sobre a existência da vida e a religião cumpre bem este papel, de graça. O resultado deste tratamento é o bem, porque a pessoa não busca apenas uma cura para ela, mas para todos em sua volta.”

Para o padre Pedro Raimundo Dias, as pessoas não podem depender exclusivamente da religiosidade e acreditar que apenas a fé em Deus é suficiente para curar a doença. “Eles devem buscar tudo o que gostam para superar a depressão. A igreja colabora, mas também usamos o processo da exortação (uma advertência), quando falamos firmemente com alguém para mostrar que há outros caminhos para elevar a autoestima.”

Há 66 anos atuando como padre, o religioso usa um provérbio para aconselhar os fiéis a ter esperança de que a tristeza constante deve ser passageira. “Dizemos que nenhuma noite é tão longa nem tão escura que não acabe com a aurora dum novo dia. As pessoas precisam entender que a vida tem um sentido.”
Sérgio Bernardes, psicólogo que atua como pastor evangélico há 20 anos, alerta ao fato de vivermos uma geração atrelada ao relativismo, ao materialismo e às doenças emocionais, espirituais e morais. Na avaliação do evangélico, “a crise é tão profunda que as pessoas desconfiam das instituições e das autoridades públicas, privadas e religiosas.”

Diante da procura de um porto seguro, o pastor considera privilegiada a pessoa que consegue sair do “casulo no momento da frustração, medo e angustia” e confiar na igreja como uma alternativa para recuperar-se de uma depressão. “A constatação simples e incontestável é que o homem sem Deus vive sem esperança”, assegura, ao defender que “a única solução para esta geração (depressiva) está na fé em Cristo.”

The Specialist - Ray Meets May At Her Funeral

Noticias do Meio


Corpo de Oscar Niemeyer é velado

Aberto ao público, velório aconteceu no Palácio do Planalto, prédio projetado pelo próprio arquiteto e sede do governo federal, em Brasília. Corpo do arquiteto foirecebido pela presidente Dilma Rousseff


Niemeyer
Niemeyer
Niemeyer
Niemeyer
Niemeyer
Niemeyer
Niemeyer

Noticias do Meio


NIEMEYER: “MINHA LIÇÃO PARA A ARQUITETURA É LER ROMANCE, NADA DE LIVRO TÉCNICO”



Conhecido por suas estruturas de concreto armado, Oscar Niemeyer sempre disse que o mais importante no final das contas nada mais é do que a própria vida: “é a gente se abraçar, conhecer as pessoas, haver solidariedade, pensar num mundo melhor, o resto é conversa fiada". Gênio e ícone mundial quando o assunto é arquitetura, ele morreu após 104 anos de vida, na noite desta quarta-feira, dia 5 de dezembro, no Rio de Janeiro.

No decorrer de sua longa e bem sucedida jornada neste mundo, ele deixou obras espalhadas por países como França, Itália, Espanha, Estados Unidos, Israel e, obviamente, Brasil. Sua maior realização e o que o projetou para o mundo foi, sem dúvida, o ousado projeto de Brasília, um trabalho realizado em curto espaço de tempo - entre 1956 e 1960 - que não consistiu apenas em técnicas e números, mas que também teve filosofia e idealismo como alicerces.

“Minha lição para a arquitetura é ler romance, poesia, ficção, Simenon, e nada de livro técnico. A maioria dos meus projetos é resolvida pelo texto. Ler filósofos como Heidegger que dizia: a razão é inimiga da imaginação”, dizia Niemeyer.

A leveza das curvas das obras de Niemeyer contrastam com a dureza de suas estruturas do concreto armado e a monumentalidade de suas criações. “Poeta do concreto”, ele encontrou em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, onde nasceu no dia 15 de dezembro de 1907, a inspiração nas formas da natureza. "Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual. A curva no encontro sinuoso dos nossos rios, nas nuvens do céu, no corpo da mulher preferida. De curva é feito todo o universo. O universo curvo de Einstein". Curvas que podem ser encontradas na projeto do edifício Copan, em São Paulo, nas formas do Museu de Arte Contemporânea de Niterói (RJ), ou na ponte Juscelino Kubitschek, em Brasília.

Além das formas, o Rio de Janeiro também serviu para mostrar a Niemeyer a dureza de uma realidade cheia de contrastes e de injustiças sociais que o impeliram a usar seu trabalho também como um instrumento de luta pela transformação do mundo. Politicamente, ele se filiou ao Partido Comunista do Brasil e manteve-se fiel aos seus princípios até o final da vida. Profissionalmente, ele quis chamar atenção para o poder transformador que a arquitetura pode exercer na sociedade.

“Importante não é a arquitetura. Importante é a vida. A arquitetura não pode mudar a vida. Só a vida é que pode mudar a arquitetura. No dia em que o mundo for mais justo, a arquitetura vai mudar, e será mais simples, como o mundo. Enquanto isso não acontecer, a gente vai fazendo o que é possível, embelezando as coisas, tentando surpreender, espantar, chamar a atenção para algo.”

Aos críticos de suas obras, as quais pecam pela funcionalidade e praticidade, o arquiteto tinha a resposta pronta:

“Quando uma forma cria beleza tem na beleza sua própria justificativa”.

Saiba mais

Niemeyer.org

 
Morre Oscar Niemeyer, o arquiteto que ajudou a construir a história moderna do Brasil

MORRE OSCAR NIEMEYER, O ARQUITETO QUE AJUDOU A CONSTRUIR A HISTÓRIA MODERNA DO BRASIL



O arquiteto Oscar Niemeyer (15/12/1907 - 05/12/2012) morreu nesta quarta-feira 05 de dezembro, aos 104 anos, no Rio de Janeiro. Ele completaria 105 anos no próximo dia 15/12.

Um dos arquitetos mais conhecidos do mundo, Niemeyer construiu história ao levar o nome Brasil para o mundo, e tornar-se um dos grandes ícones da arquitetura moderna.

Sua grande marca foi a utilização do concreto armado de formas plásticas. O arquiteto carioca explorou a criatividade, inovou ao abusar das curvas e esquecer ângulos e linhas retas.

Além de beleza exuberante, as obras de Niemeyer possuem um marco na história do Brasil, dentro das mais importantes podemos listar: a cidade de Brasília, o Palácio Capanema no Rio de Janeiro (o antigo Ministério da Educação e Cultura), Igreja São Francisco de Assis em Belo Horizonte, Sede das Nações Unidas (Nova Iorque), Edifício Copan em São Paulo, Memorial da América Latina em São Paulo, Parque do Ibirapuera em São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Niterói, Museu Oscar Niemeyer em Curitiba, além de muitas outras obras no Brasil e no exterior.

Hoje é um dia muito triste para todos os brasileiros e amantes da arte em forma de concreto criada pelo grande Oscar Niemeyer.

Lição de vida



Em 1979 Madre Tereza de Calcutá recebeu o Prêmio Nobel da Paz.
Madre Teresa nos deu um dos mais lindos exemplos de bondade e de amor ao próximo.
Um fato marcou profundamente a vida de Madre Tereza e resultou na sua determinação em dar assistência aos pobres.
Madre Tereza estava passando por uma rua, quando ouviu choro e gemidos de alguém que parecia estar sentindo muita dor. Vinha de um lugar bem próximo. Ela olhava para os lados tentando descobrir de onde vinha o choro. De repente, viu uma mulher caída no chão, já sem forças para se defender, sendo atacada por ratos.
Madre Teresa, com todas suas forças, conseguiu levar a mulher para o hospital mais próximo. Chegando lá, tentou internar a mulher e implorou por atendimento médico. Mas recebeu um não. Na ocasião, de acordo com a situação do país, a política do hospital era de só atender pacientes que tinham chances de sobreviver. Os remédios, inclusive, estavam escassos, e aquela mulher já estava em fase terminal.
Madre Tereza, sem saber o que fazer, colocou a mulher em seu colo, e começou a chorar, ali dentro daquele hospital.
A mulher, quase sem forças, abriu os olhos e se viu no colo de Madre Tereza, que chorava.
A mulher também começou a chorar.
Com muita dificuldade falou para Madre Teresa:
Não... chore ... estou feliz ... nunca em minha vida ... senti o amor e o carinho que estou recebendo de você... nunca...
A mulher parou, respirou com dificuldade, olhou para o crucifixo de Madre Teresa e falou:
Este deve ser o seu Deus ... não é? Só hoje... eu o conheci ... e
agora quero estar ... junto D' Ele.
LIÇÃO DE VIDA:
O fruto do silêncio é a oração.
O fruto da oração é a fé.
O fruto da fé é o amor.
O fruto

Frase do dia


A hora e a vez do Rei Roberto Carlos - A guerra dos meninos (RC Especial 1982)

Música de Roberto Carlos - Homenagem Chico Xavier

O Evangelho Segundo o Espiritismo (Áudio)06

O Evangelho Segundo o Espiritismo (Áudio)05


Noticias do Meio


Morre no Rio o arquiteto 

Oscar Niemeyer

Arquiteto de 104 anos estava internado desde 2 de novembro em Botafogo.
Reconhecido internacionalmente, ele faria 105 anos em 15 de dezembro.

Oscar Niemeyer morre aos 104 anos (G1)
O arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, morreu no Rio. Ele estava internado desde 2 de novembro, no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul. Reconhecido internacionalmente por suas obras, Niemeyer completaria 105 anos em15 de dezembro.
Nesta quarta-feira (5), um boletim médico informava que o estado de saúde do arquiteto havia piorado e era considerado grave.
Ainda segundo o hospital, Niemeyer respirava com a ajuda de aparelhos e encontrava-se sedado por causa de uma infecção respiratória.
O hospital informou também que a piora do quadro clínico do paciente aconteceu após a visita do médico Fernando Gjorup nesta quarta-feira.
Histórico de internações
O arquiteto foi internado várias vezes ao longo dos últimos anos. A última foi em 2 de novembro, quando voltou ao Samaritano, seis dias depois de ter recebido alta. Desta vez, Niemeyer foi submetido a tratamento de hemodiálise e fisioterapia respiratória.
No dia 13 de outubro, o arquiteto deu entrada no Hospital Samaritano após sentir-se mal, apresentando um quadro de desidratação. Ele ficou internado por duas semanas.
Em maio, Niemeyer também esteve internado no mesmo hospital, quando deu entrada com desidratação e pneumonia. Depois de 16 dias, com passagem pela UTI, recebeu alta.
Em abril de 2011, o arquiteto ficou internado por 12 dias por causa de uma infecção urinária. Também já foi submetido a cirurgias para a retirada da vesícula e de um tumor no intestino.
Em 2010, Niemeyer também foi internado em abril, devido a uma infecção urinária.
Em 2009, o arquiteto ficou internado por 24 dias no Samaritano, entre setembro e outubro, após dores abdominais. Ele chegou a passar por uma cirurgia para retirar um tumor no intestino grosso, uma semana depois de ter sido operado para a retirada de um cálculo na vesícula.
Em junho do mesmo ano, o arquiteto foi internado no hospital Cardiotrauma de Ipanema, também na Zona Sul, queixando-se de dores lombares. Ele passou por uma bateria de exames e recebeu alta médica algumas horas depois. Na ocasião, exames de sangue e uma tomografia indicaram que Niemeyer estava apenas com uma lombalgia.
Em 2006, o arquiteto chegou a ficar 11 dias internado, após sofrer uma queda e passar por uma cirurgia.
Filha do arquiteto morreu em junho
A designer Anna Maria Niemeyer, única filha de Oscar Niemeyer, morreu aos 82 anos, em consequência de um enfisema pulmonar, em 6 de junho.
Segundo o administrador Carlos Oscar Niemeyer, filho de Anna, o avô esteve pela última vez com sua mãe, três dias antes, durante uma visita ao Hospital Samaritano, onde Anna Maria ficou mais de 40 dias internada.
Ainda de acordo com Carlos Oscar, durante o tratamento, Anna chegou a receber alta, mas voltou a ser internada no dia 1º de junho. Ela teve cinco filhos,13 netos e quatro bisnetos.
Carlos Oscar contou que sua mãe e o avô eram muito próximos e costumavam se falar todos os dias. Ele disse que Niemeyer ficou muito abalado ao receber a notícia da morte da única filha.
"O pai receber a notícia da morte de um filho é uma coisa extremamente difícil, imagina para um pai de 104 anos, a situação é ainda mais complicada", comentou Carlos, durante o sepultamento de Anna Maria Niemeyer.
Oscar Niemeyer manifestou vontade de ir ao enterro da filha no Cemitério São João Batista, em Botafogo. Mas, de acordo com os parentes, ele não compareceu após os médicos avaliarem que as condições de saúde do arquiteto não eram favoráveis.
Visita à Passarela do Samba
Em fevereiro, Niemeyer fez uma visita ao Sambódromo, durante a fase final das obras de reforma da Passarela do Samba que mantiveram o traçado original que o arquiteto projetou há 30 anos. Ele enfrentou o sol forte de meio-dia e percorreu num carrinho aberto toda a extensão da Avenida.
"Está muito bom. Melhorou muito. Este não é um trabalho só meu, é o trabalho de um grupo. Estou entusiasmado", disse Niemeyer, na ocasião.
O projeto de Niemeyer previa um equilíbrio entre os dois lados da Sapucaí, como se fosse um espelho. Com a obra, a Sapucaí passou a ter 12.500 lugares a mais, podendo acomodar 72.500 pessoas.
Trabalho em ateliê para festejar 104 anos
Autor de mais de 600 projetos arquitetônicos, Niemeyer decidiu festejar os seus 104 anos do jeito que mais gostava: trabalhando em seu ateliê de janelas amplas diante da Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio.
Em agosto de 2011, ele lançou o livro "As igrejas de Oscar Niemeyer" (Editora Nosso Caminho), na galeria de um shopping da Zona Sul do Rio.
Embora ateu convicto, o arquiteto selecionou fotos e desenhos das 16 obras religiosas, entre capelas e igrejas, que realizou ao longo de sua carreira.
"As pessoas se espantam pelo fato de, mesmo sendo comunista, me interessar pelas igrejas. E a coisa é tão natural. Eu morava com meus avós, que eram religiosos. Tinha até missa na minha casa. E eu fui criado num clima assim. Esse passado junto da família me deixou com a ideia de que os católicos são bons, que querem melhorar a vida e fazer um mundo melhor", explicou Niemeyer, na ocasião
.

Frase do dia


O Evangelho Segundo o Espiritismo (Áudio)04


Programas que Amamos

Banner da página de programas

O que de fato é se curar?

Ouça

Noticias do Meio


Quem vai ficar com as crianças?


Muitos pais enfrentam o desafio de “o que fazer com as crianças no período de férias?”.
E muitos se perguntam se faz mal para a criança frequentar a escola nessa época, já que muitas delas oferecem recreação e cursos extracurriculares para a criançada ter o que fazer ou com quem ficar enquanto os pais trabalham.
Já outros questionam se a criança precisa mesmo passar tanto tempo sem ir para a escola, sem encontrar seus colegas, sem ter atividades diferentes para realizar com seu grupo.
Alguns pais perguntam a partir de qual idade a criança pode ir para um acampamento, outros querem dicas do que inventar para os filhos fazerem em casa, perguntam se devem manter rotina, hora de sono, tempo no videogame ou computador, escola de esportes etc. Há dúvidas de todo tipo.
Rosely Sayão, psicóloga e consultora de Educação para o jornal A Folha de São Paulo

Noticias do Meio


“Como eduquei meus filhos melhor que as minhas patroas”


Este é o título do livro escrito por Maria Edilene, faxineira, mãe e chefe de família.
Maria Edilene, 35 anos, levanta às cinco da manhã e é faxineira há 24, reveza-se em diferentes casas de família ao longo da semana.
A carga de trabalho é intensa, mas antes mesmo de iniciá-la, ela exerce todos os dias uma outra função ainda mais importante. “Antes de sair de casa, eu vejo o caderno do meu filho Marcelo e converso com ele sobre o que está acontecendo”.
Maria Edilene é mãe e sustenta seu filho sozinha, ela integra o grupo de 37,3% das famílias brasileiras que são chefiadas apenas por uma mulher, de acordo com o Censo 2010. Em 2000, esse percentual era de 22,2%.
“Ensino que ele não deve ser mal educado com as pessoas. Digo que deve respeitar o próximo e que o que a gente planta, a gente colhe. Tento mostrar a ele que a vida não é muito fácil, mas também não é difícil. Só quando a gente não sabe viver”, explica Edilene, segundo ela, aquilo o que mais sentiu falta em sua infância foi: educação e apoio.

Noticias do Meio


Nossas virtudes


Todos nós somos dotados de grandes virtudes.
A virtude do saber, pois inúmeras são as oportunidades que temos de aprender novas lições e ensinamentos que nos fazem pessoas melhores.
A virtude da humildade, ela sabe reconhecer nossas fraquezas e jamais passa por cima de ninguém.
A virtude do perdão que nos bate a porta à medida que somos feridos, não esquecendo que por vezes ferimos muito mais.
A virtude da caridade, fazendo ao próximo o que queríamos que nos fizessem, sem troca de interesses pessoais, mas com o propósito de servir.
A virtude da paciência, acalmando o coração e acreditando sempre, sem se desequilibrar.
A virtude de amar, o maior ensinamento que resume toda a Doutrina de Jesus que nos leva ao caminho da evolução moral.
Essas são as principais e maiores virtudes, particularidades que nos exaltam no bem maior, que nos fazem crescer.
O maior exemplo de virtude é Jesus Cristo. A maior de suas virtudes foi sua prova de amor por toda a humanidade.
Ensinou suas lições e muito mais que isso, praticou todas elas.
Praticando nossas virtudes, vivenciaremos os ensinamentos do Mestre Jesus, que caminha lado a lado com todos nós.

Noticias do Meio


PLANETAS COMO MARTE PODERIAM ABRIGAR VIDA, APONTA ESTUDO DA NASA
Planetas como Marte poderiam abrigar vida, aponta estudo da Nasa

Um grupo de pesquisadores da Nasa conseguiu desenvolver uma bactéria em um ambiente de pressão atmosférica muito baixa, similar ao da superfície de Marte. Estudos anteriores, contudo, apontaram que micróbios são incapazes de se desenvolverem sob uma pressão atmosférica muito baixa, mas agora este experimento científico parece contradizer essa teoria. Até o momento, não foi detectado o desenvolvimento de formas de vida como conhecemos em planetas diferentes da Terra, que possui água e uma espessa camada atmosférica.

Contudo, a pesquisa conduzida pelo cientista Alexander Pavlov, da Nasa, simulou o ambiente de Marte em uma larga jarra em formato de sino. Ali, foi colocada uma amostra da terra salgada semelhante ao solo marciano, dióxido de carbono da atmosfera, e o ar foi resfriado a baixas temperaturas com nitrogênio líquido. Os pesquisadores ainda introduziram água e a bactéria E. coli, um organismo bastante comum na Terra. Lentamente, a pressão dentro da jarra foi diminuída.

Quando a pressão chegou em torno de 23 milibares - medida aproximadamente 40 vezes inferior à encontrada na superfície da Terra - a água começou a evaporar. Contudo, líquido suficiente permaneceu no ambiente apesar da queda de pressão, e o E. coli foi capaz de se manter e proliferar por alguns dias. Como não foi acrescentada água ao experimento, assim que o resto do líquido evaporou, a colônia de bactérias morreu.

Pavlov acredita que em Marte estações mais quentes como a primavera e o verão podem derreter o gelo sob a superfície e fornecer um pouco de água, onde organismos mais resistentes podem sobreviver. Nestas épocas, as temperaturas sob a superfície frequentemente estão acima do ponto de congelamento da água, e o solo pode fornecer uma proteção contra os nocivos raios ultraviolenta. Com isso, os cientistas acreditam que micróbios extremófilos, os quais resistem a condições mais hostis do que as suportadas por organismos comuns, poderiam sobreviver neste tipo de ambiente semelhante ao de Marte.

"O E.coli não é um extremófilo, então se ele pode crescer sob baixa pressão, os extremófilos definitivamente também serão capazes disso", acredita Pavlov.

Os mais conhecidos extremófilos são os micróbios, que sobrevivem em condições geoquímicas extremas, prejudiciais à maioria das outras formas de vida na Terra.

Artigo relacionado

Sociedade Americana de Microbiologia



METEOROS GEMINÍDEOS PROMETEM SHOW DE “ESTRELAS CADENTES” NOS PRÓXIMOS DIAS
Meteoros Geminídeos prometem show de “estrelas cadentes” nos próximos dias

A esperada chuva de meteoros Geminídeos promete colorir o céu da Terra neste mês de dezembro, com o seu auge nos dias 13 e 14. Trata-se de uma das mais esperadas do calendário, com radiante na constelação de Gêmeos. Enquanto a maior parte dos meteoros tem origem a partir de pedaços de cometas, os Geminídeos partem de um asteroide chamado Phaethon 3200, que lançou para o espaço pedaços e detritos que estão em órbita. Todo mês de dezembro, a Terra passa por essa nuvem de objetos, que dão um magnífico show de “estrelas cadentes”.

Esta chuva de meteoros tem início no começo de dezembro e seu auge está previsto para as noites de 13 e 14 de dezembro, após a meia-noite. Na noite do dia 13, a ocorrência poderá ser em torno de 20 por hora ou mais. O espetáculo, que poderá ter até bolas de fogo, será melhor visualizado no Hemisfério Norte. No Sul, os meteoros poderão ser vistos ao norte do horizonte, próximo da região de Órion e de Júpiter.

Artigo relacionado

Earth Sky.org

Lição de Vida


Jair andava pelas ruas da cidade, sempre com o seu fiel cão, um vira-lata, chamado “Malhado”. Apesar de ser um mendigo, ele não pedia dinheiro e aceitava sempre um pão, uma fruta, um pedaço de bolo ou um almoço com sobras de comida.
Jair era conhecido como um homem bom, que perdeu a razão, os amigos e nem sabia mais quem era. Não tinha nenhum vício, estava sempre tranqüilo, mesmo quando não ganhava nenhuma comida, pois acreditava que Deus lhe daria um pouco na hora certa. E, realmente, sempre alguém lhe dava o que comer. Ele agradecia com muita humildade e pedia a Deus para abençoar aquela pessoa.
Jair e Malhado se conheceram na rua. Ele dividiu seu almoço com o cão, e, assim, ficaram amigos. Desde então, toda comida que o mendigo conseguia, dava primeiro ao cachorro, que, por sua vez, protegia seu dono.
Como viviam na rua, não tinham lugar certo para dormir, onde anoiteciam, ali dormiam. Quando chovia, procuravam abrigo embaixo de algum viaduto.
Uma vez, seu Josué, um pipoqueiro, de uma praça onde o mendigo costumava passar, começou a conversar com Jair e perguntou:
- Você vive vagando pelas ruas com seu cão... Você
não tem nenhum desejo na vida?
E, Jair respondeu:
- Tenho sim. Eu tenho muita vontade de comer um cachorro quente, daqueles que o seu Zezé vende ali na esquina.
O pipoqueiro, surpreso perguntou:
- Só isso? Só um simples cachorro quente?
E Jair confirmou:
- É, sim, este é o meu desejo do momento.
Seu Josué, então, saiu para comprar o sanduíche na carrocinha do amigo Zezé. Voltou e entregou o delicioso cachorro quente para o mendigo, que emocionado, não conseguia falar nada, somente sorria. Assim que pegou o sanduíche das mãos do pipoqueiro, Jair tirou a salsicha, deu para “Malhado” e comeu o pão com os temperos.
Seu Josué, não entendeu a atitude de Jair, pois a salsicha era o melhor pedaço do cachorro- quente, e perguntou:
- Por que você deu para o cão, a salsicha, o melhor pedaço?
E Jair, saboreando o que restou do sanduíche, respondeu:
- Para o melhor amigo, o melhor pedaço!
Disse isso, e continuou comendo alegre e satisfeito.
Seu Josué não tinha mais o que falar. Se despediu de Jair, passou a mão na cabeça de “Malhado” e saiu pensando no que havia acontecido ali naquela praça.
Jair, um simples mendigo, havia lhe mostrado o verdadeiro sentido de uma amizade. 
LIÇÃO DE VIDA:

Como é bom ter amigos. Pessoas em quem podemos confiar... desabafar ...
Amigo é aquele que está do nosso lado sem nada pedir ou exigir, em qualquer momento da nossa vida

ESPIRITISMO - NOSSO LAR - IMAGENS DO ALEM - CHICO XAVIER E HEIGORINA CUN...

Imagens que passam em nosso Tumblr





O Evangelho Segundo o Espiritismo (Áudio)03


Essência Evangélica 023

Espiritismo em Ação 024

Ecorama 013

Programas que Amamos

Banner da página de programas

Texto: Prefacio do livro Nosso Lar

Ouça

Noticias do Meio


NASA DESMENTE RUMORES DE QUE O MUNDO ESTARIA PRESTES A ACABAR

Nasa desmente rumores de que o mundo estaria prestes a acabar

Por conta de uma avalanche de cartas e e-mails recebidos, a Nasa resolveu se pronunciar sobre os rumores de que o mundo estaria prestes a acabar no próximo dia 21 de dezembro. De acordo com a Agência Espacial dos EUA, crianças e jovens estão preocupados com uma suposta proximidade do apocalipse, pessoas falam em suicídio e, em casos mais graves, um professor escreveu que pais de um aluno estariam pensando em matar os filhos para que estes não presenciassem o fim dos tempos.

Diante da situação, a Nasa convocou uma conferência online com a participação de diversos cientistas e também criou uma seção em seu site oficial para "desmentir" esses rumores.

A crença de que o mundo estaria prestes a terminar possui várias origens. Uma delas é de que o dia 21 de dezembro seria a última data do calendário da civilização maia. Outro rumor veio dos textos do escritor Zecharia Sitchin. Nos anos 70, ele teorizou que os sumérios, civilização que povoou a Mesopotâmia, previu que um planeta se chocaria com a Terra.

De acordo com a Nasa, este suposto choque já estava previsto para maio de 2003, mas “como nada aconteceu, a data foi alterada para 2012, para coincidir com o fim de um ciclo no antigo calendário maia", diz o site da Nasa.

Sobre o calendário maia, a Nasa esclarece que o dia 21 de dezembro de 2012 também seria apenas o fim de um ciclo, assim como acontece com os “calendários de cozinha” no dia 31 de dezembro.

A Nasa enfatiza que nada indica que planetas do sistema solar "estejam se alinhando", ou que uma tempestade solar possa ocorrer no final de 2012 e muito menos que algum planeta vá se chocar contra a Terra.

Artigo relacionado

Nasa

Lição de Vida


O relógio tocou marcando sete horas. Lá fora, o sol prometia muito calor, e a criançada já estava brincando agitada.
Vítor espreguiçou na cama, relaxando os nervos, porque começaria a trabalhar às nove. Antes de se levantar fez uma oração. Ele se considerava uma pessoa segura, equilibrada, pregava a harmonia do mundo e acreditava que todos mereciam perdão. 
Após sua prece, se levantou feliz e foi tomar um banho rápido. Quando pegou sua roupa, viu que a calça escolhida estava rasgada. Aquilo o irritou profundamente. Ele, então, gritou para a esposa:
Helena, corra aqui!
Helena, a esposa, veio correndo, com a filha menor, que estava doente no colo. Ao ver a calça do marido rasgada, a mulher falou:
Desculpe-me, mas as crianças me deixam ocupada o tempo todo e agora, nossa Clarinha está com pneumonia... desculpe-me, vou dar um jeito nesta calça hoje, prometo. 
Mas Vítor parecia nem ter escutado a esposa dizer que sua filha estava doente, e continuou falando alto com Helena:
- “ Desculpa”, “desculpa”! É tudo o que você sabe dizer? Sabia que esta calça me custou os olhos da cara? 
Helena, calada, foi até o guarda-roupas e pegou outra calça igual a que estava rasgada.
Pouco depois, na mesa do café, ao ver que não tinha leite, Vítor novamente reclamou. E a esposa rapidamente, explicou:
- Me Desculpe querido, como a Clarinha está doente e enjoadinha, só me chamando, não quis deixá-la aqui em casa sozinha e não pude comprar o leite que acabou. 
Vítor engoliu alguns palavrões que desejava falar e saiu para o trabalho. Quando abriu o portão de casa, já atrasado para pegar o ônibus, encontrou o sogro, muito idoso, que pediu:
Vítor, desculpe te incomodar, mas é que a situação lá em casa não está nada boa, será que você pode me emprestar quinhentos reais?
Muito irritado, Vítor respondeu:
Ora, ora... o que o senhor está pensando? Que sou banco? Se eu tivesse quinhentos reais no bolso, não sairia agora para correr atrás de dinheiro. 
Nisso, o ônibus que Vítor ia pegar estava se aproximando. Ele fez sinal, mas o motorista não parou. Vítor ficou furioso e gritou:
Miserável! Vou chegar atrasado! 
Outro ônibus, porém, apareceu rápido, e Vítor entrou e se sentou.
Mas, enquanto o ônibus fazia o seu trajeto, Vítor começou a pensar que as suas atitudes em casa, com a família, não combinavam com o que ele dizia. Então, reconheceu que ele, tão seguro em exaltar a harmonia do mundo, não tolerou uma calça rasgada. Tão certo em prometer a si mesmo o equilíbrio, não se conformou com o café da manhã incompleto. Tão pronto em anunciar o seu perdão antes mesmo de ser ofendido pelas pessoas, não soube atender com gentileza o pedido de um parente em dificuldades, não pensando duas vezes na hora em ofender e dizer palavras grosseiras. 
E, assim, envergonhado por ter mudado tão rapidamente da serenidade para a perturbação, Vítor começou a perceber que, entre ele e o resto do mundo, surgia o seu lar, a sua família, pedindo sua atenção e carinho, e que aquela paz que tanto desejava, só seria possível de ser sentida se ele tivesse paz interior.

LIÇÃO DE VIDA:

Só conseguimos a paz verdadeira quando estamos bem com aqueles que amamos!!!

Imagens que passam em nosso Tumblr




Vôo Antes um Sonho

O que é a Constelação Familiar?

Revista de Estudos (Fechamento do Ano)

 
Revista de Estudos

Aurora Carnaval Legal


Conheça o 

enredo e o samba da Imperatriz para o carnaval 2013 

Escola de Ramos vai abordar história e cultura do estado do Pará.
Círio de Nazaré, em homenagem à Nossa Senhora, fechará o desfile.


O estado do Pará é a inspiração da Imperatriz Leopoldinense, escola de Ramos, na Zona Norte, para o carnaval de 2013, como mostrou o RJTV nesta sexta-feira (30), na série sobre os enredos e os sambas das escolas da elite do Rio de Janeiro. O enredo "Pará - O Muiraquitã do Brasil" levará para a avenida aspectos fundamentais da cultura paraense, incluindo a religião, a dança, a música e a culinária.
Carnavalesco da escola, Cahê Rodrigues não tira do peito o muiraquitã, o amuleto indígena usado por muitos paraenses e que ajuda a batizar o enredo. Cahê é apaixonado pelas comidas típicas do estado. "É tanta comida, tantas ervas. Os cheiros se misturam", disse.
Homenagem à Nossa Senhora, o Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas do mundo, realizada no Pará, vai fechar o desfile da Imperatriz no sambódromo.
"Estava me definindo em relação à religião e fiquei com a Virgem de Nazaré, a ponto de ter me casado lá no Pará", contou.Dominguinhos do Estácio, um dos intérpretes da Imperatriz Leopoldinense, é devoto de Nossa Senhora desde 1975 e vai frequentemente a Belém.
Confira a letra do samba-enredo da Imperatriz
Autores:Me leva, Gil Branco, Tião Pinheiro, Drummond e Maninho do Ponto.
Intérpretes: Dominguinhos do Estácio e Wander Pires.
Raiou Cuara!
Oby aos olhos de quem vê!
Eu bato o pé no chão, é minha saudação,
Livre na pureza de viver!
Sopra no caminho das águas
O vento da ambição!
O índio, então...
Não se curvou diante a força da invasão,
Da cobiça fez-se a guerra,
Sangrando as riquezas dessa terra!
Cicatrizou, deixou herança,
E o que ficou está em cartaz...
Na passarela, “estado” de amor e paz!
Siriá... Carimbó... Marujada eu dancei!
No balanço da morena... Me apaixonei!
O bom tempero pro meu paladar...
De verde e branco “treme” o povo do Pará!
A arte que brota das mãos,
Dom da criação, vem da natureza...
Da juta trançada em meus versos
Se faz poesia de rara beleza!
Oh! Mãe... Senhora, sou teu romeiro,
A ti declamo em oração:
Oh! Mãe... Mesmo se um dia a força me faltar,
A luz que emana desse teu olhar
Vai me abençoar!
No Norte a estrela que vai me guiar,
Exemplo pro mundo: Pará!
O talismã do meu país,
A sorte da Imperatriz
!

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org