Noticias do meio



Mas afinal, o que é Esperanto?
Mas afinal, o que é Esperanto?

Isto é o que muita gente deve estar se perguntando. Não é raro encontrar uma pessoa que jamais tenha ouvido falar da língua internacional Esperanto, e por isso não acredite que alguma coisa assim possa existir e realmente funcionar!

Para que o Esperanto surgiu?

Publicado em 1887 por um jovem oftalmologista polonês, Ludwik Lejzer Zamenhof, o Esperanto não foi criado para substituir as demais línguas do mundo. Pelo contrário! O uso de uma língua que não dá privilégios a este ou aquele grupo de países só vem valorizar a importância das línguas nacionais na expressão de suas culturas. O Esperanto é uma língua internacional. Se fosse propriedade de alguém, de algum lugar, de alguma corrente ideológica, perderia sua principal característica, que o torna independente e aceito em qualquer lugar: a neutralidade.

Existem muitos meios de se ter contatos internacionais, o Esperanto é apenas um deles. No entanto, merece uma atenção toda especial, por algumas características que o tornam único.

Quem foi Ludwik Lejzer Zamenhof?

O oftalmologista e filólogo Dr. Ludwik Lejzer (Ludovic Lazarus) Zamenhof (15 de Dezembro 1859 - 14 de Abril 1917) é o criador da língua internacional Esperanto. Zamenhof se criou na cidade de Bialystok, que naquela época era parte do Império russo, mas atualmente pertence à Polônia. Naquela época, falavam-se muitas línguas em Bialystok, gerando muitas dificuldades de compreensão entre as diversas culturas. Isto lhe motivou buscar uma solução para o problema, e durante anos, foi desenvolvendo o Esperanto em um processo longo e trabalhoso. Continuou com os seus esforços apesar de que no ano 1879 ter aparecido o Volapük, que era um projeto de língua internacional criado por Johann Martin Schleyer e que desapareceu depois do lançamento do Esperanto. Zamenhof havia aprendido o Volapük, mas os defeitos dessa língua o motivaram a prosseguir com os seus planos. Finalmente, no ano 1887 e com a ajuda econômica de seu cunhado, logrou publicar um pequeno manual intitulado Internacia Lingvo (Língua Internacional em esperanto) com pseudônimo de Doutor Esperanto, palavra que acabou por se converter no nome de sua criação.

Zamenhof desencarnou em Varsóvia em 1917. Os seus três filhos foram vítimas do regime nazistas durante a Segunda Guerra Mundial (os Zamenhof eram uma família judia).

Ainda hoje, sobrevive um neto de Zamenhof, Louis-Christophe Zaleski-Zamenhof, filho de Adamo Zamenhof, sobrevivente da Guerra  e que viveu sob o nome da família católica polonesa Zaleski.

No Brasil desde 1910 os espíritas adotaram (com sucesso) o Esperanto como veículo de divulgação de suas convicções e tornaram-se um dos principais editores de material nessa língua em nosso país, pois conseguem através do Esperanto atingir muitos países que de outra forma não conseguiriam. Mas o que diriam por exemplo a Radio Vaticana, a filosofia japonesa Oomoto, ou - ainda - os membros da ATEO-associação de ateus esperantistas se alguém lhes dissesse "isto é coisa de espíritas"?! É claro que morreriam de rir! Além do fato que a mais antiga revista em Esperanto ainda em circulação é a Espero Katolika, criada em 1903...

A própria ideia de uma comunicação sem imposições e igualitária, que favorece uma convivência harmoniosa entre seus falantes das mais diversas correntes, faz nascer um sentimento básico comum a qualquer esperantista: respeito à liberdade de opinião, à diversidade cultural e filosófica, e à neutralidade intrínseca ao movimento esperantista.

Para conhecer um pouco mais sobre o Esperanto, acompanhe aos Domingos a partir das 16h00, pela Rede Boa Nova de Rádio, o programa “Expresso Esperanto”, apresentação de Maria Tereza.



Instrumentos musicais são feitos com restos de lixo
Instrumentos musicais são feitos com restos de lixo

Na cidade de Cateura, Paraguai, algumas crianças carentes tocam instrumentos que são feitos com restos de lixo. As matérias da Orquestra da Reciclagem vão desde tubos de água e garfos até colheres e botões, despresados no lixo pela população paraguaia.
A história dos músicos mirins e os instrumentos desta orquestra, de metais e cordas, encantaram o britânico Graham Townsley.  Ele fez um documentário para promover o trabalho e ajudar as crianças. O documentário "Landfill Harmonic", que vai estrear em 2014, ganhou um trailler que já foi visto por mais de 30 mil pessoas na internet.
A Orquestra da Reciclagem integra o projeto Sons da Terra, da Fundação Tierranuestra, que aposta na música e na reciclagem para incentivar e motivar os jovens do país.
O projeto, para ensinar músicas para crianças carentes começou em 2006, com guitarras emprestadas. Mas o número de participantes, que hoje chega a 30, cresceu e não havia instrumentos para todos. Foi aí que o professor de música Favio Chávez, teve a idéia de criar instrumentos feitos com restos de lixo.
Hoje toda a comunidade do bairro está envolvida no projeto musical. As pessoas que recolhem o lixo diariamente para vender ajudam a construir os instrumentos que compõem a orquestra. E assim o projeto vai tocando cada vez mais pessoas.


Uniespírito - Vida após a morte
Uniespírito - Vida após a morte

O Instituto de Pesquisa Científica sobre Vida Após a Morte, um dos Institutos da Uniespírito realiza neste sábado, 15 dezembro a partir das 16h00, uma palestra com Dr. Sergio Felipe de Oliveira com o tema “Vida após a morte como realidade cientifica”.

Os Sócios do Clube Amigos da Boa Nova tem 20% de desconto.

Para mais informações e ingressos ligue (11) 3209 – 5531/ 3209 – 5371.

O evento será na rua Paulo Orozimbo, 957 – Aclimação – SP.

Ainda sobre a Uniespírito

A parceria entre a FEAL - Fundação Espírita André Luiz e a Uniespírito Universidade Internacional de Ciências do Espírito está concretizada e em 2013 daremos início ao desenvolvimento de cursos e atividades nas dependências da Fundação Espírita André Luiz com sede em Guarulhos.

O Dr. Sérgio Felipe é o idealizador e diretor da UNIESPIRITO - Universidade Internacional de Ciências do Espírito desde 2002 e agora se une a FEAL, inclusive com a doação de toda sua propriedade intelectual passando a ser este seu trabalho totalmente voluntário.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org