Papo de Varanda



Olá a todos e boa noite, sempre que posso estou em sintonia com o meu amigo e médium, se não fosse ele não existiria esse canal. Talvez de outra forma outra maneira ,outra pessoa, outra Isabelle, enfim não seríamos nós.
O que ocorre em nossas conversas são os debates que acontece em sua existência, ele me conta e debatemos, alguns fatos estou até presente e dou um jeitinho de influenciar para as coisas saírem da melhor maneira possível, mais dentro da maioria não, pois faz parte do aprendizado dele.
Um dos fatos que estávamos conversando ,é sobre a ingratidão, pessoas que esquecem o que as outras fizeram, mais lembram dela quando precisam...
Ele às vezes fica triste com isso, e lembro dos espíritos que estão ao nosso redor todos os dias nos fazendo o bem, na maioria das vezes sem se identificar, mais sempre estão por lá....
Fazemos assim todos os dias às preces para eles?, Não, não fazemos e nem por isso eles se entristecem e continuam a auxiliar....
Então ele me diz;
“há Isa, quero um dia ter esses sentimentos dentro mim.”
Logo respondo;
“Que isso vem com tempo e esse raciocínio acaba te levando a lugares mais altos”, existe um ditado que diz assim:
“Quem se mistura com porcos, farelo come...”
Lançarei esse então;
“Quem se mistura com a poeira celestial, Estrela é...”
Ficou bonitinho né...,rsrsr
Temos que manter sempre nossos pensamentos sereno, quando vier à ingratidão, tratar esse sentimento como se estivesse vindo de uma criança, pois as crianças são assim.., tem um sentimento desagradável hoje, amanhã já esqueceu...
Temos que ver nosso valor, nossa moral, ao perceber tal sentimento, já podemos dizer que somos um pouco superior àquele que nos “feriu”, daí basta-nos entendê-lo e perdoa-lo.
Esse sentimento que a pessoa transmitiu não se perde nas leis universais, de alguma outra maneira ela aprenderá a não mais emiti-lo, só não sabemos a forma e a dosagem que ela virá. cada um com seu cada um.
Quando confiamos em alguém ,a porta de nossa casa estar sempre aberta, quando ela fere essa confiança, a porta vai se fechando até um dia a pessoa chegar e a encontra fechada por completa.
Então ela terá que bater, e você do outro lado terá de abrir...
Mais notaram a diferença, um dia ela chegava e entrava, outro ela teve de bater.
O perdão; Da mesma forma ela será atendida, só que de maneiras diferentes.
Assim funciona esse sentimento de ingratidão, não devemos pagar da mesma moeda, ou até mesmo nem perdoa, apenas se cautelar.
Hoje foi o dia de Finados no Brasil. no Brasil há essa cultura de visitas aos cemitérios e etc.
Mas digo que seus desencarnados queridos, raramente retornam no lugar de seu sepultamento, cemitérios costumam ser lugares vazios e com alguns espíritos zombeteiros a rodear e até mesmo permanecer por lá.
Alguns espíritos por saberem das crenças e homenagens dos familiares, dão um jeitinho e vão lá, para confortar aquele coração, mais isso não são todos, pois poucos estão prontos e preparados para sair assim em hora e data marcadas na Terra.
Bom eu fui, e agradeço as rosas de minha mãe, enfim pude vê-la após a “morte” de papai.
Bom por hoje é só, fiquem com Jesus, cuidado nas estradas ,e um abraço bem forte a todos que eu amos demais ,VOCÊS.
Isabelle Quintanilhar 

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org