Noticias do Meio



MAIOR E MAIS AVANÇADO RADIOTELESCÓPIO DO MUNDO É INAUGURADO NA AUSTRÁLIA
Maior e mais avançado radiotelescópio do mundo é inaugurado na Austrália

O maior e mais avançado radiotelescópio do planeta, o Australian Square Kilometre Array Pathfinder (Askap), foi inaugurado em uma região desértica da Austrália, na última sexta-feira. Localizado na Austrália Ocidental, o Askap está em uma área de 126 quilômetros quadrados, que conta com o Observatório Radioastronômico de Murchison e 36 antenas SKA (Square Kilometre Array), de 12 metros de diâmetro cada uma.

Seu objetivo é investigar a origem das estrelas, quasares e pulsares e fazer um censo de todas as galáxias. O aparelho, que custou 1,5 bilhão de euros, também fornecerá imagens sobre as origens do Universo, produzindo informações sobre áreas do espaço ainda desconhecidas pelos astrônomos. Como parte do projeto, antenas e outras instalações deverão ser feitas na Nova Zelândia e na África do Sul. Neste caso, o plano é construir três mil rádios-antena conectadas por fibra óptica.

Artigos relacionados

Askap

skatelecope.org



DESCOBERTO COMETA QUE PROMETE DAR SHOW NO CÉU NO FINAL DE 2013
Descoberto cometa que promete dar show no céu no final de 2013

Entre o final de 2013 e o começo de 2014, o cometa Ison deverá dar um show no céu da Terra, de acordo com previsões de alguns cientistas. Seu ponto máximo aproximação do Sol está previsto para o dia 28 de novembro de 2013, quando estará a uma distância de apenas 1,2 milhão de quilômetros de superfície do astro.

Por conta dessa aproximação e também pelo fato de o cometa ser muito brilhante, ele poderá ser visto durante o dia. À medida que se aproxima do Sol, o gelo do objeto de três quilômetros de largura começará a derreter, formando uma  enorme “cauda” com poder de refletir a luz solar.

O cometa Ison, também conhecido pela sigla C/2012 S1, é uma grande bola de gelo e rocha que veio da nuvem Oort. Ele foi avistado a um bilhão de quilômetros da Terra, na constelação de Câncer. Sua observação foi realizada pelos astrônomos russos Vitali Nevski e Artyom Novichonok, da International Scientific Optical Network (ISON), da Rússia.

O cometa é várias vezes mais brilhante do que a Lua cheia, talvez até mais brilhante que o cometa Halley na antiguidade. Em termos de comparações, os cientistas estimam que sua órbita é semelhante ao “Grande Comete”, observado na Terra em 1680.

Artigo relacionado

Astronomy Now

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org