O que ja se passou no dia de hoje


Vitaliano é eleito Papa da Igreja Católica

VITALIANO É ELEITO PAPA DA IGREJA CATÓLICA

13 de agosto de 0657
San Vitaliano foi Papa da Igreja Católica entre 13 de agosto de 657 e o ano de 672. Sucedeu a Eugenio I e seu pontificado caracterizou-se pela luta contra o monotelismo, doutrina altomedieval que defendia a existência de uma só vontade e atividade nas duas naturezas de Jesus Cristo (em oposição à interpretação emanada da Igreja que encontrava duas vontades, correspondentes a suas duas naturezas, na segunda pessoa da Santíssima Trindade). A disputa sobre esta questão se tinha exacerbado em conseqüência do edito Typos, publicado em 648 pelo imperador bizantino Constante II Heraclio, no qual se proibia a discussão sobre o tema, atendo-se ao dogma oficial da Igreja. O edito foi mal recebido no Oriente, onde os monotelitas tinham grande força e causou uma separação entre os ramos oriental e ocidental da Igreja. Vitaliano esforçou-se por fazer frente à situação com diplomacia e não entrou em confronto com o Imperador condenando o edito, como lhe pediam seus conselheiros. Graças a isto, Constante II confirmou a nomeação de Vitaliano e as relações com Bizancio ficaram mais fluídas a partir desse momento.

OCORRE A DERRUBADA DE TENOCHTITLÁN, A CAPITAL DO IMPÉRIO ASTECA

13 de agosto de 1521
No dia 13 de agosto de 1521 aconteceu a derrubada de Tenochtitlán, capital do Império Asteca, pelo conquistador Hernan Cortes. O exército espanhol tentava havia 75 dias romper as defesas do Império Inca, fabricando pontes e barcos para chegar ao centro da cidade. Pouco a pouco, contudo, os astecas foram retrocedendo e ficaram restritos a uma fortaleza na ilha de Tlatelolco. No dia 13 de agosto, Cortes capturou o imperador Cuauhtemoc, foi torturado para revelar onde estava escondido o tesouro real. Sem se entregar, o imperador foi assassinado e o império asteca acabou destruído.
É travada a Batalha de Blenheim

É TRAVADA A BATALHA DE BLENHEIM

13 de agosto de 1704
A Batalha de Blenheim foi um confronto armado que se desenrolou durante a Guerra de Sucessão Espanhola em 13 de agosto de 1704, no povoado de Blindheim, à beira do Danúbio, a 16 km ao sudeste de Donauwörth, na Baviera (Alemanha), tendo de um lado as forças aliadas da Inglaterra, Dinamarca, Prússia, Sacro Império Germânico e de outro lado as forças da França. A vitória foi decisiva para o grupo aliado, pois supôs a maior derrota da França em 40 anos. A batalha terminou com o sonho do Rei francês Sol de dominar a Europa, estendendo seu poder da Espanha aos Países Baixos e da Alemanha à Itália. Contaram-se mais de 30.000 baixas após o confronto. A batalha constituiu uma das grandes derrotas francesas e uma das principais vitórias inglesas. O prestigioso historiador Sir Edward Creasy afirmou que esta guerra foi uma das principais batalhas da História: "Se não tivesse sido por Blenheim, toda a Europa teria estado sob os efeitos de uma conquista francesa". O estadista britânico Winston Churchill, também refletiu sobre o alcance da batalha: "A destruição da Armada preservou a existência da Inglaterra, e a vitória de Blenheim lhe abriu as portas do mundo moderno".

É INAUGURADO O HOTEL COPACABANA PALACE, NO RIO DE JANEIRO

13 de agosto de 1923
No dia 13 de agosto de 1923 era inagurado, no Rio de Janeiro, o famoso Copacabana Palace, um luxuoso hotel localizado em frente à Praia de Copacabana. Com 11 mil metros quadrados, o local é conhecido por hospedar celebridades e pela realização de badalados eventos sociais. Eleito diversas vezes como o melhor hotel da América do Sul pela World Travel Award, o Copacabana Palace foi construído pelo empresário Octávio Guinle e Francisco Castro Silva entre 1919 e 1923. O objetivo inicial do hotel era atender uma solicitação do então presidente Epitácio Pessoa, que desejava um grande hotel de turismo na então capital do país para ajudar a hospedar o grande número de visitantes esperados para a grande Exposição do Centenário da Independência do Brasil. Para a obra foram concedidos incentivos fiscais e uma licença para o funcionamento de um cassino.
 
Em 1989, a família Guinle vendeu o hotel ao grupo Orient-Express Hotels, que modernizou antigas instalações do Copacabana Palace sem descaracterizar o prédio.

NASCE O LÍDER CUBANO FIDEL CASTRO

13 de agosto de 1926
No dia 13 de agosto de 1926 nascia, perto de Biran, Mayari, Cuba, Fidel Alejandro Castro Ruz, político e ex-presidente cubano. Desde muito jovem, Fidel sempre mostrou grande interesse por história e assuntos militares. Em função de sua destacada inteligência, seus pais decidiram enviá-lo a Santiago de Cuba, a partir dos seis anos de idade, juntamente com a irmã, Angelita. Em Santiago e depois, em Havana, Fidel completou os seus estudos até formar-se em Direito, em 1950. A partir de então, Fidel Castro começou a se envolver em diferentes agremiações políticas.
Após denunciar o ditador Fulgêncio Batista diante de um Tribunal de Emergência e, receber uma decisão contrária, Castro entendeu que luta armada seria a única forma de conseguir uma mudança no sistema de governo. Participou de numa rebelião fracassada contra o ditador, razão pela qual foi preso em 1953. Vinte e dois meses depois, foi solto e se exilou no México, onde começou a traçar  planos para derrubar Batista. Fidel Castro voltou a Cuba em 1957, numa embarcação com um pequeno grupo formado por 82 rebeldes, entre eles, o argentino Ernesto “Che”Guevara. Depois de uma guerra de guerrilhas, nas zonas rurais da ilha, o combate estendeu-se até à cidade. A revolução acertou um golpe fatal nos últimos dias de 1958, provocando a fuga de Batista ao exterior. Em 1 de janeiro de 1959, foi proclamada a vitória dos revolucionários.
Castro assumiu o poder, iniciando um mandato caracterizado por sua política socialista. Como Primeiro Ministro, começou a produzir reformas em grande escala. Terminou com o domínio norte-americano sobre a ilha e, em 1961, conseguiu deter a invasão de exilados respaldada pelos Estados Unidos, em Playa Girón. Fidel Castro transformou Cuba na primeira nação comunista do hemisfério ocidental e aliou-se à União Soviética. O país transformou-se em inimigo dos Estados Unidos e vivenciou momentos de grande tensão durante a Guerra Fria. Desde então, a relação entre os dois países é de rispidez, exemplificada pelo bloqueio econômico e comercial que os Estados Unidos mantêm sobre a ilha, desde os anos 70.
Desde o final de 2006, Raul Castro, irmão de Fidel, tomou as rédeas do país, devido aos sérios problemas de saúde enfrentados pelo líder; fato que foi oficializado em 2008. Raul já ocupava a posição de segundo homem do governo há muitos anos e fora designado como sucessor de Fidel Castro, oficialmente, em 1997. Desde sua cirurgia gastrointestinal, as aparições públicas de Fidel são raras e restritas a fotos ou vídeos ao lado de personalidades que o visitam.

COMEÇA A CONSTRUÇÃO DO MURO DE BERLIM

13 de agosto de 1961
Na madrugada do dia 13 de agosto de 1961 teve início a construção do Muro de Berlim, erguido pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental) durante a Guerra Fria. Esta barreira física circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental. O muro tinha 66,5 quilômetros de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas electrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para cães de guarda. Oficialmente, 80 pessoas morreram na tentativa de atravessar este muro.
 
Além da barreira física, o muro também simbolizava a divisão ideológica do mundo em dois blocos: República Federal da Alemanha (RFA), formado pelos países capitalistas, e a República Democrática Alemã (RDA), composto por países socialistas simpatizantes do regime soviético. O muro de Berlim só foi derrubado no dia 9 de novembro de 1989 após uma série de movimentos revolucionários no leste europeu.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org