O que ja aconteceu no dia de hoje


NASCE BARTOLOMEU DE LAS CASAS

24 de agosto de 1474
Bartolomeu de Las Casas nasceu em 24 de agosto de 1474 e faleceu em 1566. Foi um religioso espanhol, defensor dos direitos dos indígenas no início da colonização da América. Teve uma formação autodidata, orientada para a Teologia, a Filosofia e o Direito. Passou pelas Índias dez anos depois de seu descobrimento, em 1502; em La Espanhola (Santo Domingo) ordenou-se sacerdote em 1512 (foi o primeiro a fazê-lo nessa época) e, um ano depois, foi como capelão na expedição que conquistou Cuba. Insistindo na evangelização como única justificativa da presença espanhola na América, propôs à Coroa reformar as Leis das Índias, que na prática tinham demonstrado ser ineficaz para colocar limites aos abusos. De las Casas propôs suprimir a "encomenda" (grupo de índios concedidos aos colonizadores por contrato) como forma de premiar os colonos e reformular a colonização do continente sobre a base de formar comunidades mistas de indígenas e camponeses castelhanos (para uma economia colonial mais agrícola que mineira); para a ilha de La Espanhola, dada a diminuição da população indígena e sua suposta incapacidade para o trabalho, propunha uma colonização inteiramente espanhola, reforçada pela importação de escravos negros africanos (cuja exploração considerava legítima, em um excesso de zelo para proteger os índios).
É comemorada a primeira Noite da Nostalgia

É COMEMORADA A PRIMEIRA NOITE DA NOSTALGIA

24 de agosto de 1815
No Uruguai, é comemorada a Noite da Nostalgia ou das Lembranças desde 24 de agosto de 1815. Nessa noite, os locais para dançar, as rádios e outros espetáculos, tocam "música nostálgica". Suas origens, embora algo discutido, remontam ao final dos anos setenta. Segundo relato oral de José Fernández, proprietário da lendária Disco Ton Ton Metek, como em 24 de agosto é véspera do dia da Independência nacional do Uruguai, feriado nacional, se propôs uma vez ao condutor do programa Old hits, Pablo Lecueder, na então CX32 Radiomundo, fazer algo para uma noite que se poderia aproveitar comercialmente. A idéia deu os frutos esperados, pois a cada dia 24 a data rende seus melhores frutos econômicos para o país. Ninguém imaginou que essa noite se repetiria por tantos e tantos anos transformando-se em parte do folclore uruguaio.

OCORRE A REVOLUÇÃO LIBERAL DO PORTO

24 de agosto de 1820
No dia 24 de agosto de 1820 era deflagrada a Revolução liberal do Porto, em Portugal. O movimento contou com o apoio de quase todas as camadas sociais e, entre as suas reivindicações, estava a convocação das cortes para elaborar uma constituição para o país, defendendo a autoridade régia e os direitos dos portugueses. Ainda havia o pedido do retorno da Corte para Portugal, como forma de restaurar a dignidade da antiga Metrópole, deslocada para o Brasil, e a restauração da exclusividade de comércio com o Brasil, ou seja, o retorno do Pacto Colonial. 
 
Após a transferência da corte portuguesa para o Brasil (1808-1821), Portugal foi invadido pelas tropas napoleônicas. Estas foram derrotadas (1815) com o auxílio dos britânicos, mas o país se encontrava na condição de colônia brasileira e protetorado britânico. Para piorar a situação, o Decreto de Abertura dos Portos às Nações Amigas garantia privilégios alfandegários aos produtos britânicos nas alfândegas portuguesas, o que aprofundou a crise econômica de cidades como Porto e Lisboa.
 
Como resultado da Revolução do Porto, em 1821, entrou em vigor uma Constituição provisória e, no mesmo ano, a Corte que estava no Brasil retornou a Portugal. O único que não voltou foi D. Pedro, que permaneceu no Brasil como Príncipe Regente. Por conta da pressão das Cortes para a recolonização brasileira, D. Pedro proclamou a independência do país no dia 7 de setembro de 1822. No dia 23 de setembro de 1822 era jurada a primeira Constituição Portuguesa.

NASCE O ESCRITOR JORGE LUIS BORGES

24 de agosto de 1889
No dia 24 de agosto de 1889 nascia em, Buenos Aires, na Argentina, Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo, escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta. Sua fama internacional começou a partir da década de 60, quando recebeu o primeiro prêmio internacional de editores, o Prêmio Formentor. Seu trabalho foi traduzido e publicado extensamente nos EUA e Europa. Fluente em vários idiomas, sua obra abrange "o caos que governa o mundo e o caráter de irrealidade em toda a literatura". Seus livros mais famosos são “Ficciones” (1944) e “O Aleph” (1949), coletâneas de histórias curtas interligadas por sonhos, labirintos, bibliotecas, escritores fictícios e livros fictícios, religião e Deus. Seus trabalhos têm contribuído significativamente para a literatura fantástica.
Estudiosos afirmam que a progressiva cegueira de Borges o ajudou a criar novos símbolos literários, pois "os poetas, como os cegos, podem ver no escuro". Os poemas de seu último período dialogam com vultos culturais como Spinoza, Luís de Camões e Virgílio. Jorge Luis Borges morreu no dia 14 de junho de 1986, em Genebra, na Suíça.

NASCE O ESCRITOR PAULO COELHO

24 de agosto de 1947
No dia 24 de agosto de 1947 nascia, no Rio de Janeiro, o escritor Paulo Coelho, autor de “O Alquimista” (1988), livro brasileiro mais vendido no mundo em todos os tempos. A obra chegou ao primeiro lugar da lista dos mais vendidos em 18 países, com mais de 65 milhões de exemplares. No geral, vendeu mais de 100 milhões de livros, em mais de 150 países. Suas obras foram traduzidas para mais de 66 idiomas e ele é o autor que mais vendeu livros de língua portuguesa de todos os tempos, ultrapassando Jorge Amado, com 54 milhões de livros vendidos. Antes, ele havia publicado o livro “O Diário de um Mago”, em 1987.
 
Além de escritor, Paulo Coelho também obteve êxito como compositor. Ao lado de Raul Seixas, ele escreveu diversas músicas que influenciaram o rock brasileiro. Nessa época, Paulo Coelho também esteve próximo de Marcelo Motta e tornou-se seguidor de Aleister Crowley e da chamada "Sociedade Alternativa". Paulo Coelho também compôs músicas para Elis Regina, Rita Lee e Rosana Fiengo.
 
Em 2002, ele foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras. Sua aceitação casou surpresa, já que a entidade tem um histórico de rejeitar autores de sucesso "populares". 
 
Depois de o Alquimista, Paulo Coelho publicou “Brida”, “As Valkírias”, “Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei”, “O Monte Cinco”, “Veronika Decide Morrer”, “O Demônio e a Srta. Prym”, “Onze Minutos”, “O Zahir”, “A Bruxa de Portobello”, “O Vencedor Está Só”, “O Aleph”  e “Manuscrito Encontrado em Accra”.
Morre o ex-presidente Getúlio Vargas - The History Channel Brasil

MORRE O EX-PRESIDENTE GETÚLIO VARGAS

24 de agosto de 1954
No dia 24 de agosto de 1954 o Brasil ficou chocado com o suícidio do então presidente Getúlio Vargas. Ele morreu em seu quarto, após disparar um tiro no próprio coração, no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro.  Nascido no dia 19 de abril de 1882, em São Borja (RS), ele foi presidente do Brasil em duas ocasiões, líder da Revolução de 1930, que pôs fim à República Velha. Getúlio ficou conhecido pelos seus simpatizantes como "o pai dos pobres" por ter criado muitas leis sociais e trabalhistas.
Considerado um dos políticos mais controversos da história do Brasil, Getúlio foi presidente do país em dois períodos. No primeiro, ficou 15 anos no poder, de 1930 a 1945. Este governo foi dividido em três fases: de 1930 a 1934, como chefe do "Governo Provisório"; entre 1934 e 1937 foi presidente da república do Governo Constitucional, eleito presidente pela Assembleia Nacional Constituinte de 1934; e de 1937 a 1945, enquanto durou o Estado Novo, após um golpe de estado. Em seu segundo mandato, Getúlio foi eleito por voto direto e governou o Brasil por três anos e meio até o dia de sua morte.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org