Noticias do Meio


Nasa anuncia missão a Marte em 2016 para desvendar o núcleo do planeta

NASA ANUNCIA MISSÃO A MARTE EM 2016 PARA DESVENDAR O NÚCLEO DO PLANETA


Enquanto o jipe-robô Curiosity ainda executa os primeiros movimentos em solo marciano, capturando imagens inéditas, com o objetivo de pesquisar a existência de vida no planeta vermelho, a Nasa já tratou de anunciar qual será a próxima viagem a Marte.

Uma nova missão está planejada para o ano de 2016 e terá como meta o interior do planeta para investigar o seu núcleo e buscar uma resposta para um grande mistério: por que a Terra e Marte, dois planetas rochosos, evoluíram de maneira tão diferente?

A missão foi batizada de InSight e será comandada por Bruce Banerdt, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em colaboração com o Centro Nacional de Estudos Espaciais da França e o Centro Alemão Aeroespacial. Estes dois serão responsáveis pelo desenho dos instrumentos da sonda. O projeto tem um custo estimado de US$ 425 milhões e sua duração será de dois anos.

Artigo relacionado

Nasa

Um novo Código da Vinci estaria a caminho?

UM NOVO CÓDIGO DA VINCI ESTARIA A CAMINHO?

Durante séculos os críticos de arte especularam que o mestre do Renascimento, Leonardo da Vinci (1452-1519), pudesse ter incluído o seu retrato em algumas de suas obras, mas nunca foram encontrados indícios que comprovassem essa suspeita. No entanto, o escritor canadense Ross King, autor de livros sobre temas históricos, defende em sua última obra, “Leonardo and The Last Supper” (Leonardo e a Última Ceia, em uma tradução livre), a teoria de que da Vinci teria feito até dois autorretratos em a Última Ceia (1495-1497). O afresco está no convento de Santa Maria delle Grazie, em Milão, na Itália.

"A Última Ceia é a única obra em que ninguém tentou identificar um retrato de Leonardo", disse o escritor ao jornal britânico “The Independent”.

Para King, da Vinci teria se autorretratado na figura dos apóstolos Tomé, que duvidava de tudo, e Tiago Menor, é o segundo da esquerda. O escritor fundamenta sua teoria na semelhança entre os dois apóstolos e também na descrição do rosto do pintor feita por seu amigo e poeta Gasparo Visconti, em um desconhecido poema de 1490. Mas, o que teria levado o mestre a se incluir nesta obra?

"Se Leonardo tivesse de escolher um personagem, seria certamente Tomé, já que é o apóstolo que duvida de tudo", disse King.

Da Vinci não seria o primeiro entre os seus colegas a se incluir em uma suas próprias obras. Miguelangelo transformou-se num dos condenados no teto da Capela Sistina; Rafael está no seu afresco A Escola de Atenas; Andrea Mantegna surge timidamente em A Apresentação no Templo; e Diego Velázquez não resistiu em aparecer em As meninas.

Artigos relacionados

Site oficial de Ross King

0 comentários:

Postar um comentário

Labels

Aurora Boreal/Grupo C.E. Tecnologia do Blogger.

Mapa

Free Visitor Maps at VisitorMap.org